Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

ENH FC, 0 - FER. MAPUTO, 0: Cumprimento do calendário

O NULO registado ontem entre o ENH de Vilankulo e o Ferroviário de Maputo, no reduto da primeira equipa, reflecte o que se passou nas quatro linhas, já que os intervenientes não fizeram mais do que um jogo de cumprimento de calendário, uma vez que ambas equipas praticamente definiram o seu posicionamento na pauta da classificação geral do Moçambola, edição 2016.

 

Entretanto, foram os anfitriões que nos primeiros minutos deram nas vistas, onde Paulo e Gimmy flanqueavam as jogadas, procurando meter Chijioke em cunha.

 

Mesmo sem muitas ambições, actuando mais com cautelas, os “locomotivas”, que estão a fazer uma ponta final bastante pálida, conseguiram controlar o jogo a partir do meio-campo, onde Sassi vigiava Amaras, o principal distribuidor do jogo do ENH.

 

Até porque o Ferroviário saindo esporadicamente tentou ameaçar os donos da casa e nesse momento Gito não foi suficientemente matreiro para introduzir a bola quando a defesa local, incluindo o guarda-redes Acácio, pararam alegadamente por um hipotético apito do árbitro, quando na verdade o sopro vinha das bancadas.

 

Na segunda parte os donos da casa quiseram dar ar da sua graça, pressionando e fazendo a bola rodar por diversas vezes na área de César Machava, que substituiu Germano, expulso por defender a bola fora da sua área. Chijioke, Eurico e Filipe tiveram ocasiões para marcar, mas César Machava foi buscar o esférico nas alturas, exibindo-se muito bem, tendo o jogo terminado sem abertura de marcador, um resultado considerado justo.Simões Guambe, árbitro do jogo, realizou um trabalho aceitável.

 

FICHA TÉCNICA.

 

ÁRBITRO: Simões Guambe, auxiliado por Inocêncio Virgílio e Baltazar Nhacumbe Quarto árbitro foi Pedro Fernando

ENH:Acácio; Vasil, Filipe, Campira e Sergito, Barnabas, Abilio, Gimmy (Tony), Paulo, Eurico, Amaras, (Moses) e Chijioke.

FERROVIÁRIO DO MAPUTO:Germano; Mambucho, Chico, Pauluane, Manucho (César Machava), Timbe, Sassi, Henrik, Mário, Edmilson e Gito (Calima).

DISCIPLINA: Amarelos para Mambucho (Ferroviário), Campira e Vasil (ENH).

 

VICTORINO XAVIER

 

 

Fonte:Jornal Noticias