Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Sérgio Faife regressa ao Ferroviário de Nacala

SRGIOFAIFE.jpg

 

Como diz o velho ditado o bom filho à casa torna! Uma semana depois de Sérgio Faife Matsolo ter-se demitido do cargo de treinador principal do Desportivo de Nacala, – alegadamente em resultado do mau ambiente de trabalho causado por adeptos e alguns membros da direcção, associado ao atraso no pagamento de salários – o técnico moçambicano regressa ao Ferroviário de Nacala, um clube que conhece e bem.

 

Faife foi responsável por garantir a primeira manutenção desta equipa depois de ter ascendido ao Moçambola em 2015 – não obstante já ter estado na fina flor do futebol moçambicano em ocasiões passadas quando tinha a designação de Liga 2M e Campeonato Nacional – onde terminou o Moçambola na oitava posição.

 

Aliás, 2015 foi também um ano histórico não só para o Ferroviário de Nacala, mas também para o técnico, pois conquistaram a primeira edição da Taça da Liga BNI, numa final – realizada no Estádio da Machava - em que venceram o Costa do Sol por 5-4, resultado encontrado na marcação de grandes penalidade depois do nulo no tempo regulamentar.

 

Faife com missão espinhosa no ferroviário de Nacala

 

Faife deixou o Desportivo de Nacala na 12ª posição, em resultado de três vitórias e dois empates e encontra o Ferroviário de Nacala numa posição mais incómoda ainda, pois está encalhado nos lugares de despromoção, ocupando nesta altura a 15ª posição com apenas 9 pontos.

 

O novo técnico tem a missão de devolver a mística ao clube, que lembre-se, na época passada conseguiu terminar o campeonato na histórica terceira posição. Há que trabalhar mais nos aspectos motivacionais, sem descorar, os aspectos técnico-táticos de modo a colocar a equipa a marcar mais golos e sofrer menos.

 

É só notar que jogadas que estão dez jornadas, a equipa tem um saldo de oito golos marcados e quinze sofridos. Ademais, os adeptos terão que dar o devido apoio para que a equipa consiga inverter o cenário desvantajoso em que se encontra. Sabe-se…e bem se sabe que os adeptos de Nacala são fervorosos e há que haver paciência e para que os resultados apareçam.

 

O treinador sucede a Rogério Balate (Zulu) que saiu alegando falta de condições de trabalho devido a pressão exercida sobre si.

 

Sérgio Faife tem larga experiência no futebol moçambicano tendo passado pelo Chingale de Tete, Liga Desportiva de Maputo, Desportivo de Nacala, Incomáti de Xinavane, Estrela Vermelha de Maputo e Costa do Sol.

 

Fonte:Opais

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.