Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

10.Jul.18

FAÇO PARTE DA HISTÓRIA DO CLUBE E NÃO DO PROBLEMA, NEM DA SOLUÇÃO

rui tadeu

 

O ex-dirigente do Clube de Desportos da Costa do Sol, Rui Tadeu, aceitou quebrar o silêncio e falar do seu envolvimento no projecto que tinha por intenção rentabilizar os seus espaços, sobretudo. O também sócio canarinho analisou os momentos actuais da colectividade.

 

A conversa com Rui Tadeu iniciou contextualizando o assunto sobre o processo da tentativa da rentabilização dos espaços da colectividade canarinha como forma de alavancá-la e poder conhecer outros voos, depois de uma fase em que a equipa de futebol, sobretudo, ganhara tudo o que tinha a conquistar no plano interno, explicando os passos desde o princípio, lembrando que o Costa do Sol foi vítima das enxurradas do ano de 2000, período em que as suas instalações ficaram praticamente soterradas, declarando-se um estado de calamidade.

 

Daí o Costa do Sol tomou uma série de iniciativas de ressurgimento e beneficiou de uma série de apoios institucionais e clubes que se solidarizaram com a desgraça que o abalou, ajudando-o a se reerguer. Nesse ano,o Costa do Sol sagrou-se campeão nacional, que deu lugar à participação na Liga dos Campeões, com boa representação até à fase final de grupos. Criou-se uma estratégia de ressurgimento.

 

Foram procurados espaços alternativos em Marracuene e espaços de aluguer para o funcionamento do clube. Iniciou-se, nessa altura, o processo da remoção das terras que cobriam quase por completo as referidas instalações, conseguindo reativar o Matchiki-Tchiki e o campo de futebol. Mas isso só não bastava. O clube partiu para um plano-director com o envolvimento de empresas especializadas de arquitetura e construção, na altura a custo zero, mas com perspetiva de retorno à posterior.

 

Fonte:Desafio

10.Jul.18

RESULTADOS REFORÇAM IDEIA DE INVESTIMENTO A LONGO PRAZ

tenis1

 

O quinto lugar conseguido por Moçambique na sua quarta aparição no Davis Cup (fase africana), ou simplesmente Taça Davis, que decorreu recentemente em Nairobi, no Quénia, é um feito nunca antes conseguido pela Selecção Nacional Sénior Masculina de Ténis neste tipo de torneios internacionais de “grand slam” e retoma a ideia de que o investimento a longo prazo e a todos níveis é crucial, sendo que o ténis é uma modalidade individual onde os resultados são fruto de uma projecção e acompanhamento de talentos dentro e fora do país. A Selecção Nacional, composta por Franco Mata, Ercílio Seda, Jonas Alberto, Bruno Nhavene e também pelo “capitão” (treinador) Bruno Figueiredo, terminou em quinto lugar entre os 10 países africanos que integram o Grupo 3 da Zona Europa/África e melhorou significativamente o seu “ranking”.

 

Fonte:Desafio

10.Jul.18

MADEIRA JR. QUER LMB SUSTENTÁVEL

partida de basquete

 

António Madeira Jr. foi no último sábado reconduzido a presidente da Liga Moçambicana de Basquetebol (LMB), organismo que dirige desde finais de 2013.  Madeira foi apurado por aclamação pelos oitos clubes (Ferroviário de Maputo, Ferroviário da Beira, Costa do Sol, Maxaquene, Desportivo, Vaz Team, A Politécnica, Ferroviário de Nacala) que actualmente fazem parte da LMB, depois de nenhuma candidatura ter sido apresentada.

 

A assembleia-geral, inicialmente marcada para as 16.00 horas de sexta-feira, foi reprogramada para a manhã de sábado, devido a problemas que afecta(ra)m a companhia aérea de bandeira. A magna reunião tinha três pontos de agenda: relatório de contas de 2014-2017; eleição de uma nova Direcção; apresentação e discussão do calendário da Liga Nacional de Basquetebol.

 

Entretanto, apenas os dois últimos pontos foram avançados. A pedido dos clubes, o relatório de contas (2014-2017) foi protelado para discussão num dos dias de descanso do campeonato nacional, uma vez que os associonados não tiveram tempo suficiente para analisar o documento.

 

No mesmo dia o elenco ora eleito tomara posse. Liderado por Ilídio Caifaz, presidente da Mesa da Assembleia-Geral, o encontro contou com a presença de Francisco Mabjaia, presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB).

 

Curto e breve, Mabjaia disse que: – “Somos reconhecidos internacionalmente porque vocês (LMB) fazem muito trabalho. Quero saudar-vos pelos resultados alcançados. Como federação continuaremos a dar o nosso melhor e daremos toda assistência necessária. Que a competição corra da melhor maneira possível. Devo saudar ao Madeira por ter merecido a confiança dos clubes para mais um mandato”.

 

 

Fonte:Desafio

10.Jul.18

“Locomotivas” cruzam-se na Beira

locomotivas1

 

TRÊS encontros terão lugar esta tarde referentes à 16ª jornada em atraso do Moçambola-2018, que marca o arranque da segunda volta do certame. O destaque vai para o frente-a-frente entre os Ferroviários da Beira e de Nampula, no “caldeirão” do Chiveve.

 

Os “locomotivas” beirenses, que vêm de duas derrotas consecutivas, primeiro frente à Liga Desportiva na anterior ronda, e depois diante do Ferroviário de Maputo, em jornada atrasada da 14ª jornada, e que custaram a cabeça de João Chissano, buscam a paz com os seus adeptos e a recuperação do tempo e espaço perdidos. Já o Ferroviário de Nampula, que vem de uma derrota em Chimoio frente ao Textáfrica - o jogo era da 15ª ronda em atraso - pretende igualar-se aos “fabris” do planalto e ao Chibuto, ambos partilhando a terceira posição.

 

Porém, o Textáfrica pode repetir a proeza do fim-de-semana na recepção ao Ferroviário de Nacala, este que luta para sair dos escombros (é penúltimo classificado). Aliás, os “fabris” só pensam na vitória que pode colocar-lhes em pé de igualdade em relação à União Desportiva do Songo, actual segundo classificado. Mas isso só pode ser possível por um milagre, já que a UD Songo joga em Nampula com o Sporting local, “lanterna vermelha” do campeonato.

 

Lembrar que a 16ª jornada iniciou na passada quinta-feira, com o único jogo em adiantamento entre o Desportivo de Nacala e o Chibuto e que terminou com a vitória da segunda equipa, por 0-1. A 16.ª ronda fecha no dia 25 do mês em curso com a realização do jogo ENH-Liga Desportiva.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

09.Jul.18

“Locomotiva” sem combustível em Quelimane

locomotivas

 

ERA necessário um combustível mais oleoso para o Ferroviário de Maputo regressar de Quelimane com os três pontos na carruagem, porém o conjunto de Nélson Santos foi demasiado inflexível nos movimentos na hora de defender e acabou sendo penalizado por uma derrota tangencial, por 2-1, no consumar duma reviravolta inesperada,depois de Elias abrir as hostilidades no primeiro tempo.

 

Assim, o líder destacado do campeonato abriu possibilidades para os rivais se aproximarem, e, quicá, roubarem-lhe futuramente o precioso primeiro lugar.

 

No clássico da jornada, no Estádio Nacional do Zimpeto, o Maxaquene não facilitou e agravou a doença já prolongada do rival Costa do Sol, vencendo por 1-0, um jogo bem disputado. Quem viajou e regressa a casa com motivos para festejar é a UP Manica, que derrotou o Incomáti, em Xinavane, por 1-0, vencendo um dos importantes duelos pela permanência.

 

A 16ᵃ jornada prossegue amanhã, terça-feira, com a realização das partidas Ferroviário da Beira - Ferroviário de Nampula, Textáfrica- Ferroviário de Nacala e Sporting - União Desportiva do Songo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

06.Jul.18

UD Songo-Liga só esta tarde

udvscosta

 

O DUELO entre a União Desportiva do Songo e a Liga Desportiva de Maputo, inicialmente agendado para ontem e referente à oitava jornada, em atraso, passou para esta tarde por razões logísticas.

 

O jogo é de capital importância para as duas formações. A UD Songo, que está neste momento a duas vitórias do líder Ferroviário de Maputo e com mais um jogo em atraso, quer ganhar para poder estar mais perto dos “locomotivas”. Enquanto isso, a Liga Desportiva, também com um jogo a menos, quer estar mais próximo dos lugares cimeiros, o que passa por vencer esta partida.

 

Outros jogos de acerto do calendário realizaram-se ontem. O Maxaquene foi a Gondola empatar com a UP Manica sem golos, em jogo da 14.ª ronda.

 

O Chibuto foi a Nacala bater o Desportivo local por 1-0, em desafio antecipado da 16.ª ronda, que marca o arranque da segunda volta. O Textáfrica-Ferroviário de Nampula foi adiado para uma data a anunciar.

 

O destaque da 16.ª ronda vai para o clássico entre o Maxaquene e o Costa do Sol, no domingo, equipas que não se identificam com os lugares que actualmente ocupam na tabela classificativa. No meio, os “tricolores” precisam de vencer para subir alguns degraus. Abaixo do meio da tabela, os “canarinhos” buscam, por seu turno, conforto, já pressionados pelo Desportivo e Ferroviário de Nacala, mais o 1.º de Maio de Quelimane.   

 

Noutro encontro não menos interessante, o Ferroviário da Beira quer vingar-se da recente derrota na recepção ao homónimo de Nampula, também no domingo, com o objectivo de melhorar a sua pontuação. Mas essa tarefa não lhes será fácil, porque os “locomotivas” nampulenses já pensam nos lugares cimeiros.

 

Já o líder joga, no mesmo dia, em Quelimane com o 1.º de Maio local com o objectivo de consolidar a liderança, perante uns “operários” que procuram sair da cauda. O Incomáti recebe no domingo a UP de Manica, também à busca de sossego na classificação, enquanto o adversário luta pela saída dos escombros.

 

Os restantes jogos da 16.ª terão lugar na segunda, terça e quarta-feira. A começar, o Textáfrica recebe o Ferroviário de Nacala apostado nos lugares do pódio. Na terça-feira, a União Desportiva do Songo joga em Nampula com o Sporting local, “lanterna vermelha”. Por último, a ENH recebe a Liga Desportiva à busca do conforto. 

 

QUADRO DE RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO ACTUAL

 

                                    J          V         E         D         B         P

 

FER. MAPUTO        15        10        2          3          15-8     32

UD Songo                   13        8          2          3          18-13   26

Chibuto                       16        7          4          5          17-9     25

Fer. Nampula              14        6          4          4          19-15   22

Textáfrica                    13        5          7          1          13-10   22

L. Desportiva              13        6          3          4          13-11   21

Fer. Beira                    15        4          7          4          16-12   19

Maxaquene                  13        5          4          4          15-12   19

ENH                            15        5          4          6          9-13     19

Costa do Sol               15        4          5          6          9-8       17

Incomáti                      14        3          7          4          7-6       16

D. Nacala                    15        4          3          7          12-12   15

Fer. Nacala                  15        3          6          6          12-17   15

1.º de Maio                  15        4          3          8          10-18   15

UP Manica                  14        3          5          5          10-14   14

Sporting                      15        2          5          8          8-22     12

 

Fonte:Jornal Noticias

06.Jul.18

Arranca campeonato de hóquei

davide pimentel

 

ARRANCA esta noite o Campeonato de Hóquei em Patins da Cidade de Maputo com a disputa de dois jogos: Promessas do Desportivo-Desportivo JAT (19:00 horas) e Estrela Vermelha-Desportivo JAT (20:00 horas).

 

Nota para a inclusão de Promessas do Desportivo, um conjunto formado pelos juniores, que vêm dar corpo à competição, aumentando o núcleo “alvi-negro” para três, já que se junta ao Desportivo JAT e ao Desportivo Legends.

 

Ao todo, serão seis equipas que irão participar, sendo que a partida entre o Ferroviário e a Académica fica marcada para a próxima sexta-feira.

 

Segundo a Associação de Patinagem da Cidade de Maputo (APCM), apesar de haver três jogos por jornada, a ronda ficará sempre limitada a dois jogos, uma medida que visa permitir que os clubes que têm jogos dos juniores nas manhãs de sábado repousem os seus jogadores. Sublinhe-se que APCM tomou esta medida a pedido dos clubes.

 

A prova realiza-se no pavilhão do Estrela, sendo que a equipa da casa volta a ser candidata ao título. Só esta época, os “alaranjados” conquistaram a Supertaça e o Torneio de Abertura.

 

Fonte:Jornal Noticias

05.Jul.18

Kendal Manuel: há “gajos” bons na quadra

kedinho

 

Exibições fenomenais a superarem um improviso de quebrar o joelho. Uma, aliás, excepção num enredo com final dramático. Aos 20 anos, Kendal “Kedinho” Allen Manuel revelou-se mau na quadra. Mostrou, os números provam- no, que é um jogador com qualidade acima da média. Faltou sair com a aura de glória.

 

No primeiro contacto com a selecção nacional em provas oficiais, o extremo do Oregon State Beavers dos EUA, maravilhou em Dakar, Senegal, na segunda janela das eliminatórias para o Mundial de Basquetebol, prova a decorrer em 2019, no oriente: China.

 

Em três jogos, contabilizou 65 pontos, perfazendo, desta forma, uma média de 21.7 pontos/jogo, mesma marca que Jordan Nwora da Nigéria.

 

O “2” da selecção nacional superou Robison Udoch, “shooting guard” do  Uganda que terminou com 18.3 pontos, e Ikechu Somtochukwu,  “power forward”  da Nigéria, com 17.8 pontos/jogo.

 

Sexta-feira última, com 14 pontos, Manuel foi melhor cestinha da selecção nacional na derrota diante da Costa do Marfim, por 62-45.  

 

Em 23:19 minutos na quadra, o craque obteve 50 % de aproveitamento dos lançamentos de campo com 5/10.

 

Dois em dois lançamentos livres (100 %) e 2/5 tiros exteriores (60 %) são outros dados de Kendal Manuel.

 

24 horas depois, ou seja, no sábado, nova exibição assinalável. Inspiradíssimo, Manuel contabilizou 19 pontos em 39: 03 minutos na quadra.

 

O “shooting guard” concretizou seis em 17 lançamentos de campo (35.3 porcento), 4 em 4 lançamentos livres (100 porcento) e 3 em cinco lançamentos de dois pontos (60 %).

 

Kendal Manuel contabilizou ainda quatro ressaltos, igual número de “turnovers” e duas assistências.

 

Contra o Senegal, domingo, Kendal Allen Manuel fez estragos na quadra mas não evitou a derrota de Moçambique por 72-63.

 

No Marius Ndyeye, fez 32 pontos em 37:12 minutos em campo, concretizando nove em 20 lançamentos de campo (45%), nove em nove lançamentos livres (100 %) e cinco em nove tiros exteriores (55.6 %).

 

Um dado a ter em conta: Kendal Manuel não falhou nenhum lançamento livre: 17 concretizados em 17 tentados.

 

Em termos de lançamentos de campo, Kedinho obteve uma média de 42. 6 % e 38.5 % nos tiros exteriores. No que as assistências diz respeito, o seu registo foi de 1.7 por jogo e 4 ressaltos/jogo. Faltou sair com a aura de glória de Dakar, Senegal.

 

Kendal Manuel nasceu a 13 de Setembro de 1997. Filho de Paulo “Potolas” Manuel e Kody Hert.

 

Kedinho, como é carinhosamente tratado, escolheu o Estado do Oregon porque “parecia casa, família, atmosfera de companheiros de equipa e treinadores, e o apoio da comunidade ”, escreve o sítio do Oregon. A maior emoção até hoje é“ ganhar o campeonato estadual”.

 

Fonte:Opais

05.Jul.18

Tamara Seda no CD Zamarat da Espanha

TAMARASEDA

 

Está confirmado. Tamara Seda, basquetebolista de 24 anos, assinou contrato com o CD Zamarat da primeira divisão da Espanha.

 

Seda será a terceira basquetebolista moçambicana a evoluir na principal liga de basquetebol da Espanha, depois de Clarisse Machanguana (Barcelona) e Leia “Tanucha” Dongue (Gernika Bizkaia).

 

É uma jogadora de grande alcance e com uma boa capacidade a qual une uma qualidade inata para este desporto.


A jogadora nascida em Moçambique tem desenvolvido sua carreira nos Estados Unidos, na Universidade do Texas e El Paso, UTEP, tornando-se a estrela da equipa e levando as estatísticas do jogo. Com uma grande capacidade história de superar suas costas. Começou a jogar vólei até aos 17 anos, quando decide jogar basquetebol”, escreve o sítio do CD Zamarat.

 

Em entrevista ao ‘O País”, em Março, Tamara Seda disse em exclusivo que depois de ter representado o UTEP MINERS do Texas que o seu futuro passava pela Europa: “Não vou aqui comentar sobre o facto, mas dizer que sim já tenho e praticamente sigo para a Europa na próxima época, portanto, em finais de Agosto. Não posso adiantar o país porque isso está reservado à agência. Eles é que têm o direito de fazer a publicação em primeiro lugar e só depois é que eu posso informar aos demais”, disse na altura Seda.

 

Este ano, Tamara Seda fez a sua terceira época no basquetebol norte-americano, tendo-se destacado com média de 14.9 pontos, oitava melhor marca da “Conference USA” da NCAA da Division One, e 9.3 ressaltos/jogo.

 

Outrossim, Seda evidenciou-se com 13 duplo-duplos. A “rookie” no Afrobasket de 2017, em Bamako, Mali, fez parte da segunda equipa da “Conference Usa” como uma das melhores jogadoras.

 

Consistente, a talentosa basquetebolista moçambicana obteve um registo de mais de sete jogos com mais de vinte pontos.

 

A atleta já havia dado boas indicações na sua primeira aparição no Campeonato Africano de Basquetebol sénior feminino, terminando a prova média de 9.2 pontos e 8.6 ressaltos. Tamara Seda foi a segunda melhor marcadora da selecção nacional na competição.

 

Fonte:Opais

05.Jul.18

Estádio Municipal da Beira estará pronto dentro de 45 dias

ESTADIOBEIRA

 

Arrancou, esta quarta-feira, a colocação da relva sintética no estádio municipal da Beira. A primeira fase da infraestrutura devera estar pronta dentro de quarenta e cinco dias.

 

O estádio tem a capacidade para acolher 20 mil pessoas, mas numa primeira fase vai acolher cerca de oito mil espectadores.

 

O presidente do Conselho Municipal da Beira, Daviz Simango, diz que o município está a conseguir cumprir com o que foi planificado.

 

Estamos na fase crucial, estamos a conseguir cumprir com o calendário que nós planificamos, já começamos com o processo de colocação da relva sintética”, disse Simango.

 

Simango disse ainda que serão montadas quatro tores no campo com 16 mil watts cada “significa que vamos ter luz suficiente para pratica do desporto a noite”.
A inauguração do campo está prevista para o dia 18 de Agosto.

 

Fonte:Opais

Pág. 1/2