Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

UD Songo segue para o Egipto

P31-SONGO.completo.gif

 

A UNIÃO Desportiva do Songo parte hoje para o Cairo, Egipto, onde no domingo, às 21.00 horas, defronta o Al Masry em jogo da primeira jornada do Grupo “B” da Taça CAF.

 

Com uma escala em Adis Abeba, os “hidroeléctricos” devem chegar amanhã, sexta-feira, ao país dos faraós, portanto 48 horas antes da estreia na fase de grupos da segunda maior competição do continente. Mas antes de enfrentar o Al Masry, a UD Songo fará no sábado à noite, hora do jogo (21.00 horas), um treino de adaptação ao Estádio Port Said com capacidade para 18.000 espectadores.

 

A equipa campeã nacional que transitou para a Taça CAF, depois de ter sido eliminada pelo TP Mazembe da RD Congo, chega a esta fase depois de ter deixado pelo caminho o Al Hilal do Sudão. Ao nível interno, os últimos dois jogos mostraram uma realidade nova. Duas derrotas, uma das quais pesada diante do Chibuto (5-0) e a mais recente ante o Ferroviário de Maputo (1-0), no último domingo. É uma equipa à procura de sarar as feridas que partiu para o Egipto, em busca de escrever mais uma página histórica no futebol africano e pode-se dizer que a turma do Songo apresenta-se mais sólida para o confronto com o Al Masry, visto que o guarda-redes Leonel, o médio Kambala e o avançado Parkim regressam após lesão. Aliás, com inclusão deste trio, Chiquinho Conde conta com todo o plantel disponível, o que lhe dá mais confiança para o embate com a turma de Port Said.

 

AL MASYR QUARTO CLASSIFICADO

 

O Al Masry ocupa, neste momento, o quarto lugar no Campeonato do Egipto, que já tem o Al Ahly como virtual campeão, com 85 pontos. O Al Masry soma 61 pontos, estando atrás ainda de equipas como Zamalek (terceiro classificado, 61 pontos) e Ismaily (segundo, 67 pontos).

 

Ao contrário da UD Songo, o Al Masry vem de uma vitória em casa do Al Dakhleya, 14.º classificado, com 37 pontos, por 3-0, sendo que a I Liga do Egipto conta com 18 equipas.

 

Em 31 jogos disputados, o Al Masry apontou 50 golos e sofreu 30, sendo o segundo melhor ataque, só atrás do Al Ahly, com 73 golos, e a quarta melhor defesa.  

 

É um facto que o campeão nacional terá pela frente um adversário com muito mais rotina de jogo, mas que, por outro lado, pode denotar algum cansaço dado ao maior número de jogos.

 

No plantel do Al Masry importa destacar o internacional egípcio Ahmed Goma e o burquinabe Aristide Bancé, que foi o capitão da Burquina Faso na final do CAN-2013 frente à Nigéria.

 

A formação egípcia conta no seu palmarés com uma Taça do Egipto conquistada, curiosamente o último troféu do clube, em 1998, três taças do Sultão Hussein e 17 ligas do canal conquistadas entre 1932 e 1948.

 

ÁRBITRO DO CONGO

 

O jogo terá como árbitro principal Jean-Jacques Ndala Ngambo, da República Democrática do Congo, e será auxiliado pelo seu compatriota Olivier Safari Kabene e pelo ugandês Mark Sonko.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.