Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

24.Out.17

Fer. Maputo na Taça dos Campeões

Vaxko Zakarias
  O FERROVIÁRIO de Maputo apurou-se, ontem, para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de Basquetebol, em seniores femininos, ao vencer o Lakers do Zimbabwe, por 90-50, em jogo da quarta jornada das eliminatórias da Zona VI. As “locomotivas”, campeãs nacionais, somaram a quarta vitória na competição e lideram com oito pontos, e por mais que perca os próximos jogos, diante do Police Academy (hoje) e Interclube de Luanda (amanhã), tem garantido na pior das (...)
19.Out.17

“Locomotivas” a caminho de Gaberone

Vaxko Zakarias
 AS equipas de basquetebol do Ferroviário de Maputo em seniores masculinos e femininos partem esta manhã para a capital do Botswana, Gaberone, onde, a partir de amanhã, disputarão as eliminatórias de qualificação – Zona VI - para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos. É com o pensamento no apuramento para a fase final que as duas equipas seguem para Gaberone. A equipa sénior feminina participa na fase de qualificação na qualidade de campeã nacional, enquanto (...)
01.Fev.17

O ano do regresso ao olimpo de África?

Vaxko Zakarias
 O segundo lugar alcançado, ano passado, pelo Ferroviário de Maputo na Taça dos Clubes Campeões Africanos de Basquetebol em seniores femininos e a boa prestação das atletas moçambicanas a evoluir nos EUA (sete) e Espanha (uma) abrem excelentes perspectivas em relação ao desempenho da selecção nacional da categoria este ano. Acresce-se, a estes pontos positivos, o regresso à forma de Anabela “Tsunaminha” Cossa (melhor triplista da Taça dos Clubes Campeões Africanos, em (...)
06.Dez.16

A POLITÉCNICA “FAIR-PLAY”

Vaxko Zakarias
 A POLITÉCNICA não saiu de mãos a abanar da competição. A organização distingui-a com o prémio “fair-play” ou, seja, foi a equipa mais disciplinada, um prémio que até certo ponto deu um acerto ânimo às universitárias. A equipa moçambicana participou na qualidade de convidada após a desistência do INSS da Rep. Democrática do Congo e terminou no oitavo lugar, uma classificação que não foi má, na medida em que não se preparou para esta prova. Com uma equipa bem (...)
06.Dez.16

REFORÇOS OU “ESFORÇOS”?

Vaxko Zakarias
 QUANDO se fala do melhor básquete mundial, vem logo à cabeça um país: Estados Unidos da América. É lá onde moram e cintilam as maiores “estrelas”. Sempre foi assim. Por isso, quando a Direcção do Ferroviário anunciou as americanas Rachel Mitchell e Brea Edwards como reforços para a Taça dos Campeões não houve quem não pensasse. “Bravo! Temos jogadoras, (...)
06.Dez.16

RUTE MUIANGA: DEMOS TUDO

Vaxko Zakarias
 “NÃO estávamos à espera deste resultado. Foi um daqueles dias que as coisas não correram bem. Demos tudo, o nosso máximo, mas não resultou. Entramos mal, cometemos erros que foram fatais. Da próxima vez vamos tentar fazer o melhor”, disse Rute Muianga. A experiente poste refere que é preciso atribuir o mérito ao adversário. “Há que dar os parabéns a equipa do Inter. Hoje foi superior”, afirmou, acrescentando que agora é preciso continuar a trabalhar. Rute Muianga (...)
06.Dez.16

SANCHO JÚNIOR: CUMPRIMOS UM DOS OBJECTIVOS

Vaxko Zakarias
 “QUERÍAMOS ser campeões, não conseguimos, mas melhoramos a nossa classificação, esse era um dos objectivos. No ano passado tínhamos ficado em terceiro e neste terminamos em segundo”, palavras de Sancho Júnior, presidente do Ferroviário. O dirigente máximo da colectividade afirmou que o futuro deve ser olhado com optimismo. “Vamos levantar a cabeça e lutar para melhorar nas próximas ocasiões, mas para já vamos sair de férias. Foram 45 dias de intensa actividade e (...)
01.Dez.16

Ferroviário fecha em grande e A Politécnica na última vaga

Vaxko Zakarias
 O FERROVIÁRIO de Maputo fechou de forma digna a primeira fase, vencendo três dos quatro jogos correspondentes, tornando-se na segunda melhor equipa do Grupo A, atrás do Interclube de Angola, por sinal vice-campeão africano e seu carrasco no jogo inaugural. As “locomotivas” derrotaram na noite de ontem o Etoile Filante do Togo, por 75-37, e partem com A Politécnica para os quartos-de-final, que se disputam amanhã, no Pavilhão do Maxaquene, sendo que hoje é o dia reservado (...)
29.Nov.16

“LOCOMOTIVAS” DÃO GOSTO AO “CESTO”

Vaxko Zakarias
 Não foi para menos, pois se assistiu a uma campeã nacional muito séria na sua abordagem do jogo e perante uma adversária que se impôs e convidou as “locomotivas” para uma batalha que se iria prolongar por muito tempo, até quando se encaixaram nos “carris”, isto a partir do terceiro (penúltimo) período, altura a partir da qual renasceu a confiança e determinação para uma exibição de se tirar o chapéu.           É que o Ferroviário (até se deu ao luxo de (...)
29.Nov.16

Ferroviário espalha charme de campeão ante camaronesas

Vaxko Zakarias
 EM dia de grande inspiração “locomotiva”, o Ferroviário de Maputo bateu ontem e de forma categórica a FAP dos Camarões, por 79-59, em partida inserida na terceira jornada do Grupo “A” da Taça dos Clubes Campeões Africanos de Basquetebol Feminino, evento que decorre desde sexta-feira passada no pavilhão do Maxaquene. Esta é a segunda vitória das “locomotivas”, que vêem assim relançadas as esperanças de transitar para a fase final. A campeã venceu primeiro o (...)