Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

“Mambas” empatam e transitam

OS “Mambas” transitaram ontem, em Cartum, no Sudão, para a primeira eliminatória da fase de qualificação para o CAN-2015, cuja fase final terá lugar no Marrocos.

 

Depois da vitória retumbante por 5-0 em Maputo, a Selecção Nacional não foi para além de um empate no encontro de ontem com o Sudão do Sul em jogo da segunda “mão”, mas um resultado suficiente para seguir em frente na competição.

 

Durante a primeira parte os “Mambas” foram mais perigosos, mesmo atendendo a larga vantagem que traziam. Trataram de assumir as rédeas do jogo, controlando o meio-campo, onde se destacavam Momed Hagi e Diogo. E com alguma naturalidade foram os primeiros a criar um lance de ataque digno de registo com assinatura de Sonito. O avançado, autor de dois golos na primeira “mão”, viu o seu remate de cabeça passar a alguns centímetros acima do travessão.  

 

Dário Khan, que jogava numa “casa” que bem conhece, visto que durante quatro temporadas esteve no Sudão, subiu bem na marcação de um pontapé de canto para cabecear também por cima. Ficou perto de abrir o marcador numa altura em que a equipa moçambicana já merecia passar para a frente no marcador.

 

Apesar da altas temperaturas, com os termómetros a rondarem os 40 graus, os comandados de João Chissano mantiveram sempre um bom ritmo e na oportunidade mais flagrante Mário atirou ao poste. Os poucos adeptos moçambicanos, na sua maioria estudantes bolseiros no Sudão, levaram as mãos à cabeça, pois não queriam acreditar que o esférico tinha embatido caprichosamente no ferro.

 

O facto de atacar e não marcar terá desgastado psicologicamente a equipa nacional, que baixou momentaneamente de ritmo e se viu o Sudão do Sul a aproximar-se com perigo, sobretudo na etapa complementar, período em que estiveram bem próximos de fazer o seu tento de honra. 

 

Contudo, foi Maninho (entrou para o lugar de Mário) a protagonizar a grande perdida. Sozinho e só com a baliza pela frente, errou no alvo. Seja como for, o 0-0 bastou para os “Mambas” continuarem firmes na luta pela presença no CAN-2015.

 

Entretanto, na próxima eliminatória Moçambique terá pela frente o Zimbabwe ou a Tanzania. Neste momento os tanzanianos estão em vantagem por terem ganho em casa, na primeira “mão”, por 1-0. Mas os zimbabweanos tudo farão para não decepcionar no seu reduto. Pelo que tudo poderá acontecer.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.