Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Golfinhos conquista “Longas Distâncias”

 

O GOLFINHOS conquistou, domingo, na Piscina Raimundo Franisse, em Maputo, o Torneio Longas Distâncias, que serviu de rodagem para as equipas da capital do país para as competições mais importantes do candelário competitivo da temporada que acaba de arrancar.

 

O Golfinhos, que há semanas conquistou o Torneio “Seis Horas de Maputo”, que marcou a abertura da presente época e serviu para o mesmo propósito, que é a rodagem, apresentou-se deste modo da melhor forma para as competições que se avizinham.

 

Aliás, não foi para menos. Dominou as provas masculina e feminina, amealhando, no somatório de ambos os sexos, 54 medalhas, das quais 26 de ouro, 16 de prata e 12 de bronze.

 

Muito de longe do alcance do Golfinhos, o Tubarões, por sinal seu principal rival, obteve 30 medalhas, sendo apenas sete de ouro, 13 de prata e 10 de bronze. Aliás, o Tubarões teve o mesmo número de ouros que o Clube Naval, que reuniu no total 15 medalhas, sendo três de prata e cinco de bronze.

 

Irreconhecível continua o Ferroviário, que nos últimos anos pouco se tem notabilizado. As 18 medalhas por si conseguidas não tiveram peso suficiente para estar no pódio, pois apenas teve três ouros, mais nove pratas e seis bronzes.

 

Por último, o Nguenhas não teve sequer um ouro, mas sim uma prata e um bronze.

 

Salientar que “Longas Distâncias” é um torneio de carácter individual e movimentou sete estilos, nomeadamente 200 metros costas, bruços e estilos; 400 livres e estilos; 800 e 1500 livres.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.