Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

08.Ago.18

Afrobasket sub-18 inicia sexta-feira com título no horizonte de Moçambique

Sub 17

 

Arranca na próxima sexta-feira, na capital do país, Maputo, mais concretamente no pavilhão do Maxaquene, o Afrobasket sub-18, em femininos, prova que vai contar com a participação de oito selecções de todo continente. Trata-se das selecções de Moçambique, Mali, Angola, Egipto, Cabo Verde, República Democrática de Congo, Ruanda e Uganda, que procuram o mais almejado troféu da categoria de sub-18, em basquetebol feminino.

 

Para abordar este campeonato africano de selecções, a Federação Moçambicana de Basquetebol chamou a imprensa, esta segunda-feira, para falar da organização e objectivos do combinado moçambicano na prova.

 

Para o Seleccionador Nacional desta categoria, Leonel Manhique, três selecções estão a ser estudadas com mais atenção, em função do seu potencial e grandeza nesta modalidade e categoria, nomeadamente Angola, Mali e Egipto. Manhique fala destas três selecções que terão maior atenção. “No caso de Angola e Mali, vem agora do mundial de sub-17 e estão com outro nível do basket enquanto o Egipto é aquele selecção que sempre vai as finais nesta competição, incluindo as duas em que participamos e nós estamos a nos preparar, verdadeiramente, para atacar estas três equipas. Já temos vídeos das três selecções, principalmente estas duas que estiveram no mundial e já sabemos o que vamos apanhar e o que teremos que travar para ultrapassar estas selecções”, disse Leonel Manhique, ainda assim confiante que é possível vencer estas que são potenciais vencedoras da competição.

 

Para já, a selecção entrou para uma fase crucial de preparação desta competição, com treinos bi-diários nos pavilhões do Maxaquene e Desportivo. As 12 convocadas vão ser anunciadas na próxima quarta-feira e enquanto isso Leonel Manhique vai trabalhando com 18 atletas pré-convocadas.

 

Aliás, as atletas também se mostram confiantes em atingir o objectivo de terminar no topo da classificação, ou seja, nos primeiros três lugares, como forma de manter ou melhorar o terceiro lugar alcançado há dois anos. Suzy Cipriano disse que a equipa está bem preparada e com motivações elevadas. “Claramente que estamos preparadas para conseguir alcançar aquilo que são os nossos objectivos, que é melhorar a nossa classificação do último afrobasket”. Cipriano falou ainda da preparação do conjunto, tendo dito que “o ciclo de preparação é muito bom e sinto que a nossa equipa está a melhorar a cada treino que realizamos”, disse Suzy Cipriano, que integra a pré-convocatória da selecção sub-18, que prepara o afrobasket da categoria, que inicia próxima sexta-feira em Maputo.

 

Ambição da FMB é o título

 

Moçambique volta a estar na órbita dos jogos das selecções nacionais de sub-18 em basquetebol feminino e com horizonte no pódio. A ambição da Federação Moçambicana de Basquetebol, liderada por Francisco Mabjaia, é fazer ainda melhor que o terceiro lugar alcançado na edição passada. “Temos estado sempre no pódio, tal como aconteceu no último afrobasket, no Egipto, onde ficamos em terceiro. Mas certamente que não querer muito do que o terceiro lugar estando a jogar em casa e por isso estamos a sonhar com mais do que o terceiro lugar, mesmo reconhecendo que as outras selecções também se preparam para estar nos primeiros três lugares”, argumenta Francisco Mabjaia, num sonho de todo país.

 

O Presidente da Federação Moçambicana de Futebol apela a presença massiva do público no pavilhão do Maxaquene para apoiar a selecção de basquetebol sub-18 a conseguir o seu objectivo de chegar ao pódio do afrobasket que arranca próxima sexta-feira.

 

As selecções adversárias de Moçambique, bem como os oficiais da FIFA-Africa são esperados em Maputo amanhã quarta-feira.

 

Fonte:Opais