Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Marinho - «Quero deixar a minha marca no Óquei de Barcelos»

 

Mário Rodriguez, hoquista internacional pela seleção moçambicana, regressa a Portugal pela porta do Óquei de Barcelos com a cotação em alta, após uma temporada muito bem conseguida no hóquei italiano, um dos mais competitivos do mundo, tendo sido melhor marcador com 56 golos.


É essa marca, de `homem golo`, que Mário Rodriguez, ou simplesmente Marinho, pretende ver vincada no clube de Barcelos.


«O Barcelos é o maior clube de hóquei de Portugal. Toda a gente sabe a história e o amor dos adeptos pelo hóquei em Barcelos. Neste clube tudo é possível, basta acreditar. O meu objectivo individual é deixar a minha marca no campeonato português. Encaro esta ambição, de ser um dos melhores marcadores, como sendo uma obrigação», disse, acrescentando, no entanto, que a principal meta é ajudar o clube a conquistar troféus.


Mas o que motivou o n° 7 da equipa moçambicana a deixar o Follonica, onde foi muito feliz, e assinar pelo Óquei de Barcelos? Marinho explica que aceitou o convite também pelas saudades que tinha de estar perto da família:


«Estava tudo certo para continuar mais um ano ao serviço do Follonica, mas surgiu uma grande oportunidade do Óquei de Barcelos e não consegui rejeitar. Muitas coisas jogaram a favor. O meu desejo de regressar ao campeonato português e de estar mais perto da minha família pesaram muito para tomar esta decisão


Durante o tempo que esteve fora de Portugal, duas épocas em França e uma em Itália, Marinho diz ter dado provado que tem capacidade para competir a bom nível em qualquer campeonato.


«Volto a Portugal com o sentimento de dever cumprido. Foram 3 anos lá fora e felizemente todos correram bem. Demonstrei o meu valor e agora espero fazer o mesmo em Portugal», atirou.

De referir que Marinho é um dos convocados para representar a selecção moçambicana que irá participar no Mundial da China de 2 a 9 Setembro.
 
 
Álvaro da Costa, Maputo
 
 
 
Fonte:Abola