Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

08.Jun.16

Karl Pitzer na pole position

 

A terceira prova (29 de Maio de 2016) de Karting ATCM-2016 não trouxe alterações, pelo menos nos Maxjuniores, no que liderança diz respeito. Karl Pitzer, que vem se destacando na liderança desde o início do campeonato, nesta terceira não cedeu à pressão exercida pelo actual campeão, Laher Maciel e, continua invicto na pole position do campeonato.

 

Nesta classe, uma das mais concorridas, o piloto que sempre ocupou o estatuto de vice-campeão nos campeonatos do ATCM, está determinado em fazer a diferença e ganhar, este ano, o troféu, cujo detentor, Laher Maciel, mostra indícios de fraca potência do seu motor.

 

Nos resultados provisórios da ­terceira prova, Karl Pitzer, na qual somou 105pts, vai se destacado no Campeonato com 253 pontos, uma vantagem de 25 e 31 pontos sobre Naomi Pitzer e Laher Maciel, que somam no total 228 e 222 pontos, respectivamente.

 

Na classe dos Maxterino A (7 a 13 anos) os resultados ainda não foram divulgados face ao protesto apresentado pela equipa que representa o piloto Rodrigo Almeida. A Comissão Desportiva prevê homologar os resultados esta semana.

 

Na outra serie (B) dos Maxternios – ascendentes dos cadetes –R­úben do Vale leva, vai na frente e na prova do último domingo, arrecadou 102 pontos contra 93 e 92 da ClaúdiaAugustin e Jussara Xavier que, completam o pódio. Rayan do Rosário e Santiago Cúper, em quarto e quintos lugares, somam 85 e 62 pontos, respectivamente.

 

 

Fonte:Desafio

08.Jun.16

Judoca Marlon Acácio nos Jogos Olímpicos-2016

 

O judoca moçambicano, Marlon Acácio, foi um dos escolhidos na quota africana para participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ainda que não tenha conseguido a sonhada qualificação.

 

A ida do atleta, que estava na rota do Rio’16, foi confirmada há dias através de um ofício da federação internacional da modalidade e esta acontece por este ser o mais cotado do país, situação similar aconteceu nas últimas edições com Edson Madeira (2008) e Neúso Sigauque (2012).

 

Entretanto, o Comité Olímpico de Moçambique espera que Rady Gramane, que também está na rota, possa ter mesma sorte que Marlon.

 

 

Fonte:Desafio