Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Eva Nga devolve liderança ao Costa do Sol

EVA .jpg

 

Uma vitória de duas bolas sem resposta, no terreno do Têxtil de Púnguè, com dois golos de Eva Nga, a devolveram a liderança do Moçambola 2019 aos “canarinhos”, quando estamos a uma jornada do fim da primeira volta. Mas a luta pelo título de campeão de inverno será a doer, com quatro equipas na disputa.

Uma vitória do Costa do sol a valer a liderança do Moçambola 2019, a contratar com o Ferroviário da Beira, que perdeu o jogo e a liderança, na deslocação a Maputo.

Os “locomotivas” de Chiveve vieram a capital do país na qualidade de líderes da prova e, queriam a todo custo somar pontos para continuar na frente da prova. Mas duas falhas clamorosas da defensiva dos treinados de Lucas Barrarijo, nomeadamente aos 27 minutos, em que os jogadores mais recuados ficaram apáticos a espera de um pretenso fora-de-jogo e umas mãos de manteiga, de César Machava, aos 34 minutos, permitiram a Mabote, substituto de Sonito (lesionado) marcar os dois golos que deram a vitória à Liga Desportiva de Maputo e destronaram o Ferroviário da Beira da liderança. Os “locomotivas” de Chiveve ainda reclamaram uma grande penalidade inexistente e um golo bem anulado por fora-de-jogo de Andro, que dariam um outro resultado, numa partida com bom ajuizamento de Zefanias Chijamela. A turma de Maputo, com a vitória, sobe dois lugares e passa a ocupar a 7ª posição, com menos 3 pontos que o actual líder da prova.

Líder esse que volta a ser o Costa do Sol, maior beneficiado das derrotas dos mais directos oponentes da linha da frente, nomeadamente Ferroviário da Beira e União Desportiva de Songo, nas suas deslocações. Pese embora o “canário” tenha se deslocado a Chiveve, diante dos “fabris” conseguiu um voo muito alto, levantado pelo camaronês Eva Nga, que com dois golos, não só deu a vitória a sua equipa, como também consolidou a liderança na lista dos melhores marcadores, agora com 12 golos, a ultrapassar, inclusive, o melhor marcador de toda época passada.

A vitória do Costa do Sol não só deu a liderança a turma do Matchiki tchiki, mas também cimentou a posição de lanterna vermelha do Têxtil de Púnguè, que antes tinha a companhia do Baía de Pemba, e agora está sozinho na cauda.

Já a União Desportiva de Songo perdeu na deslocação a Chimoio, diante do Textáfrica, naquela que era um dos jogos mais importantes da jornada. Um golo de Dário, na entrada da segunda parte, justificou a chamada deste “baixinho” jogador aos Mambas, mas também recolocou os “fabris” do planalto na rota dos lugares cimeiros, agora acima dos “hiidroeléctricos”, com um ponto a mais, mas atrás dos “locomotivas” de Chiveve, embora com mesmo número de pontos, e do Costa do Sol, líder, que tem mais um ponto que o Textáfrica. Os “hidroeléctricos”, esses, perderam energia na véspera de um jogo importante. É que aproveitaram esta partida para fazer um treino para a competição africana do final de semana, diante do Simba da Tanzania, para a pré-eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões africanos, na edição 2019/2020.

 

Muito equilíbrio na frente e na cauda

Os resultados combinados da terça e quarta-feiras ditaram um cenário bastante apetecível na frente da tabela classificativa. É que o líder da prova, o Costa do Sol, soma 24 pontos, mas apenas um a mais que a dupla Ferroviário da Beira e Textáfrica do Chimoio, e mais dois que a União Desportiva de Songo. Mas há mais equipas a espreita da liderança, que conta com menos três pontos que o líder, nomeadamente o Ferroviário de Nacala, Clube de Chibuto e Liga Desportiva de Maputo, que podem ascender à liderança a qualquer altura.

Na cauda, com a fuga do Baía de Pemba da última posição, em troca com o anterior co-lanterna vermelha, o Têxtil de Púnguè passa a assumir essa posição de último classificado. Os “fabris” da Manga, que pelo confronto directo com os “baianos” estavam em vantagem quando somavam o mesmo número de pontos, agora estão sozinho, com 8 pontos, embora com possibilidade de voltar a fugir na última jornada, já a diferença com os dois penúltimos classificados é de apenas três pontos. Ferroviário de Nampula, agora treinado por Akil Marcelino, e Baía de Pemba, agora treinado por João Chissano, não estão tão longe do Têxtil de Púnguè. Mas este trio já sabe que ficará nas últimas três posições no final da primeira volta, uma vez que entre o 14ª posicionado e o 13º, o Maxaquene, há uma diferença de cinco pontos. Facto mesmo é que há diferença ligeira entre o 13º classificado, o Maxaquene, e o 10º, o Desportivo de Nacala, na luta pela fuga a despromoção, tendo em conta que este ano descem de divisão cinco equipas, actualmente ocupadas pelas equipas da ENH de Vilankulo, Maxaquene, Ferroviário de Nampula, Baía de Pemba e Têxtil de Púnguè.

Só mesmo a próximo, última, jornada, ditará quem será o campeão de inverno e as equipas que terminam a primeira parte do Moçambola 2019 na condição de despromovidos.

1. Costa do Sol Maputo    14    7    4    3    24:    12    25
2. Ferroviário da Beira    14    7    3    4    17:    10    24
3. Textáfrica Chimoio    14    7    3    4    13:    16    24
4. Uniao Desportiva de Songo    14    7    2    5    16:    12    23
5. Ferroviário de Nacala    14    6    4    4    16:    16    22
6. Clube de Chibuto    14    7    1    6    17:    14    22
7. Liga Desportiva de Maputo    14    6    4    4    12:    8    22
8. Desportivo Maputo    14    6    3    5    19:    11    21
9. Ferroviário Maputo    14    5    5    4    12:    9    20
10.Desportivo de Nacala    14    5    4    5    13:    12    19
11.Incomáti Xinavane    14    5    4    5    15:    16    19
12.ENH FC de Vilankulo    14    4    6    4    16:    19    18
13.Maxaquene Maputo    14    4    4    6    16:    17    16
14.Ferroviário de Nampula    14    2    5    7    11:    20    11
15.Baia de Pemba FC    14    2    5    7    7:    19    11
16.Têxtil do Punguè Beira    14    1    5    8    7:    20    8

Sab 10.08.19    Ferroviário Maputo        Maxaquene Maputo    
Sab 10.08.19    Desportivo Maputo        Liga Desportiva de Maputo    
Dom 11.08.19    Incomáti Xinavane        Textáfrica Chimoio    
Dom 11.08.19    Ferroviário da Beira        Ferroviário de Nacala    
Dom 11.08.19    ENH FC de Vilankulo        Baia de Pemba FC    
Dom 11.08.19    Costa do Sol Maputo        Ferroviário de Nampula    
Dom 11.08.19    Desportivo de Nacala        Têxtil do Punguè Beira    
--- --.08.19    Uniao Desportiva de Songo        Clube de Chibuto    

 

Fonte:Opais