Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

26.Abr.16

Hasta la vista en Colômbia!

 

A Selecção Nacional de futsal carimbou, no Ellis Park Arena, o passaporte para a sua presença no Campeonato do Mundo a ter lugar na Colômbia em 2017. Este feito só foi conseguido na lotaria das grandes penalidades depois de as duas equipas terem empatado no tempo regulamentar.

 

 Missão cumprida! Objectivo alcançado. Lágrimas, gritos e euforia é o cenário que caracterizou o momento de êxtase vivido pela nossa selecção e não só, após garantir a sua presença no seu primeiro Mundial e por ter ocupado o terceiro lugar. Foram seis segundos que por um triz estragariam a nossa festa quando Enock marcou o golo de empate (5-5) obrigando Moçambique a decidir o resultado na lotaria de grandes penalidades. Aliás, há que frisar que foi com este mesmo conjunto que Moçambique empatou por 4-4, jogo este que garantiu a passagem do combinado nacional para as meias-finais.

 

Lembre-se que depois de ter perdido no jogo das meias-finais diante da formação do Marrocos (1-4), Moçambique tinha por obrigação ganhar e garantir o terceiro lugar para chegar à Colômbia. E fê-lo com muita garra e sacrifício. Palmas merecidas aos laboriosos jogadores que escreveram nas páginas da história do nosso país um feito inédito e que merece a devida atenção por quem de direito.

 

Moçambique entrou nesta partida determinada a ganhar desde os primeiros minutos embora a fadiga era algo notória dada a exigência e o nível competitivo que a algumas equipas demonstraram ao longo do campeonato.

 

O sacrifício a união foram factores determinantes que contribuíram para que os treinados  de Naymo Abdul conseguissem o apuramento o campeonato do mundo.

 

 

Fonte:Desafio