Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

09.Mai.16

Manjate e Dr. Cazé continuam na luta

 

Nalgum momento, chegou-se a falar da possibilidade de junção das duas listas concorrentes à direcção FMP – no fundo, são constituídas pelas mesmas pessoas –, mas nos últimos dias tem ficado cada vez mais claro que os candidatos à presidência continuam sendo dois: Nicolau Manjate, que termina seu primeiro mandato na Federação, e Carlos Sousa (Dr. Cazé), antigo vice-ministro da Juventude e Desportos. 

 

Neste momento, os dois vão apresentando, em diferentes fóruns, os seus projectos eleitorais, sabendo-se que Nicolau Manjate visitou clubes, Associação de Patinagem da Cidade de Maputo e interagiu com os núcleos províncias de Nampula e Zambézia, para além de ter falado com atletas, renovando a intenção de continuar com acções de formação.

 

Em relação ao seu manifesto, que é sustentado pelo lema “Patinar para o futuro e consolidação do hóquei”, Manjate destaca a formação a todos os níveis, mas com maior ênfase nos treinadores, juízes e atletas.

  

Por seu turno, Carlos Sousa (Dr. Cazé) e seus pares trabalham para garantir o apoio negado pelos praticantes da modalidade na AG do passado dia 27 de Fevereiro, altura em que os atletas prometeram boicotar a prática da modalidade caso este fosse eleito.

 

Entretanto, ao RM Desporto, Nkutumula defendeu a união da família do hóquei porque, na sua opinião, pode existir uma outra forma de participar na vida da Federação sem ser presidente.

 

A partir da próxima edição, desafiovai começar a acompanhar as campanhas dos candidatos à presidência da FMP.

 

 

 

Fonte:Desafio

09.Mai.16

Família de patinagem volta à mesa a pensar nas eleições

 

A Comissão de Gestão de patinagem, criada a 27 de Fevereiro passado, garante ter condições criadas para a realização, ainda este mês, duma Assembleia-geral Extraordinária com a finalidade de aprovar a alteração dos estatutos, assim como de eleição dos novos corpos gerentes da Federação para o quadriénio 2016-2020. 

 

Para que tal aconteça, Carlos Laice, que lidera a Comissão de Gestão da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), diz ter-se trabalhado na alteração dos estatutos e acreditava, até ao fecho desta reportagem, que o anúncio da convocatória da Assembleia-geral Extraordinária sairia, o mais tardar, até ao início desta semana.

 

Sem fornecer muitos detalhes, Laice revelou que até semana finda a Comissão trabalhava nos últimos detalhes da proposta de revisão dos estatutos da Federação Moçambicana de Patinagem e, praticamente, aguardava-se pela realização de um encontro para se apreciar o draft final, acto que seria seguido da marcação da data da Assembleia-geral Extraordinária, que poderá ser dentro de duas semanas.

 

Mas Carlos Laice não se mostrava em altura de garantir se a Assembleia-geral Extraordinária que deverá ter lugar, em princípio, em 15 dias, vai poder apreciar e aprovar os estatutos, bem como o regimento, para depois eleger a nova direcção.

 

- O que posso dizer é que estamos a trabalhar para ter eleições dentro dos 90 dias dados à Comissão, disse, para depois sublinhar que a nossa intenção é apreciarmos e aprovarmos as alterações propostas dos estatutos e, depois, realizarmos as eleições.

 

 

Fonte:Desafio

09.Mai.16

FMF não irá comparticipar nas despesas reclamadas pelos clubes

 

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) não irá comparticipar nas despesas de alimentação, alojamento e transporte, tal como era o desejo das equipas que tomarão parte no Campeonato Nacional da Divisão de Honra. No capítulo III do regulamento da prova, artigo 16, a FMF indica que esses encargos serão da inteira responsabilidade dos clubes concorrentes. 

 

O Campeonato Nacional da Divisão de Honra terá o seu arranque este fim-de-semana, mas apenas nas zonas sul e norte, sendo que não se sabe ao certo quando é que irá arrancar na zona centro, devido à tensão político-militar.

 

Numa decisão da FMF, os clubes viram gorar-se o desejo de a instituição comparticipar nas despesas de alimentação, alojamento e transporte, tal como os participantes haviam manifestado interesse aquando da realização do sorteio da prova, uma vez considerarem que não estão em condições de arcar com essas despesas devido à crise financeira que muitos deles enfrentam.

 

Pelo sim ou pelo não, a verdade é que este fim-de-semana a Divisão de Honra irá conhecer o seu pontapé de saída nas zonas sul e norte do país, não se sabendo quando é que a zona centro irá entrar em cena, muito por culpa daquilo que Isac Pedro, assessor de direcção da Federação Moçambicana de Futebol, considerou de falta de segurança devido à tensão político-militar.

 

 

Fonte:Desafio

09.Mai.16

Estrela Vermelha vence Maxaquene (3-2)

 

O Estrela Vermelha de Maputo recebeu e venceu o Maxaquene de forma surpreendente, por 3-2, na abertura da 8.ª jornada do Moçambola.

Em outra partida, o Ferroviário do Maputo e o da Beira não foram para além de um empate a zero.



Já em Vilanculos, o ENH venceu o 1.º de Maio de Quelimane por 2-0, o que leva a equipa de Vilanculos a liderar o campeonato de forma provisória, agora com 15 pontos.



A jornada completa-se no domingo com a realização dos seguintes jogos:


Chingale de Tete – União Desportiva de Songo;
Desportivo de Nacala – Liga Desportiva de Maputo;
Ferroviário de Nampula – Costa do Sol;
Chibuto FC – Desportivo de Niassa;
Desportivo de Maputo – Ferroviário de Nacala.



O ENH de Vilanculos está agora na 1.ª posição, com 15 pontos, contra os 14 do trio Liga Desportiva de Maputo, Ferroviário de Maputo e Ferroviário da Beira.

 

 

Fonte:Abola

09.Mai.16

Chibuto goleia Desportivo de Niassa (4-0)

 

 

Na conclusão, esta tarde, da 8.ª jornada do Moçambola, as honras vão para o Chibuto FC que recebeu e cilindrou o Desportivo de Niassa por 4-0, com golos de Shawa (1’), Christopher (67’) e Johane (85’ e 90’).


Destaque ainda para o Ferroviário de Nampula, que recebeu e venceu o Costa do Sol por 2-1, com golos de Dondo (48’) e Raul (88’). Parkim (23’) fez o único tento do Costa do Sol.

Outros resultados:

Estrela Vermelha – Maxaquene, 3-2
ENH de Vilanculos – 1.º de Maio de Quelimane 2-0
Ferroviário do Maputo – Ferroviário da Beira, 0-0
Chingale de Tete – União Desportiva de Sonho, 0-2
Desportivo de Maputo – Ferroviário de Nacala, 0-0
Desportivo de Nacala – Liga Desportiva do Maputo, 0-0


Liga Desportiva de Maputo, União Desportiva de Songo e ENH de Vilanculos lideram a classificação, com 15 pontos, seguidos por Ferroviário de Maputo, Ferroviário da Beira e Chibuto FC, com 14.
 
 
 
 
Fonte:Abola
09.Mai.16

Costa do Sol perde (1-2) com Ferroviário de Nampula

 

Na conclusão da oitava jornada do Campeonato moçambicano de futebol da 1.ª Divisão (Moçambola), as honras vão em grande parte para o Chibuto FC, que recebeu e cilindrou o Desportivo de Niassa (4-0), com golos de Shawa (1) Christopher (67) e Johane (85 e 90).



Outro dos principais destaques da ronda vai para o Ferroviário de Nampula, que recebeu e venceu o Costa do Sol, por 2-1, com golos de Dondo (48) e Raul (88) - Parkim (23) marcou o tento de honra do Costa do Sol.



Outros resultados

Chingale de Tete- HCB Songo , 0-2
Desportivo de Maputo-Ferroviário de Nacala, 0-0
Desportivo de Nacala-Liga Desportiva do Maputo, 0-0



Liga Desportiva de Maputo, União Desportiva de Songo e ENH de Vilanculos, ambos com 15 pontos, lideram a classificação.

 

 

Fonte:Abola