Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Ferroviário de Nacala regressa ao Moçambola

O FERROVIÁRIO de Nacala regressa ao Moçambola no próximo ano, confirmado, domingo, vencedor da “poule” de apuramento à principal prova futebolística nacional, ao nível da zona norte, com a vitória sobre o Desportivo do Ibo (2-0), em partida inserida na quinta jornada (última). Os “locomotivas” nacalenses terminaram a prova invictos.

 

 

A desistência do Sporting de Monapo, que foi o principal rival, há duas jornadas do término da prova, curiosamente depois de sair derrotado no frente-a-frente com o Ferroviário de Nacala, por 1-0, já dava indicação de que só um milagre podia impedir que os “locomotivas” lograssem o almejado sonho de voltar ao maior convívio futebolístico nacional.

 

 

 Aliás, em virtude da desistência do Sporting de Monapo”, a organização retirou os pontos nos jogos envolvendo os “leões”, facto que colocou o Ferroviário de Nacala com a vantagem de uma vitória sobre o seu adversário da última ronda. Com esta situação, não ficou de lado a possibilidade de o Desportivo de Ibo igualar-se aos “locomotivas” em caso de vitória no derradeiro encontro. Porém, os nacalenses confirmaram a sua hegemonia, vencendo de forma categórica.

 

 

Noutro jogo da ronda, o Ferroviário de Lichinga derrotou o Desportivo de Pemba, por 2-1. Com estes desfechos, o Ferroviário terminou com 12 pontos, seguido do Desportivo de Ibo e Ferroviário de Lichinga, ambos com seis. Na terceira posição, segue o Mandimba FC do Niassa, com quatro.  

 

  

MATCHEDJE E ENH À FRENTE DAS SÉRIES NO SUL

 

 

 

O Matchedje deu passo significativo na “poule” da zona sul. Os “militares” venceram, no seu reduto, na Matola, o Estrela Vermelha de Gaza, por 1-0, resultado que lhes mantém na liderança da série “B”, agora com nove pontos. O jogo estava inserido na terceira jornada e que marcou o fim da primeira volta.

 

 

Noutro encontro do grupo, o Incomáti goleou Nova Aliança da Maxixe, por 3-0, e segue o líder com seis, mais três que o seu adversário da ronda.

Quem voltou a marcar passo é o Estrela Vermelha de Maputo, isto na série “A”, com o empate consentido na recepção à poderosa equipa da ENH de Vilankulo (1-1), depois de uma estreia inglória na prova, na deslocação ao terreno da Maragra.

 

 

O Estrela, que era visto como um dos principais candidatos à transição, cedeu o favoritismo à equipa da ENH, que aparece pela primeira vez na luta pelo acesso ao Moçambola. A ENH lidera com sete pontos, pois vem de duas vitórias consecutivas. O Estrela segue com quatro, os mesmos que a Maragra, que, também, foi travada com empate sem abertura de contagem pelo Clube de Gaza. 

 

 

Entretanto, o Textáfrica do Chimoio e o 1º de Maio de Quelimane ainda aguardam pela indicação da data para a finalíssima para o apuramento ao Moçambola-2015 ao nível da zona centro, entanto que vencedores das séries A e B.  

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.