Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

05.Jul.18

Tamara Seda no CD Zamarat da Espanha

TAMARASEDA

 

Está confirmado. Tamara Seda, basquetebolista de 24 anos, assinou contrato com o CD Zamarat da primeira divisão da Espanha.

 

Seda será a terceira basquetebolista moçambicana a evoluir na principal liga de basquetebol da Espanha, depois de Clarisse Machanguana (Barcelona) e Leia “Tanucha” Dongue (Gernika Bizkaia).

 

É uma jogadora de grande alcance e com uma boa capacidade a qual une uma qualidade inata para este desporto.


A jogadora nascida em Moçambique tem desenvolvido sua carreira nos Estados Unidos, na Universidade do Texas e El Paso, UTEP, tornando-se a estrela da equipa e levando as estatísticas do jogo. Com uma grande capacidade história de superar suas costas. Começou a jogar vólei até aos 17 anos, quando decide jogar basquetebol”, escreve o sítio do CD Zamarat.

 

Em entrevista ao ‘O País”, em Março, Tamara Seda disse em exclusivo que depois de ter representado o UTEP MINERS do Texas que o seu futuro passava pela Europa: “Não vou aqui comentar sobre o facto, mas dizer que sim já tenho e praticamente sigo para a Europa na próxima época, portanto, em finais de Agosto. Não posso adiantar o país porque isso está reservado à agência. Eles é que têm o direito de fazer a publicação em primeiro lugar e só depois é que eu posso informar aos demais”, disse na altura Seda.

 

Este ano, Tamara Seda fez a sua terceira época no basquetebol norte-americano, tendo-se destacado com média de 14.9 pontos, oitava melhor marca da “Conference USA” da NCAA da Division One, e 9.3 ressaltos/jogo.

 

Outrossim, Seda evidenciou-se com 13 duplo-duplos. A “rookie” no Afrobasket de 2017, em Bamako, Mali, fez parte da segunda equipa da “Conference Usa” como uma das melhores jogadoras.

 

Consistente, a talentosa basquetebolista moçambicana obteve um registo de mais de sete jogos com mais de vinte pontos.

 

A atleta já havia dado boas indicações na sua primeira aparição no Campeonato Africano de Basquetebol sénior feminino, terminando a prova média de 9.2 pontos e 8.6 ressaltos. Tamara Seda foi a segunda melhor marcadora da selecção nacional na competição.

 

Fonte:Opais