Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

FMV lança “Sonho de África”

sonho de africa.gif

 

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Voleibol (FMV) lançou, terça-feira, em Maputo, o projecto de massificação de voleibol denominado “Sonho de África”, que visa a formação dos futuros campeões de África.

 

 Este é um projecto que decorre em parceria com a Confederação Africana da modalidade (CAVB) e o seu lançamento foi testemunhado pelo ministro da juventude e Desportos, Alberto Nkutumula.

 

Trata-se de uma campanha rigorosa, já que as crianças serão seleccionadas a “dedo”, devendo estas cumprirem alguns requisitos, como são os casos da altura e peso, entre outros critérios, com vista a serem dotados de conhecimentos técnicos e tácticos apurados.

 

Numa primeira fase, o referido programa abarcará as cidades de Maputo, Chimoio e Nampula.

 

Na capital do país, são montados dos centro um na Escola Secundária Noroeste II, exclusivamente virado para o vólei de sala, e o da “Unidade 25” que serviráá para o vólei de praia.

 

O voleibolista Délcio Soares será o coordenador e terá como colaboradores Isidro Salazar (centro da sala-Noroeste II), Carlos Macamo (centro da praia-Unidade 25) e Manuel Diakos (centro de vólei de praia e sala em Chimoio). O responsável pelo centro de Nampula ainda está por indicar.

 

Como forma de dar mais sustento a esta iniciativa, a FMV procura parceiros que possam apoiar na melhoria de condições dos técnicos, que inicialmente deverão beneficiar de formação no estrangeiro; dos atletas (compra de equipamentos para os treinos, lanches e subsídio de transporte) e ainda para melhorar os recintos escolares referenciados para acolher o “Sonho de África”.

 

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Voleibol (FMV) lançou, terça-feira, em Maputo, o projecto de massificação de voleibol denominado “Sonho de África”, que visa a formação dos futuros campeões de África.

 

 Este é um projecto que decorre em parceria com a Confederação Africana da modalidade (CAVB) e o seu lançamento foi testemunhado pelo ministro da juventude e Desportos, Alberto Nkutumula.

 

Trata-se de uma campanha rigorosa, já que as crianças serão seleccionadas a “dedo”, devendo estas cumprirem alguns requisitos, como são os casos da altura e peso, entre outros critérios, com vista a serem dotados de conhecimentos técnicos e tácticos apurados.

 

Numa primeira fase, o referido programa abarcará as cidades de Maputo, Chimoio e Nampula.

 

Na capital do país, são montados dos centro um na Escola Secundária Noroeste II, exclusivamente virado para o vólei de sala, e o da “Unidade 25” que serviráá para o vólei de praia.

 

O voleibolista Délcio Soares será o coordenador e terá como colaboradores Isidro Salazar (centro da sala-Noroeste II), Carlos Macamo (centro da praia-Unidade 25) e Manuel Diakos (centro de vólei de praia e sala em Chimoio). O responsável pelo centro de Nampula ainda está por indicar.

 

Como forma de dar mais sustento a esta iniciativa, a FMV procura parceiros que possam apoiar na melhoria de condições dos técnicos, que inicialmente deverão beneficiar de formação no estrangeiro; dos atletas (compra de equipamentos para os treinos, lanches e subsídio de transporte) e ainda para melhorar os recintos escolares referenciados para acolher o “Sonho de África”.

 

Fonte:Jornal Noticias