Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

03.Abr.14

Costa do Sol quer regressar à glória

O COSTA do Sol quer regressar aos tempos de glória que colocaram o clube como o mais ganhador do futebol nacional nos anos 90. Esta é a aposta de Amosse Chicualacuala, novo presidente da agremiação.

 

Os “canarinhos” estão à beira de completar uma década sem qualquer título, anualmente somam frustrações. Foi-se buscar dois treinadores estrangeiros ao longo do mandato de Augusto de Sousa Fernando, mas a situação não melhorou, até de certa forma pode se dizer que piorou.

De David Mandigora a Diamantino Miranda, foram frustrações e polémicas à mistura, resultados desportivos que são bons não aconteceram. É neste contexto que o presidente recém-eleito elege a reorganização desportiva como um dos seus “cavalos” de batalha.

 

Só organizados é que podemos voltar aos títulos. Apesar de ter sido eleito agora comecei a trabalhar com a direcção cessante no ano passado. Eu é que propus o regresso do “mister” Salvado ao clube e dos seus adjuntos, bem como a contratação de alguns jogadores. Penso que estamos a arrumar a casa, o plantel deste ano penso que é melhor do que o do ano passado e temos um treinador com créditos firmados”, avançou.

 

O novo homem forte do clube de Matchiki-Tchiki promete devolver a hegemonia do futebol moçambicano ao Costa do Sol e a participação assídua nas competições africanas, como aconteceu no passado.

 

Os “canarinhos” não participam nas provas da CAF desde 2010, ano em que disputaram as Afrotaças em virtude de terem sido finalistas da Taça Moçambique. Apesar da derrota na final da edição 2009, beneficiaram da “dobradinha” do Ferroviário de Maputo para jogarem a Taça CAF.

 

Em relação às modalidades, o novo presidente promete fortalecer as já existentes, resgatar as que nos últimos anos já não eram movimentadas e introduzir novas, para além de construir um pavilhão multiusos para as disciplinas de salão.

 

 

Fonte:Jornal Noticias