Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Criadas todas condições

 

FALTAM duas semanas para o arranque do Moçambola-2016, prova rainha do futebol nacional, e todas as condições estão criadas para o pontapé de saída a ser dado a 12 de Março na Vila do Songo, província de Tete.

 

O sinal verde para o arranque do Campeonato Nacional foi dado pelo presidente da Liga Moçambicana de Futebol (LMF), Ananias Couana. “Estamos programados para iniciar com a nossa principal prova, o Moçambola, no dia 12 Março. Devo garantir que as condições logísticas estão criadas para o transporte e alojamento das delegações dos clubes, árbitros e delegados dos jogos”, afiançou.

 

Couana, falando no decurso da Gala do sorteio do Moçambola-2016, defendeu que esta competição será ainda mais entusiasmante que as anteriores. “O Campeonato Nacional conta com 16 clubes e vai trazer maior competitividade e qualidade ao nosso futebol. Alegra-nos o facto de sabermos que os clubes estão a apetrechar seus plantéis e já estão no terreno à busca da forma ideal para encararem o Moçambola de maneira positiva e alcançarem os objectivos a que se propõem”, avançou.

 

Deixou uma palavra de apreço aos adeptos que a cada fim-de-semana dispensarão 90 minutos do seu rico tempo para acorrerem aos campos. “Quero dirigir uma palavra de apreço a todos os desportistas e adeptos fervorosos do Moçambola, que jornada-a-jornada, nos diferentes pontos do país, não poupem esforços e energia apoiando suas equipas e vibrando com a festa proporcionada pelo futebol”, tendo os tranquilizado que tudo está sendo feito para a criação de condições para que o Moçambola decorra sem sobressaltos.

 

Chamou ainda atenção para a preservação da verdade desportiva em todas as provas, em particular no Moçambola. “A verdade desportiva é a condição indispensável para o progresso do futebol de qualquer nação e Moçambique, seguramente, não é excepção. Nós continuaremos empenhados na busca da verdade desportiva, e convidamos aos dirigentes dos clubes aqui presentes para juntos abraçarmos esta nobre causa, que se traduz no nosso slogan de trabalho: “Por um Futebol de Qualidade Assente na Verdade Desportiva”. Concluiu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.