Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Elas por lá (2)

stefania

 

Papelão, aliás, Stefâzia Chiziane está a mostrar os créditos com os quais atravessou o atlântico para singrar na terra dos sonhos: EUA.

A talentosa, “fininha” e explosiva basquetebolista moçambicano está a fazer a diferença na sua época de estreia, tendo sido nomeada semana passada como melhor jogadora da sua conferência.

Terça-feira, Papelão arrancou 25 pontos na vitória do Highland Community College frente ao Metropolitan Community College (83-78), atingido a melhor marca desde que chegou aos EUA.

Envergando a emblemática e inspiradora camisola 23, a moçambicana esteve muito bem nos lançamentos de campo com nove lançamentos convertidos em 14 tentados (64.3 %), quatro tiros exteriores certeiros em sete, três lançamentos livres convertidos em quatro tentados, duas assistências e cinco perdas de bola.

Aposta no cinco inicial, Stefânia Chiziane contabilizara 16 pontos, cinco ressaltos, seis assistências e cinco perdas de bola a 30 de Novembro, quando o Highland Community College venceu o Washburn University JV (89-77).

Com 100% de aproveitamentos nos lançamentos de campo (4-4) e tiros exteriores (3/3) e seis lançamentos livres convertidos em 14 tentados, Stefânia Chiziane foi um dos destaques da sua equipa que teve em Tuana Dinc a melhor marcadora com 21 pontos.

A 17 de Novembro, a basquetebolista da Matola liderou o Highland Community College com 20 pontos na vitória sobre o Colby Community College, por 70-56. Hoje, Chiziane volta a entrar em cena quando o Highland Community College bater-se com o Grand View Vikings.

Em oitos jogos, a basquetebolista moçambicana apresenta 46 lançamentos de campo concretizados em 77 tentativas (59.7 % de aproveitamento), doze lançamentos abertos certeiros em 20 tentados (60% de aproveitamento) e uma percentagem muito boa nos lançamentos livres de 63.9 %:  23/36.

Mas há mais nos dados estatísticos da vice-campeã nacional de basquetebol pelo Ferroviário das Mahotas: 28 ressaltos dos quais 11 ofensivos e 17 defensivos, 25 assistências e 23 “turnovers”.

 

Fonte:Opais