Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

20.Fev.14

Maxaquene goleia Ferroviário descarrila

 

 

O MAXAQUENE esteve em destaque na segunda jornada da Taça de Honra a nível da cidade de Maputo, ao impor uma goleada a Águias Especiais (3-0), num jogo com sentido único.A mesma sorte não teve o Ferroviário que perdeu, por 0-1, diante do Estrela Vermelha. As duas partidas tiveram lugar, ontem, no campo dos “tricolores”.

 

“MAKAROV”  DESCARRILOU A “LOCOMOTIVA”

 

A grande surpresa da tarde foi o Estrela Vermelha que impôs uma derrota ao favorito Ferroviário. O golo foi marcado ainda na primeira parte por intermédio de Gerson.

Os “alaranjados” não tiveram dificuldades para domarem um Ferroviário bastante apático e sem muitas soluções para furar a muralha defensiva contrária. O calor intenso que se fazia sentir condicionou bastante o jogo, que foi caracterizado por passes defeituosos e jogadas mal elaboradas.

 

Nos instantes finais do desafio, o Ferroviário bem tentou chegar ao golo, com Diogo, Luís e Barrigana a serem as unidades mais próximas da baliza “alaranjada”, que se manteve inviolável.

 

BAILE “TRICOLOR”

 

Quem não teve dificuldades para materializar os seus objectivos foi o Maxaquene que viu um dos seus reforços da nova temporada, Madeira, a marcar logo aos dois minutos. Era o início demolidor dos “tricolores” que, logo depois, “arrendaram” o meio-campo contrário. Perante um Águias Especiais sem argumentos, o 1-0 prevaleceu até ao intervalo. No segundo tempo, o caudal ofensivo dos comandados de Chiquinho Conde intensificou-se e muito se deveu aos recém-entrados Carlitos e Isac, que desnortearam por completo a defesa dos “polícias”.

 

O 2-0 surgiu com toda a naturalidade, por intermédio do irrequieto Isac, que nos instantes finais aproveitou um erro do guarda-redes para bisar, fazendo o 3-0.

Da baliza ao ataque, Maxaquene foi uma equipa transfigurada, com novas caras e com nova forma de ser e estar em campo. A circulação de bola parece que será o ponto forte da equipa dos “tricolores” durante a época.

 

Com este resultado, o Maxaquene lidera a série B com quatro pontos, os mesmos do Estrela Vermelha, que tem menos dois golos. O Ferroviário é terceiro com três, o “lanterna vermelha” é Águias Especiais sem qualquer ponto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias