Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Princípio do fim da odisseia

mjd mambas

 

A Ministra da Juventude e Desportos, Nyeleti Mondlane diz que o Governo está a criar condições para que os Mambas alcancem a vitória diante da Guiné-Bissau e assegurem a qualificação ao CAN-2019. A selecção nacional de futebol seguiu viagem esta segunda-feira para Africa do Sul onde vai realizar um estágio pré-competitivo.

É um jogo decisivo. O esforço e empenho prometem ser redobrados. Ainda há, pela frente, 19 dias para o embate decisivo quanto exigente diante da Guiné-Bissau, os Mambas não querem “incomodo” e esta segunda-feira seguiram viagem para africa do Sul, em busca de concentração e ambiente ideal para um jogo de igual dimensão.

Abel Xavier chamou 26 jogadores para este pré-estagio, a convocatória será divulgada no dia 14, ou seja, ainda faltando 9 dias do jogo.


É um elemento novo, mas que agrada Xavier. O técnico diz que supervisão o local do estágio e garante que “é mesmo de maior concentração”. É de lá onde pretende visualizar jogos do adversário e corrigir elementos que falharam no primeiro embate.

A meta é o CAN que será no Egipto, Moçambique quer voltar aos grandes eventos, Xavier quer ser a “cara da conquista”.


De resto, o desejo é generalizado, estranho seria se não fosse. O governo voltou a mostrar que está com o desporto nacional e em particular com os Mambas.

Esta segunda-feira, antes da partida para a vizinha África do Sul, a Ministra da Juventude e Desportos, Nyeleti Mondlane, esteve com o cominado nacional e lembrou aos atletas que, nesta caminhada, estão em representação dos 28 milhões de Moçambicanos.


O governo indicou o director do Instituto Nacional de Desportos, Francisco da Conceição, para chefiar a delegação. Isto mostra e renova, segundo Nyeleti, o desejo de criar as melhores condições de preparação rumo ao derradeiro jogo.

É importante que os Mambas estejam condignamente alojados na África do Sul e que todas as condições logísticas estejam no lugar e já confirmamos que está tudo em ordem. Estamos a velar pelo bom transporte dos nossos jogadores. Eles precisam estar de espirito alto e energias positivas “disse Mondlane.

A Federação Moçambicana de Futebol ainda não definiu mas promete uma recompensa à altura caso a selecção vença o jogo. No entanto, neste momento, o foco é garantir a qualificação e se pode dizer que este é um dos assuntos que, neste momento, tira sono a Alberto Simango Jr.

Este é o principio da implementação de um projecto que começou no ano passado, que é a preparação desse jogo. Acho que tudo depende exclusivamente de nós” começou por dizer antes de falar dos prováveis prémios.

É a primeira vez que nós levamos a nossa selecção para um centro de alto rendimento em Pretória. É um centro de excelência e pensamos que vamos tirar muito proveito. Um estágio pré-competitivo de duas semanas que não acontece todos os dias. Em termos de prémios, para além do que está previsto no regulamento, nós estamos a mobilizar mais recursos para, em caso de qualifição, os atletas tenham uma premiação melhorada” disse
O seleccionador nacional, Abel Xavier, está convicto que o local escolhido para o estágio vai permitir maior controlo e concentração dos jogadores para atacarem o derradeiro jogo.

Iremos trabalhar em boas condições. Eu próprio analisei o complexo. Irei blindar completamente o grupo e o único foco é trabalhar arduamente. Trabalhar os conteúdos que eu acho fundamentais e que passa por dominar aquela que é a estratégia que vamos delinear para o jogo. Vamos analisar o adversário em todos os momentos “finalizou.

Os Mambas são obrigados a vencer em Bissau para se qualificarem ao CAN-2019.

 

Fonte:Opais