Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

08.Ago.14

Sessenta e uma medalhas é obra – ministro Fernando Sumbana Jr., na recepção dos participantes aos diversos eventos internacionais

 

 

O GOVERNO veio ontem a público reconhecer e dar mérito aos atletas participantes nos diversos eventos internacionais, decorridos entre finais de Julho último e princípios do mês em curso, pelos feitos, que se resumem em 61 medalhas conquistadas nas competições, sendo 16 de ouro, 18 de prata e 27 de bronze.

 

Falando na recepção a mais de 100 atletas que participaram nos IX Jogos da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP), em Lunada, Angola, e da Commonwealth, em Glasgow, na Escócia; Mundiais de Tang So Do, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos da América, e de Karate Kimura-Shukokai, em Sun City, na vizinha África do Sul, bem como diante de dirigentes da Federação Moçambicana de Futebol e corpo técnico da Selecção Nacional, os “Mambas”, Fernando Sumbana Jr. realçou que os feitos vêm engradecer o desporto e os desportistas moçambicanos, porque se trata de marcas que suscitam maior reconhecimento além-fronteiras.

 

O titular da pasta da Juventude e Desportos descreveu o facto de transcendental e que ganha maior significado por acontecer na mesma altura em que a Selecção Nacional de futebol também conseguiu um registo que ficará nos anais da história, com a vitória sobre a Tanzania, por 2-1, e que catapultou os “Mambas” para a fase de grupos de qualificação ao CAN-2015, que terá lugar em Marrocos.

 

 

 

 

 

Esses feitos engrandecem o nosso desporto e nossos desportistas e contribuem para a elevação da nossa moçambicanidade. Isto resulta de muito trabalho, esforço e dedicação. Portanto, vocês são os verdadeiros embaixadores do que os moçambicanos são e estas conquistas além-fronteiras são lições de patriotismo que devem ser transmitidos aos outros”, enalteceu Sumbana Jr.

 

Sumbana reiterou que as vitórias são sempre motivo de orgulho e que conquistar 61 medalhas em menos de um mês constitui maior contributo para o desporto moçambicano, sobretudo quando esses feitos são produto de modalidades que nunca antes gravitaram grandes atenções. 

 

Estamos a falar do atletismo adaptado, Tang-So-Do, Karaté, Judo e Vólei, portanto modalidades que hoje constituem maior orgulho dos moçambicanos”, anotou, destacando ainda o facto de terem sido ultrapassados preconceitos que dominavam o passado desportivo, com a medalha de bronze conquistado pelo boxe femininos nos Jogos da Commonwealth.

 

 

Com estas conquistas, vocês são a moda para atrair mais atletas para a prática do desporto”, elucidou. Falando em representação de atletas, a judoca Natália Tajú deu, por seu turno, por missão cumprida, reafirmando o apreço pela confiança depositada de representar o país.

 

 

Agradecemos ao Governo, Comité Olímpico de Moçambique e federações nacionais pelo apoio prestado e com sentimento de termos conseguido êxito”, frisou.

Fonte:Jornal Noticias