Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Há desordem no Costa do Sol

 

REINA desordem no Costa do Sol que afecta directamente as modalidades de futebol e basquetebol naquele clube histórico do país.

 

Depois das declarações proferidas no sábado pelo técnico Sérgio Faife, da equipa principal de futebol, ficou claro que há problemas de comunicação entre ele e a Direcção, para além da falta de condições logísticas que afectam o desempenho das equipas. O Notícias soube igualmente que os funcionários do clube e o plantel de basquetebol não têm salários em dia.

 

Na tarde de sábado, no seguimento da derrota do Costa do Sol frente à ENH de Vilankulo, Sérgio Faife revelou que o fracasso dos “canarinhos” neste início da época não é apenas da sua responsabilidade como treinador, mas também da Direcção que não cria mínimas condições para a equipa de futebol.

 

O técnico disse ainda que tem dois meses sem conseguir entrar em contacto com o presidente do clube, Amosse Chicualacuala, pessoa que o convidou para treinar a equipa de futebol.

 

Chicualacuala, segundo Sérgio Faife, anda incomunicável há já algum tempo, não se conhecendo as razões. O Notícias também tentou, sem sucesso, em várias ocasiões, entrar em contacto com o presidente dos “canarinhos”, mas debalde.

 

No clube, segundo alguns funcionários e elementos ligados às equipas de basquetebol e futebol, o Notícias soube que a última vez que o presidente foi visto no recinto da colectividade foi em finais de Janeiro.

 

O presidente é funcionário da Electricidade de Moçambique (EDM) e lá está de férias. Normalmente quando está de férias na empresa onde trabalha dificilmente é visto no clube”, disse um funcionário ligado à equipa principal do futebol.

 

A última vez que o “Notícias” entrou em contacto com Amosse Chicualacuala foi nos meados de Janeiro, via telefone. Na altura, Chicualacuala disse ao Notícias que estava de férias (na EDM) e que retomaria ao trabalho, quer na empresa, quer no clube, a 1 de Março passado.

 

Estando ou não de férias, o presidente do Costa do Sol, o certo é que o clube atravessa crise de vária ordem, desde a falta de salários e condições logísticas. Os atletas de todas as modalidades utilizam equipamentos adquiridos nos anos passados. Nos treinos, os jogadores são obrigados a beber água potável, entre outros problemas.

 

Na nossa visita às instalações do clube não foi possível encontrar nenhum elemento da Direcção. No referido contacto com o Notícias há dois meses, Chicualacuala disse que fora aos elementos da Direcção responde pelo dia-a-dia do clube o secretário-geral, João Raúl, a quem também não encontrámos.

 

Telefonicamente, à semelhança do seu presidente, João Raúl não estava comunicável. Segundo a fonte que temos vindo a citar, e que nos solicitou anonimato, João Raúl perdeu telemóvel no sábado, sendo que até ontem ainda não havia comprado outro.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.