Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Ferroviário de Maputo aplica “chapa 100” na BAL

FERROVIARIO DE MAPUTO no bal.jpg

 

Dois jogos, igual número de vitórias. Este é o saldo do Ferroviário de Maputo no grupo E das eliminatórias para Liga Africana de Basquetebol (BAL), prova que decorre em Joanesburgo, África do Sul.

Esta quarta-feira, o Ferroviário de Maputo venceu o Lions Basketball Club da Namíbia por 102-60, na segunda jornada do grupo E da fase de qualificação para a Liga Africana de Basquetebol, BAL.

Sem acelerar, até porque o adversário não o obrigou a tal e nem tinha argumentos para o efeito, os campeões nacionais aplicaram “chapa 100” e deram um passo rumo à transição para a elite 16 da inovadora prova promovida pela FIBA e NBA.

No Wembley Stadium, em Joanesburgo, Luís “Lulu” de Barros foi o melhor cestinha dos campeões nacionais com 18 pontos em 22:31 minutos na quadra.

Lulu, que recentemente recuperou de uma lesão, foi secundado por Alvaro Manso, espanhol que colectou um duplo-duplo: 15 pontos e 10 ressaltos (seis ofensivos e quatro defensivos) durante os 24:10 minutos na quadra.

Destaque ainda para Pio “Lingras” Matos, com 14 pontos, e David Canivete, com 14. Num jogo propício para fazer a rotação da equipa, Milagre “Mila” Macome deu minutos a todos atletas com a excepção de Custódio Muchate, que à semelhança do primeiro embate não foi utilizado.

Em termos globais, o Ferroviário de Maputo teve um registo de 47% de aproveitamento nos lançamentos de campo (41/86). Os bicampeões nacionais apresentaram ainda 31% nos tiros exteriores (9/29), 55% na linha de lances livres (11/20) para além de terem dominado na tabela com  47 ressaltos (31 defensivos e 16 ofensivos).
Os “targets” apontam ainda para 20 assistências, nove “turnovers” e 16 roubos de bola.

Hoje é dia de descanso, sendo que na sexta-feira o Ferroviário de Maputo joga com o  Mercenaries do Zimbabwe, conjunto que na segunda jornada perdeu com o University of Zâmbia por 80-74, resultado encontrado no prolongamento.

Os parciais desta partida foram: 15-21, 16-21, 16-12, 23-16 e 14-4 (OT).

Ainda esta quarta-feira, em jogo da segunda jornada do grupo E das eliminatórias para Liga Africana de Basquetebol, o Jonzi Nugets da África do Sul derrotou o Dolphins do Botswana por 68-60.
 
Liga Africana de Basquetebol
BAL 2020


Grupo E
Fer. Maputo 102-60 Lions Basketball Club
Jonzi Nugets  68-60 Dolphins
Mercenaries 74-80  University of Zâmbia

 

Fonte:Opais

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.