Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Campeão nacional busca rodagem no estágio na África do Sul

 

Costa-do-sol campeao.gif

 

Dez dias é o período em que a equipa do Costa do Sol irá ficar em estágio na vizinha África do Sul para preparar a época 2020. O conjunto partiu de autocarro, no último domingo, para Nelspruit, província escolhida para os trabalhos de pré-época.

Fonte ligada ao clube avançou que estão previstos quatro jogos – para dar rodagem ao grupo - com equipas da primeira e segunda divisão daquele país, sendo que há contactos feitos com as equipas, mas “porque estão em competições é preciso aferir a sua disponibilidade”, avançou a fonte para depois falar das equipas de Mbombela United FC, TS Sporting FC como opções.

A mesma fonte avançou, sem citar nomes, que está para breve a contratação de três jogadores estrangeiros - tendo avançado apenas as nacionalidades nomeadamente: malawiana, namibiana e liberiana - para fortificar o plantel, pois, lembre-se, a equipa perdeu dois jogadores preponderantes no esquema táctico de Horácio Gonçalves. São os casos de Eva Nga, melhor marcador do Moçambola 2019 com 24 golos – que foi ao Bidvest Wits da África do Sul, equipa da primeira divisão – e Chawa que “fugiu” para TS Sporting, formação da segunda divisão daquele país.  

 

“Caso Chawa” vai à discussão na sexta-feira


Trata-se de um golpe que o Costa do Sol não estava a espera. Como “O País” já havia noticiado, o internacional malawiano, Chawa “abandonou” o Costa do Sol e foi juntar-se ao TS Sporting, equipa da segunda divisão da vizinha África do Sul, onde está o moçambicano e central Chico, saído do Ferroviário de Maputo.

Segundo contou um responsável do clube, no ano passado, o jogador pediu melhoria de “condições” ao clube “canarinho” e como imposição, este exigiu que o jogador assinasse por mais tempo – dois anos – sendo assim, o médio ofensivo tinha um contrato que terminaria em 2021. Sucede porém, que o jogador “pulou a cerca” e abandonou o projecto “canarinho” depois de se ter sagrado campeão nacional na época passada.

Face a esse cenário, o clube de Matchiki tchiki emitiu um comunicado datado de 13 de Janeiro que dizia que “o clube tomou conhecimento, pelas redes sociais, que o atleta Chawangwa Jaonga, mais conhecido por Chawa, se encontra a treinar no clube TS Sporting, da segunda divisão da África do Sul. O Costa do Sol foi, mais tarde, contactado pelo clube sul-africano a pedir a libertação do jogador, de nacionalidade malawiana”.

E porque tanto o jogador assim como o clube sul-africano pontapearam os regulamentos da FIFA, os dois clubes acordaram negociar para acabar com a contenda. O encontro está previsto para esta sexta-feira na casa do Costa do Sol.

Lembre-se que Chawa foi determinante na conquista do título pelo Costa do Sol 12 anos depois e foi responsável por marcar 9 golos, tendo sido o terceiro melhor marcador da equipa, depois de Eva Nga e Isac.

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.