Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Cláudia Sumaia na final de senhoras

csumaia.jpg

 

A TENISTA moçambicana Cláudia Sumaia vai disputar, esta tarde, nos “courts” do Jardim Tunduru, com a namibiana Lesdi Jacobs, a final de singulares senhoras do Standard Bank Open, torneio que é jogado desde a semana passada e que terá o seu epílogo domingo.

 

Para chegar à final, Sumaia, que é actualmente a tenista com mais internacionalização e por sinal a número um no “ranking” nacional e da prova, eliminou nas meias-finais, disputadas ontem, a sul-africana residente em Maputo de nome Ohmar Fernandes, pelos parciais de 7/6 e 6/2. Antes, a jovem tenista afastou a namibiana Taimi Namishu, por 6/2 e 6/0, confirmando-se como principal favorita à conquista da prova com a premiação fixada em 10 mil dólares.

 

Enquanto isso, Lesdi Jacobs tirou da frente Marieta Nhamitambo, curiosamente campeã em título, pelos parciais de 6/1 e 6/0, e que era tida como uma das principais favoritas em virtude da presença limitada de estrangeiros.

 

TOP MOZAMBIQUE ENTRA NAS “MEIAS”

 

O Top Moçambique, competição dedicada aos moçambicanos participantes no Standard Bank Open, entra hoje nas meias-finais. A prova serve como uma espécie de consolação aos tenistas nacionais de sexo masculino, que, devido ao fraco nível competitivo, foram afastados precocemente do “Future I e II”, este último em curso.

 

Entretanto, Feliciano dos Santos e Josefa Simão, respectivamente campeão e vice-campeão nacionais, asseguraram ontem a presença nas meias-finais com as vitórias sobre Bruno Figueiredo (7/5 e 6/4) e Frank Sungate (6/1 e 6/2). Os restantes apurados saíram dos encontros Armindo Nhavene Júnior-Miguel Gonçalves e Isac Jorge-Chris-Buck.

 

Entretanto, disputam-se igualmente hoje os quartos-de-final do “Future II”. O português Frederico Silva, finalista vencido do “Future” um, e o burundês Hassane Ndayishimiye eram, até ao fim da tarde de ontem, os únicos apurados para esta fase. Os restantes apurados sairão das partidas Benjamin Lock (Zimbabwe)-Duncan Mugabe (Uganda) e Jay Clarke (Grã-Bretanha)-Matías Descotte (Argentina). Esta oferece, tal como o “Future I”, 10 mil dólares de premiação.  

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.