Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Conde está confiante que vai passar o Ngaya e defrontar o TP Mazembe

 

O Ngaya Club das Comores está completamente ao alcance da União Desportiva do Songo e o técnico declarou que está confiante que o sucedido em Moroni, onde a equipa falhou várias oportunidades de golo, não se repetirá, esperando que a sua equipa tenha maior concentração na altura de finalizar.

 

Ainda faltam noventa minutos para a confirmação da passagem do campeão nacional à eliminatória seguinte, mas pelo que foi visto em Moroni o adversário não terá capacidade para resistir a produção atacante dos treinados de Chiquinho Conde, na projecção do jogo da segunda mão contra o Ngaya Club das Comores em Moroni, mostrou-se esperançoso na passagem à eliminatória, considerando que os seus atletas vão finalizar da melhor maneira as oportunidades de golo que vão ser criadas no caldeirão do Chiveve.

 

Na primeira mão, a União Desportiva do Songo conseguiu marcar nos primeiros instantes do jogo, por intermédio de Hélder Pelembe, na sequência de um pontapé de canto. Nesse jogo, a equipa teve uma produção muito acima do adversário, mas falhou no momento da verdade. Recorde-se, que segundo os relatos da partida, o tempo foi passando e Chiquinho Conde, fase as circunstância teve que alterar as pedras do “xadrez” da sua equipa para poder dar mais volume ofensivo, mas ao mesmo tempo estancar o seu meio-campo, uma vez que o adversário, jogando em casa e galvanizado pelo apoio do seu público, poderia chegar ao golo.

 

E como se temia, o golo empate dos donos da casa surgiu quando o jogo caminhava para o fim para o desespero das hostes moçambicanas, que mesmo refrescando o ataque (trocando Hélder Pelembe por Mário Sinamunda), não conseguiu o almejado golo da vitória.

 

É exactamente por essa situação vivida em Moroni que Chiquinho Conde não quer a sua mais pressionante desde os primeiros instantes do jogo, mas também tranquila na altura em que os seus jogadores surgirem na zona de finalização.

 

Joca Estêvão

 

 

Fonte:Desafio