Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

22.Nov.17

Estou disposto a voltar ao país

 

Há seis anos abandonou o futebol profissional, mas a sua frescura física denuncia outra coisa. Que o digam os que o viram a reluzir frente às lendas do Barcelona. Isso mesmo, Armando Sá ainda pode dar o ar da sua graça no nosso Moçambola, pena que esteja em outros projectos. 

 

O agora treinador está aberto a regressar à terra que o viu nascer, isso caso haja um projecto sério para abraçar. A vontade de transmitir a larga experiência que carrega fala mais alto, até porque o seu percurso não deixa nenhuma margem de dúvida quanto às suas capacidades.

 

Armando Sá atingiu os píncaros da sua carreira ao serviço do Benfica, clube pelo qual conquistou na época 2003/2004 a Taça de Portugal, tendo igualmente no mesmo ano sido considerando um dos melhores laterais dos “encarnados”.

 

Mais a sua carreira teve outras paragens, uma das quais Espanha, onde representou o Villareal. Ao serviço dos “submarinos” Sá conquistou a Taça do Rei. Ainda em Espanha o ex-internacional moçambicano vestiu a camisola do Espanhol de Barcelona, antes de rumar para a Inglaterra onde alinhou no Leads United, por sinal o emblema onde alinhou o ex-internacional sul-africano Lucas Radebe.

 

Destacam-se ainda as passagens pelo Rio Ave e Sporting de Braga (Portugal) e Sepanhan do Irão, sendo que neste emblema foi duas vezes campeão. 

 

Entre sonhos e projectos, Armando Sá fala abertamente daquilo que pretende no futuro, ocasião que serviu igualmente para fazer uma breve radiografia do futebol moçambicano, o qual considera que está num processo de evolução assinalável.

 

Texto de Ibraimo Assamo

 

 

Fonte:Desafio