Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Que todos ganhem!

O PRIMEIRO-MINISTRO, Carlos Agostinho do Rosário, deixou na manhã de ontem uma mensagem de paz e maior integração entre os países da SADC, através do desporto, e de incentivo aos jovens pugilistas, nacionais e estrangeiros, que esta tarde (16:00 horas) entram em acção no Campeonato Africano de Boxe da região VI.



Carlos Agostinho do Rosário começou por endereçar boas-vindas às delegações estrangeiras, constituídas pela África do Sul, Suazilândia, Zimbabwe, Botswana, Lesotho e Seychelles, que juntamente com Moçambique darão corpo à competição.


“Primeiro devo dizer que vocês chegaram numa boa altura, em que Deus está a abençoar o país com chuvas e com a vossa vinda a terra ficará ainda mais abençoada”, disse.


Em seguida deixou uma mensagem da importância da preservação da paz em todo mundo, em particular aos países da SADC, participantes no “regional” de Boxe e não só, tendo frisado que só é possível se a juventude estiver saudável.


“Nós da região da SADC, em África e o Mundo, queremos paz, queremos desenvolvimento, mais renda para as pessoas poderem viver bem. Queremos crescimento económico, mas isso só é possível quando a juventude está saudável”, considerou, acrescentando que “a juventude só fica mais saudável quando faz desporto e é por isso que nós saudamos a vocês desportistas.”


O governante defendeu que o desporto é um veículo importante para a união dos países. “Queremos por via do desporto, no caso particular do boxe, criar uma maior integração entre os países da região”, afirmou.


A concluir, exortou as delegações a hastearem a bandeira do “fair-play”, lembrando que no desporto não há vencedores, nem derrotados. “Queremos que ninguém perca e que todos ganhem. Queremos que façam o melhor e os que vão perder hoje, amanhã ganhem”, rematou.


O “Africano” de Boxe vai decorrer a partir de hoje, no pavilhão da A Politécnica, e termina no sábado.


Ao contrário do que se esperava, Angola e Zâmbia não se farão presentes por motivos organizacionais.


Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.