Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Holofotes virados para Songo e Vale do Infulene

fm em casa.jpg

 

Ferroviário de Maputo recebe, esta quarta-feira, às 15h00, no Estádio da Machava, o Textáfrica de Chimoio em jogo da 1.ª “mão” das meias-finais da Taça de Moçambique. No Songo, a União Desportiva faz “sala” a Liga Desportiva de Sofala.

Na Machava, o Ferroviário de Maputo procura colocar-se em vantagem na eliminatória diante do Textáfrica de Chimoio, primeiro campeão nacional.

As duas formações voltam a defrontar-se depois de, no passado dia 25 de Setembro, em jogo inserido na 21ª jornada, o Ferroviário de Maputo ter vencido por um a zero no campo da Soalpo.

Este ano, no confronto entre “locomotivas” da capital e “fabris” do planalto na 1ª volta, houve registo de uma vitória do Textáfrica de Chimoio por 0-2, numa partida inserida na 6.ª jornada do Moçambola 2019.

Márcio, aos 9 minutos, e Dário, à passagem do minuto 82, foram os autores dos golos da equipa comandada por Aleixo Fumo.

Avisado do potencial do seu adversário, o Ferroviário de Maputo vai entrar para este jogo com elevados índices de concentração e não dar espaços para que seja surpreendido.

O conjunto orientado por Daúde Razak parte motivado para o jogo de hoje, depois de ter alcançado duas vitórias nas últimas jornadas do campeonato nacional de futebol.

Nos quartos-de-final, o Ferroviário de Maputo deixou para trás Black Bulls (agregado de 2-1, depois do empate a zero na primeira “mão” e vitória por 2-1 na segunda), enquanto o Textáfrica de Chimoio afastou o Clube de Chibuto (agregado de 4-3 no conjunto das duas “mãos”). Os “fabris” do planalto venceram por 4-0 na primeira “mão”, tendo depois perdido por 3-0.

UD SONGO QUER REDIMIR-SE

Afastada, de forma humilhante da fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos pelo Platinum do Zimbabwe, a União Desportiva de Songo tem agora as suas atenções viradas para as competições internas.

A começar pela Taça de Moçambique mcel. Hoje, no Estádio 27 de Novembro, os campeões nacionais querem reconciliar-se com os seus adeptos, vencendo a Liga Desportiva de Sofala. Aliás, a jogarem em casa e com melhor estrutura que o seu adversário, os “hidroeléctricos” são obrigados a vencer e até mesmo a construírem uma vantagem confortável.

Mas atenção: a Liga Desportiva de Sofala surpreendeu o Desportivo de Maputo, adversário o qual afastou nos quartos-de-final com agregado de 3-2. A Liga Desportiva de Sofala perdeu por 2-0 no jogo da primeira “mão”, mas depois fez a remontada no Chiveve vencendo por 3-0 com golos de Buramo, Muhate e Ilídio.

A União Desportiva de Songo chegou a esta fase da Taça de Moçambique mcel depois de ter vencido o Desportivo de Nacala, por 4-0, com “bis” de Luís Miquissone e golos de Telinho e Ifren.  Na primeira “mão”, o Desportivo de Nacala venceu os campeões nacionais por um a zero.

 

Fonte:Opais

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.