Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

30.Out.15

Clésio estreia-se pelo Benfica

 

O internacional moçambicano de 21 anos completados no passado dia 11 de Outubro, Clésio Baúque, contratado em 2012 pelo Benfica ao Ferroviário de Maputo, é a grande novidade no lote dos 21 jogadores convocados de Rui Vitória, treinador do Benfica, para o jogo desta sexta-feira (22.30 horas de Maputo) em que os encarnados defrontam o Tondela.

 

Esta convocatória marca a estreia de Clésio na equipa principal do Benfica sabido a aposta de Rui Vitória nas jovens promessas da formação.

 

Sem espaço na época passada, Clésio foi emprestado em 2014 ao Harrisburg City Islanders, dos Estados Unidos e nesta época vai-se destacando na equipa B do Benfica.

 

Fonte:Desafio

30.Out.15

Precisam-se gestores com formação desportiva

 

A VICE-MINISTRA da Juventude e Desportos, Ana Flávia Azinheira, instou os dirigentes desportivos da cidade de Nacala-Porto, a contratarem para os respectivos quadros administrativos agentes formados em gestão desportiva como forma de potenciar o factor humano que aquela região demonstrou ter em diversas modalidades.

 

Falando num encontro com dirigentes dos clubes Ferroviário e Desportivo, depois de a vice-ministra ter visitado algumas infra-estruturas desportivas e respectivas sedes, afirmou ter estado impressionada pela positiva o facto de constatar que em todos os recintos por onde passou assistiu uma movimentação de crianças a praticarem o desporto em diversas modalidades.

 

Fiquei surpreendida com este movimento desportivo que se regista aqui, sinónimo de que Nacala-Porto tem um enorme potencial humano para a prática do desporto em todas as modalidades, pelo menos em basquetebol, futebol, andebol, voleibol e atletismo. Pelo menos foi aquilo que constatamos, muita pequenada a competir, muito público a assistir, por isso, estão num bom caminhou,anotou Azinheira.

 

A governante advertiu que essa movimentação e dinâmica desportiva que encontro na cidade portuária de Nacala, deve ter uma visão integrada que inicia na base e o respectivo acompanhamento até à sua formação em atleta da alta competição, mesmo que assim não o seja, pelo menos foi um indivíduo que praticou desporto desde a tenra idade.

 

Nós não queremos ter no nosso desporto atletas que iniciam a sua carreira aos 17 anos e entra logo para alta competição, queremos jogadores que foram moldadas na sua modalidade, desde criança mas com pessoas que também foram formadas em diversas áreas desportivas, um factor a ter em conta,disse a vice-ministra.

 

Nesse sentido reiterou a necessidade de os clubes terem no seu quadro de pessoal, pessoas formadas em gestão desportiva, com o risco de continuarem a fazer o desporto de forma empírica, um desafio que deixa para os desportistas e dirigentes desportivos de Nacala-Porto.

 

Mesmo reconhecendo a dificuldade apresentada no encontro por alguns intervenientes relativas à falta de infra-estruturas desportivas, a vice-ministra congratulou-se pelo facto das poucas existentes em Nacala-Porto estarem a ser bem aproveitadas, tanto pelos clubes, escolas e bairros.

 

Fonte:Jornal Noticias

30.Out.15

Meias-finais de “colossos”

 

 

 

A POLITÉCNICA “A” e Ferroviário e Maxaquene-Costa do Sol são os jogos das meias-finais do Torneio de Basquetebol alusivo aos 20 anos da Universidade Politécnica agendados para esta noite e amanhã à tarde.

 

As meias-finais serão disputadas em dois jogos seguindo para a final as equipas que tiverem obtido vitórias mais expressivas. A primeira série realiza-se amanhã com um embate entre A Politécnica e Ferroviário, a partir das 18.30 horas, para de seguida medirem forças, às 19.30 horas, Maxaquene e Costa do Sol.

 

Ambos os jogos são dos melhores que há na capital do país, na medida em que reúnem os melhores colectivos, pelo que se perspectivam desafios bastante equilibrados.

 

Amanhã, sábado, Ferroviário e A Politécnica voltam a jogar às 15.30 horas e às 17.15 horas será a vez do Costa do Sol e Maxaquene repetirem o confronto.

 

A Politécnica “A” e Maxaquene chegam às meias-finais como líderes da série “A” e “B”, respectivamente, enquanto Costa do Sol e Ferroviário terminaram no segundo lugar.

 

Os encontros realizam-se no pavilhão da A Politécnica.

 

A final realiza-se no dia 7 e 14 de Novembro e será jogada no mesmo modelo das meias-finais, em dois jogos, vencendo quem vencer por mais pontos.   

 
 
Fonte:Jornal Noticias
 
30.Out.15

CALÓ E O JOGO QUE PODE FAZER DO FERROVIÁRIO CAMPEÃO - NÃO ESPERO FACILIDADES EM NAMPULA

FALTAM sensivelmente dois dias para rodar a última jornada do Moçambola-2015 e o ambiente começa a aquecer por fora. O facto de o Ferroviário de Maputo, um dos concorrentes ao título, a par do Costa do Sol, jogar em Nampula, com o seu homónimo, tem sido motivo de vários comentários, pois há quem diga que os nampulenses deixarão o clube “

 

” vencer.

 

Debruçando-se sobre o assunto, o treinador dos “locomotivas” da capital, Caló, afirmou não esperar vida fácil e que os seus rapazes terão de suar muito para ganharem a turma nampulense.

 

Não estamos à espera de facilidades nenhumas. Jogando com uma equipa tão boa como é o Ferroviário de Nampula penso que teremos de dar o máximo de nós para conseguirmos vencer o jogo. Penso que não podemos estar relaxados e os meus rapazes estão compenetrados no nosso objectivo”, disse, ajuntando que “vamos jogar com todas as nossas forças a ver se conseguimos sair de Nampula com os três pontos”.

 

Questionado sobre se iria alterar a forma de abordar os treinos durante a semana, Caló afirmou que “a nossa preparação será normal, dentro daquela que vínhamos fazendo. Não vamos mudar nada na nossa forma de actuar nos treinos”.

 

Fonte:Jornal Noticias

30.Out.15

SAMUEL CHICHAVA, TREINADOR-ADJUNTO DO CHIBUTO - QUEREMOS GANHAR

 

VÃO ver um Chibuto a jogar para vencer o Costa do Sol. Perdemos com este adversário na Taça BNI e queremos dar-lhe o troco”, disse Samuel Chichava, treinador-adjunto do Chibuto.

 

Acrescenta que a turma gazense, apesar de já ter garantido a manutenção, ainda tem outros objectivos. “Neste momento estamos em décimo e queremos melhorar a nossa posição na classificação final. Quem sabe terminar na nona ou oitava posição”, comentou.

 

Samuel Chichava diz que a partida com o Costa do Sol será atípica pelo facto de o adversário jogar pelo título. “Sabemos que o Costa do Sol vai procurar vencer a todo custo para ser campeão, mas faremos de tudo para não perder. Vamos fazer o nosso papel, optando por um jogo tranquilo”, sublinhou.

 

Fonte:Jornal Noticias

30.Out.15

NELSON SANTOS, TREINADOR DO COSTA DO SOL - VAMOS SER CAMPEÕES

 

TENHO a certeza de que vamos vencer o Chibuto e ser campeões. Estamos empenhados em ganhar. Vencer é o único desfecho que nos interessa, pois só desta forma podemos festejar o título”, Nelson Santos, treinador do Costa do Sol, confiante na festa “canarinha”.

 

Afirma que está a preparar o jogo ao detalhe. “Temos de vencer no detalhe. Vamos explorar todos os detalhes possíveis. Teremos de ter muita paciência, calma, certeza no último passe. Sabemos que o Chibuto vai jogar só por jogar e irá procurar defender-se. Pede-se muita concentração do nosso lado”, comentou.  

 

Nelson Santos é de opinião que a formação de Gaza é das mais bem estruturadas do campeonato. “Por norma é complicado jogar com o Chibuto. É uma equipa bem organizada e que trabalha bem em conjunto. Não esperamos um jogo fácil, independentemente de já ter a manutenção garantida”, disse.

 

O Costa do Sol parte para Chibuto amanhã de manhã e, à tarde, realiza um treino com a equipa na máxima força. “Não temos jogadores lesionados ou castigados. Estaremos na máxima força”, revelou.

 

Nelson Santos disse ainda que o jogo entre os Ferroviários de Nampula e de Maputo não lhe interessa em nada e o seu foco e dos seus jogadores centra-se apenas na partida entre Chibuto e Costa do Sol. “Não estamos preocupados com o que vai acontecer noutro jogo. Estamos focalizados no nosso jogo e escreve o que te digo: vamos ser campeões”, arrematou. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

30.Out.15

Ferroviário e Costa do Sol sob pressão intensa

 

HÁ dois jogos no final do Moçambola-2015 que saltam à vista. Trata-se do Ferroviário de Nampula-Ferroviário de Maputo e Clube do Chibuto-Costa do Sol.

 

Um desses desafios, a realizar-se na tarde de domingo (15.00 horas), sairá o campeão nacional, com os “locomotivas” e “canarinhos” a serem os únicos concorrentes. Os treinadores das quatro equipas, em declarações ao “Notícias”, manifestaram a vontade de se despedirem da mais importante prova futebolística nacional.

 

Portanto, Ferroviário e Costa do Sol, que jogam sob pressão, não terão vida fácil diante do Ferroviário de Nampula e do Chibuto, respectivamente. Nem o facto destes dois adversários terem garantido a manutenção servirá de pretexto para deixarem a “locomotiva” carburar e o “canário” sobrevoar a seu belprazer.

 

À entrada para a última jornada, Ferroviário e Costa do Sol estão empatados na liderança com 43 pontos.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

29.Out.15

GALA DO DESPORTO: Nove categorias em disputa

 

A QUINTA Gala do Desporto que terá lugar a 10 de Dezembro, na capital do país, contará com nove categorias por distinguir como os melhores do ano, destacando-se a introdução de duas especiais, nomeadamente prémio de alto prestígio e menções honrosas.

 

O facto foi dado a conhecer na tarde de terça-feira pelo director-geral do Instituto Nacional do Desporto (INADE), António Munguambe, implementador da iniciativa que é levada a cabo pelo Ministério da Juventude e Desportos, visando homenagear os que mais se destacam no país.

 

As categorias deste ano são Melhor Atleta Masculino, Melhor Atleta Feminino, Atleta Revelação, Melhor Treinador, Melhor Atleta Paralímpico, em ambos os sexos e o Atleta Mais Popular, Jornalista Desportivo do Ano (Imprensa escrita, Rádio e Televisão), ao que se junta ao Prémio Alto Prestígio e Menções Honrosas.

 

Estes dois últimos prémios, segundo Munguambe, seriam atribuídos a pessoas, clubes, federações, agentes económicos e outras instituições que tem tido um contributo assinalável para o desporto nacional.

 

O atleta popular será votado via mensagem telefónica “sms por qualquer cidadão interessado, sendo que as restantes categorias terão a votação do júri, que segundo a organização é composta por pessoas de reconhecido mérito no desporto e não só.

 

Para as Menções Honrosas e o Prémio Alto Prestígio, a votação será da exclusiva responsabilidade do Ministério da Juventude e Desportos.

 

A gala deste ano, segundo António Munguambe será associada aos 40 anos da Independência Nacional, tendo como lema “Unidade Nacional, Paz e Progresso”.

 

A cerimónia a ter lugar na noite de 10 de Dezembro terá três fases, nomeadamente a premiação dos atletas que conquistaram medalhas durante o ano em diferentes competições internacionais em que o país se fez presente, seguindo-se a distinção dos melhores do ano, culminando com o jantar.

 

Os medalhados nas competições internacionais serão premiados à luz da Lei do Desporto, portanto, de forma diferente dos que concorrem para melhores do ano.

 

A votação popular terá lugar de 10 a 20 de Novembro próximo, sendo que a reunião de júri para avaliar a eleição realiza-se a 26 do mesmo mês. O Atleta Mais Popular do Ano será votado de 16 de Novembro a 10 de Dezembro.

 

Refira-se que apenas o Melhor Atleta Masculino e Feminino do Ano é que terão prémio monetário. Os restantes irão receber certificados de mérito e estatuetas.

 

Refira-se que Juliano Máquina (boxe) e Leia Dongue (basquetebol) foram os melhores da última edição.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

29.Out.15

Guildo e Denise saem em branco

 

GUILDO Zacarias, nos 400 metros, T-13, e Denise das Dívidas, 200 metros, T-13, não conseguiram atacar as medalhas nos Campeonatos Mundiais de Atletismo Paralímpico que decorrem até sábado na capital do Qatar, Doha.

 

Guildo foi eliminado nas meias-finais, depois de ter ficado em quarto lugar, com um tempo de 52.99 centésimos. O moçambicano ficou atrás do americano Markeith Prince, que cortou a meta em primeiro lugar com 51.78 centésimos. Em segundo lugar ficou o russo Egor Sharov, com o tempo de 52.24 centésimos.

 

O pódio foi completado por Aleksei Labzin da Rússia, com 52.57 centésimos. Já a Denise das Dívidas teve um desempenho ainda mais pobre ao ficar em sétimo lugar nos 200 metros, T-13, na final, com 29.29 centésimos.

 

Longe da zona das medalhas, Denise viu a sul-africana Ilse Hayes cortar a meta em primeiro. Em segundo ficou a americana Kym Crosby, sendo que o pódio ficou completo com a marroquina Sanaa Benhama.

 

Guildo e Denise perderam desta forma a possibilidade da qualificação directa para os Jogos Paralímpicos que terão lugar próximo ano no Rio Janeiro, Brasil.

 

Aliás, chegar aos Jogos Paralímpicos é um dos principais objectivos de Moçambique desta competição.

 

Na terça-feira, recorde-se, a Edmilsa Governo ganhou bronze nos 400 metros, na especialidade de T-12.

 

Fonte:Jornal Noticias

29.Out.15

CONQUISTAS FAZEM-SE DE SACRIFÍCIOS - MANINHO

 

COMPARATIVAMENTE ao campeonato passado este foi mas desgastante a nível psicológico. Tivemos que estudar e preparar cada jogo ao mínimo detalhe”, disse.

 

Acrescenta que a equipa apresentou-se muito mais adulta. “As abordagens foram extremamente tácticas e cautelosas para não nos deixarmos surpreender. Houve sentido de equipa e só saímos a ganhar, pois o bloco foi único e impenetrável e o ataque foi demolidor”, afirmou, ajuntando que o único jogador do Estrela teve tantos golos como o Ferroviário.

 

Maninho, melhor marcador do campeonato, revela que o espírito de sacrifício esteve presente. “O principal segredo foi o espírito de sacrifício individual em benefício do colectivo. Estamos todos de parabéns”, referiu.

 

Fonte:Jornal Noticias

Pág. 1/11