Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

NÃO DEMOS MUITAS CHANCES - KIKO, CAPITÃO DO ESTRELA

 

PENSO que o Campeonato foi menos equilibrado que o ano passado. No passado a equipa ainda não se tinha encontrado e nos deparamos com várias dificuldades até nos entrosarmos. Mas, desta vez, apesar do cansaço do Mundial, estivemos mais coesos e por isso não demos muitas chances aos adversários”, palavras de Kiko, capitão do Estrela, numa análise ao decurso do campeonato.

 

Afirma que esta época a equipa preparou-se melhor. “Se no ano passado nem sequer treinamos juntos e já tinha iniciado o campeonato, neste tivemos tempo não só para treinar, como deu para “puxar” as orelhas aos miúdos quando sentimos que as coisas estavam a fugir e era preciso pô-los no bom caminho”, comentou.

 

O capitão elogiou a prestação dos seus colegas, tendo destacado, Maninho e Kevin. “O Maninho fez mais do que o esperado. Foi o melhor marcador e um dos melhores do campeonato, a par do Pedro Pinheiro, Arnaldo Queirós e Bruno Pimentel, estes todos do Desportivo. O Kevin evoluiu muito. Conseguiu auto-superar-se após ter baixado de forma”, atirou, para em seguida alargar os seus elogios ao treinador Pedro Pimentel. “Pedro Pimentel além de treinador é um amigo e conselheiro. É uma excelente pessoa. Em suma, trabalhamos arduamente para conquistar um campeonato sem derrotas”, afirmou.

 

Ainda na senda de elogios, apontou Sandro dos Santos como um hoquista extraordinário, apesar dos seus 48 anos.

 

Sublinhou para a má prestação do Ferroviário. “O Ferroviário foi uma desilusão total. Actos de indisciplina que não ajudaram em nada”, disse.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.