Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Ferroviário da Beira frustrou-me bastante

 

Depois de quatro épocas alternadas entre o Ferroviário de Maputo e o da Beira eis que Octávio Gregório Magoliço, de seu nome completo, abandona os campeões nacionais definitivamente para encerrar a sua careira nos homónimos de Maputo.

 

No seu regresso à capital o atleta desabafa: o Ferroviário da Beira abandonou-me quando mais precisava.

 

Após ter chegado ao Ferroviário da Beira em 2013, Magoliço ficou apenas duas épocas, tendo regressado para o Ferroviário de Maputo, seu clube de origem. Mas em 2016 regressou à capital provincial da Beira, onde no ano passado conquistou o seu segundo título ao serviço daquela colectividade, depois do canecão de 2014. Há duas semanas voltou a assinar por duas épocas pelos “locomotivas” de Maputo. Ao que diz, nunca mais representará o Ferroviário da Beira, e a sua carreira terminará mesmo no Ferroviário de Maputo, mesmo com garantia de que terá mais anos no basquetebol. A revelação foi tão profunda a ponto de o desafio procurar saber o que teria despoletado uma mágoa tão grande a um homem de 34 anos, 1,99m e 105kg.

 

– O que terá motivado o meu regresso ao Ferroviário de Maputo, primeiro, é que é uma casa que eu conheço muito bem e, segundo, o contrato com o Ferroviário da Beira terminou em Outubro. Na altura tinha adquirido uma lesão ao serviço da Selecção Nacional e não tive o apoio necessário do Ferroviário da Beira e isso deixou-me bastante frustrado e fez com que tomasse a decisão de não regressar,desabafou o internacional moçambicano, para depois prosseguir:

 

– E agora que estou na última fase de tratamento o Ferroviário de Maputo aproximou-se e mostrou que precisava dos meus serviços e aceitei. Neste momento estou a fazer a fisioterapia para poder ajudar o grupo a conquistar as provas que se avizinham,reforçou o poste/extremo, com sete participações em “Afrobaskets”.

 

Deanof Potompuanha

 

Fonte:Desafio

Não sou treinador de contratos

 

Abel Xavier defende que o trabalho da Selecção Nacional deve ser contínuo para que as gerações que despontam não se percam.

 

Vêm aí as eliminatórias para o CAN! Sente-se pressionado?

 

– A nossa pressão começou desde o primeiro dia que chegámos. Dizer que neste momento somos primeiros porque batemos a Zâmbia fora e o que vamos fazer é dar continuidade ao calendário com maior exigência. Contratualmente fixou-se um objectivo prioritário. Eu não poderia de nenhuma forma renovar o meu contrato sem ter um objectivo específico. Não sou treinador de ter contratos, eu sou treinador de ter objectivos. A partir do momento que eu acredito, e que quero que o povo acredite, com os indicadores que estabelecemos até agora é legítimo nas nossas ambições querermos lutar pela qualificação. 

 

Raimundo Zandamela/Jaime Machel

 

Fonte:Desafio

Queremos um lugar na China-2019

 

Em conferência de Imnpresnsa havida na última terça-feira, o presidendrte da Federação Moçamicana de Basquetebol, Francisco Mabjaia, confirmou Iñaki Garcia como Seleccionador Nacional sénior masculino, e com a missão de conquistar um lugar no Mundial da China-2019.

 

– Naturalmente tivemos que indicar a equipa técnica e o exercício não foi fácil, como devem imaginar, e com pouco tempo de preparação. Temos uma ambição enorme, pretendemos um lugar na China-2019, disse Mabjaia, para depois indicar o técnico.

 

–  Por isso tenho a honra de anunciar que a Selecção Nacional sénior masculina será treinada por Joseba Iñaki Garcia, um treinador sobejamente conhecido pelos moçambicanos, que conhece o basquetebol moçambicano e que já nos deu muitas alegrias. Garcia será coadjuvado por Milagre Macome e César Mujui.

 

Jogos da 1.ª eliminatória

 

23 de Fevereiro

Moçambique-Costa de Marfim (19.00h)

24 de Fevereiro

Moçambique-República Centro Africana (17.30h)

25 de Fevereiro

Moçambique-Senegal (17.30h)

Jogos da 2.ª eliminatória

29 de Junho

Moçambique-Costa de Marfim

30 de Junho

Moçambique-República Centro Africana

1 de Julho

Moçambique-Senegal

 

CONVOCATÓRIA BIPOLARIZADA

 

Eis os convocados:Ermelindo Novela, Nelson Jossias, Pio Matos, Manuel Uamusse, Baggio Chimondzo, Orlando Novela, Francisco Macaringue, Luís de Barros, Dércio Mhula, Inélcio Chire (Ferroviario de Maputo). Ayad Marques, Elves Honwana, Ismael Nurmamade, Custódio Muchate, David Canivete, Helton Ubisse (Ferroviário da Beira).

 

Deanof Potompuanha

 

 

Fonte:Desafio

Cape Town City poderá ser adversário do Costa do Sol

 

O Cape Town City poderá ser o adversário do Costa do Sol na próxima eliminatória da Taça CAF, na medida em que venceu sábado o Young Buffaloes da Suazilândia, por 1-0, em Mbabane, dando um passo importante para resolver a eliminatória em casa, no jogo da segunda mão.

 

A seguir disponibilizámos os resultados da primeira mão da pré-eliminatória da segunda maior competição de clubes de África, dos quais saltam à vista as goleadas caseiras do Petro Atlético de Luanda sobre o Masters Security, do Mali, por 5-0, bem como do El Masry do Egipto sobre o Green Buffaloes da Zâmbia, por 4-0.

 

El Masry, EGY-Green Buffaloes, ZAM (4-0)

Al Ittihad, LIB-Sahel, NIG (1-0)

Tanda, CMF-La Mancha, CON (0-0)

Energie Sports, BEM-Hafia, GUI (1-0)

Petro, ANG-Masters Security, MAL (5-0)

Mangasport, GAB-As Maniema, RDC (0-1)

New Star, CMR-Deportivo Niefang, GEQ (2-1)

Young Buffaloes, SWA-Cape Town City, RAS (0-1)

Costa do Sol, MOZ-Jwaneng Galaxy FC, BOT (1-0)

Bem Guerdane, TUN-Al-Hilal, SSU (3-0)

Olympique Star, BUR- Etoile Filante, BUR (0-0)

 

Ngazi Sport, COM-Port Louis, MAU (1-1)

 

Onze Createurs, MAL-Belouzdad,ARG (1-1)

 

Leopards, QUE-Fosa Juniors MAD

 

Simba, TAN-Gendermerie, DJI

 

Zimamoto, ZAN-Welayta Dicha, ETI

 

APR, RUA-Anse Reunion,SEY

 

Akwa United, NIG-Hawks, GAM

 

Asante Kotoko,GAN-CARA Brazzaville, CON

 

Africa Sports,CMF-Nouadhibou, MAU

 

Berkane, MAR-Mbour Petite Cote,SEN

 

Reginaldo Cumbana

 

 

Fonte:Desafio

UD Songo empata e Costa do Sol vence

 

A UNIÃO Desportiva do Songo empatou ontem, a um golo, com o Ngaya Club, das Comores, e o Costa do Sol venceu, sábado, o Galaxy, do Botswana, por um zero, em desafios da primeira “mão” da pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos e Taça CAF, respectivamente.

 

Na tarde de ontem, em Moroni, o campeão moçambicano entrou melhor no jogo e adiantou-se no marcador na primeira parte por Hélder Pelembe, na sequência dum pontapé de canto.

 

Na etapa complementar, a equipa anfitriã pressionou o conjunto moçambicano e foi premiada aos 85 minutos com o tento da igualdade. Todavia, a União Desportiva do Songo ganhou vantagem na eliminatória, a ser decidida em solo moçambicano, precisamente na cidade da Beira, no dia 21 de Fevereiro corrente.

 

Para a Taça CAF (Nelson Mandela), o Costa do Sol foi feliz nos instantes finais do jogo realizado no Estádio Nacional do Zimpeto, quando o avançado liberiano Terrence marcou o único golo da contenda, partindo igualmente em vantagem para o desafio decisivo a ter lugar também no dia 21, em Gaberone.

 

Caso consigam transitar para a primeira eliminatória, a UD Songo jogará com o TP Mazembe, da RDCongo, enquanto o Costa do Sol enfrentará o vencedor do jogo entre o Cape Town City, da África do Sul, e o Young Buffalos, da Suazilândia

 

Fonte:Jornal Noticias