Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

FER. QUELIMANE 1-FER. BEIRA, 1: Até parecia jogo combinado

CFB-2015.jpg

 

O EMPATE a uma bola parece ser o resultado planificado entre os Ferroviários de Quelimane e da Beira. Pelo futebol pachorrento, pouco clarividente, falta de imaginação e criatividade para transformar em golos as oportunidades criadas deu a entender que houve um acordo de princípio de não “agressão” para não manchar o nome que as duas colectividades ostentam.

 

Os “locomotivas” visitantes tentaram ser mais astutos e dominaram no primeiro quarto. Reinildo, Maninho e Mário foram bastante perdulários e não conseguiram concretizar as oportunidades de golo. Enquanto isso, os “locomotivas” de casa tentaram afastar os fantasmas de maus resultados e optaram em defender mesmo sabendo de antemão que pelo seu posicionamento na tabela classificativa da prova, os últimos, precisam de mais emotividade, criatividade e mais esforço suplementar para desfeitear os seus adversários.

 

A maior perdida do jogo aconteceu a um minuto do final da primeira metade. Gildo recebe um passe do seu colega frente-a-frente com o guarda-redes dispara para as “nuvens”.

 

No reatamento da partida, esperava-se por maior explosão das equipas. Todavia, o cenário da partida foi o mesmo. Jogo pobre, muito longe de ser uma partida do Moçambola.

 

Mas numa das poucas jogadas de relevo do encontro, os quelimanenses adiantaram-se no marcador por intermédio de Henriques. Foi sol de pouca dura porque dez minutos mais tarde, os visitantes igualaram a partida por intermédio de Mário.

 

O árbitro, António Domingos esteve bem.

 

ÁRBITRO: António Domingos, auxiliado por Mário Albino e Raimundo Artur. Quarto árbitro: Domingos Manico.

FER. QUELIMANE: Sitoe, Budy, Txoro, Quaresma, Bill, Almeida, Muchanga (Belmiro), Bony, Henriques, Vovote e Delcio.

FER. BEIRA:Willard, Elisio, Cufa, Mambucha, Edson, Fabrice (Rabino), Henriques, Reinildo (Nelito), Maninho e Mário e Gildo.

DISCIPLINA: Vermelho, por acumulação de amarelos, para Bony.

JOCAS ACHAR

 

O EMPATE a uma bola parece ser o resultado planificado entre os Ferroviários de Quelimane e da Beira. Pelo futebol pachorrento, pouco clarividente, falta de imaginação e criatividade para transformar em golos as oportunidades criadas deu a entender que houve um acordo de princípio de não “agressão” para não manchar o nome que as duas colectividades ostentam.

 

Os “locomotivas” visitantes tentaram ser mais astutos e dominaram no primeiro quarto. Reinildo, Maninho e Mário foram bastante perdulários e não conseguiram concretizar as oportunidades de golo. Enquanto isso, os “locomotivas” de casa tentaram afastar os fantasmas de maus resultados e optaram em defender mesmo sabendo de antemão que pelo seu posicionamento na tabela classificativa da prova, os últimos, precisam de mais emotividade, criatividade e mais esforço suplementar para desfeitear os seus adversários.

 

A maior perdida do jogo aconteceu a um minuto do final da primeira metade. Gildo recebe um passe do seu colega frente-a-frente com o guarda-redes dispara para as “nuvens”.

 

No reatamento da partida, esperava-se por maior explosão das equipas. Todavia, o cenário da partida foi o mesmo. Jogo pobre, muito longe de ser uma partida do Moçambola.

 

Mas numa das poucas jogadas de relevo do encontro, os quelimanenses adiantaram-se no marcador por intermédio de Henriques. Foi sol de pouca dura porque dez minutos mais tarde, os visitantes igualaram a partida por intermédio de Mário.

 

O árbitro, António Domingos esteve bem.

 

ÁRBITRO: António Domingos, auxiliado por Mário Albino e Raimundo Artur. Quarto árbitro: Domingos Manico.

 

FER. QUELIMANE: Sitoe, Budy, Txoro, Quaresma, Bill, Almeida, Muchanga (Belmiro), Bony, Henriques, Vovote e Delcio.

 

FER. BEIRA:Willard, Elisio, Cufa, Mambucha, Edson, Fabrice (Rabino), Henriques, Reinildo (Nelito), Maninho e Mário e Gildo.

 

DISCIPLINA: Vermelho, por acumulação de amarelos, para Bony.

 

JOCAS ACHAR

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.