Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

15.Dez.17

Ataque aos “quartos” frente ao anfitrião

 

UMA vitória hoje, diante do Union Sportive Monastir da Tunísia, garante o apuramento do Ferroviário da Beira para os quartos-de-final da Taça dos Clubes Campeões de África de Básquete em seniores masculinos, na quarta jornada do Grupo “B”.

 

É em posição privilegiada que o Ferroviário da Beira se bate a partir das 15:45 horas com uma das formações anfitriãs, depois de nas últimas duas jornadas ter superado o Gombe Bulls da Nigéria e o ASB Mazembe da RD Congo, concorrentes directos na luta pelo apuramento aos quartos-de-final. Esta dupla vitória dá ao campeão nacional alguma primazia para que as restantes partidas da fase de grupos, já que mesmo perdendo hoje, frente ao Monastir da Tunísia, e amanhã frente ao Sport Libolo e Benfica, pode mesmo assim carimbar a passagem à fase seguinte, desde que os Bulls da Nigéria e o ASB Mazembe não vençam os restantes jogos, o que se advinha pouco provável. Sublinhe-se que nesta ronda os nigerianos defrontam o Sport Libolo e Benfica e os congoleses jogam com o GPS da Argélia, adversários de longe mais fortes.

 

O desafio diante dos tunisinos, que lideram o grupo com seis pontos após a vitória na quarta-feira diante do Sport Libolo e Benfica (77-72), serve, acima de tudo, para testar a capacidade dos treinados de Nazir Salé, que têm vindo a subir de forma jogo-a-jogo. Sem preparação prévia para competir na Taça dos Campeões, tendo sido repescado na condição de terceira melhor equipa da Zona VI, os beirenses estão a fazer uma boa prestação. A qualidade dos jogadores é inquestionável e o ritmo competitivo, aspecto que despertava mais preocupação, tem sido ultrapassado pela inteligente capacidade de gestão de Salé, a juntar a sua elevada experiência em competições internacionais. Agora diante do Monastir, que tem-se revelado a mais coesa do grupo, o Ferroviário da Beira vai procurar manter o mesmo espírito de entrega que o caracterizou nos últimos dois jogos, procurando bater o pé ao favorito.

 

O Grupo “A” é liderado pelo InterClube com seis pontos, a par da Association Sportive de Salé da Tunísia, que jogam entre si amanhã para a decisão de quem terminará na liderança.

 

 

Fonte:Jornal Noticias