Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Obras de reabilitação paralizadas

 

AS obras de recolocação do relvado no campo do Maxaquene na baixa da cidade de Maputo encontraram-se paradas sem data para o seu retorno, devido ao atraso no pagamento ao empreiteiro que vinha executando os trabalhos.

 

 

Os trabalhos estão parados há sensivelmente três semanas. O empreiteiro os interrompeu porque o Maxaquene deve uma tranche nas parcelas acordadas como modalidade de pagamento, segundo deu a conhecer o presidente do clube — Ernesto Jr.

 

Em princípio, as obras deviam ser concluídas em Junho, mas face a este cenário dificilmente as datas inicialmente previstas serão cumpridas.

 

Ernesto Jr, garante que é preocupação da direcção do Maxaquene resolver a situação o mais rápido possível, mas neste momento o clube não tem a verba necessária para as obras retomarem.

 

A reabilitação consiste na remoção da antiga relva, nivelamento do terreno que, segundo Ernesto Jr, era irregular, para depois se plantar a nova relva. Para além do arrelvamento, pretende-se melhorar o sistema de abastecimento de água para a relva, sendo para o efeito necessária a aquisição de uma bomba para flexibilizar a saída do precioso líquido.

 

É um problema que preocupa a todos, mas o empreiteiro tem as suas razões, até porque é uma empresa de pequena dimensão. Não pode esperar tanto tempo pelo dinheiro. Estamos a fazer de tudo para resolver esta questão. É nosso objectivo ver o campo pronto para os jogos, se possível ainda este ano”, realçou.

 

Vincou, por outro lado, que o clube tem como plano utilizar aquele recinto para os jogos do Moçambola, se possível, a partir da segunda volta da prova.

 

Aliás, Enresto Jr considera aquele campo bem localizado o que pode atrair muita gente nos dias de jogos, de um clube com muitos adeptos.

 

Com aquele campo esperamos melhorar as nossas receitas, através da bilheteira. Como sabem, agora jogamos no Zimpeto e isso implica custos. Com o nosso campo pronto, vamos gastar menos e arrecadar mais”, sublinhou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.