Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

“Mambas” preparam-se a pensar num “milagre”

 

A SELECÇÃO Nacional de Futebol treina desde terça-feira no Estádio da Machava tendo em vista o jogo de domingo às 15:00 horas diante da Zâmbia a contar para a segunda “mão” da segunda e derradeira eliminatória de acesso ao CAN-Interno a decorrer no Ruanda no próximo ano.

 

Os treinos têm sido focalizados nos processos ofensivos. A componente táctica tem sido ensaiada nesse sentido, visto que a equipa nacional precisa de anular uma desvantagem de 3-0 averbada em Ndola, Zâmbia, sábado último. Para esta partida, Mano-Mano deve apostar numa equipa com uma base ofensiva mais alargada, devendo Maninho, que ficou de fora no jogo de Ndola juntar-se ao ataque em parceria com Isac.

 

 Apesar da derrota pesada, os jogadores estão dispostos a dar tudo por tudo para inverterem essa desvantagem. De acordo com Momed Hagi, “capitão” dos “Mambas” tudo é possível, “não podemos baixar os braços. Jogamos em casa e temos a obrigação de fazer melhor e por que não lutar para anular esta desvantagem. É difícil, mas não é impossível”, comentou.

 

A equipa nacional volta a treinar hoje, amanhã e sábado de manhã. A seguir a esse treino serão anunciados os 18 convocados.

 

Entretanto, a selecção da Zâmbia, bem como a equipa de arbitragem, chegam ao país amanhã de manhã, sendo que à tarde, os “Chipolopolo” fazem o habitual treino de adaptação ao relvado sintético da Machava.

 

Destacar a Zâmbia está a treinar no “Independence Stadium” desde segunda-feira.

 

TRÊS NOVIDADES NA ZÂMBIA

 

O seleccionador zambiano, George Lwandamina, chamou três jogadores novos para a partida de domingo diante da turma nacional. Trata-se dos médios do Zesco United, MwapeMwelwa, e do Green Eagles, Mwila Phiri, e ainda o avançado do Zanaco, Moses Phiri.

 

Refira-se que Moses Phiri é o segundo melhor marcador da Primeira Liga da Zâmbia com oito golos, enquanto Mwape Mwelwa já apontou cinco.

 

Ao promover o trio estreante, o seleccionador zambiano diz que esta é uma forma de impulsionar outros jogadores. “A porta está aberta para qualquer jogador que seja útil. A concorrência é sempre bem-vinda. Temos muitos bons jogadores que actuam no campeonato e é preciso dar oportunidade”, disse.

 

Fonte:Jornal Noticias