Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

04.Dez.14

Grande expectativa à volta da cerimónia de abertura

 

 

GRANDE expectativa reina à volta dos Jogos Desportivos do SCSA, cuja cerimónia de abertura acontece hoje na cidade de Bulawayo. Espera-se que milhares de pessoas estejam presentes no estádio, que contará, em princípio, com a presença do Presidente do Zimbabwe, Roberto Mugabe, figura emblemática na região.

 

 

A delegação moçambicana só chegou na manhã de ontem a Bulawayo, depois de ter pernoitado nas fronteiras de Ressano Garcia na segunda-feira, e entre a África do Sul e Zimbabwe na terça. Apesar deste desgaste físico da viagem, os atletas moçambicanos reafirmam a sua prontidão na defesa da Pátria Amada, prometendo trazer medalhas de forma a dignificarem, mais uma vez, o país além-fronteiras.

 

 

Estes Jogos de Bulawayo-2014, no entanto, serão disputados por todos os países da região austral, nomeadamente África do Sul, Angola, Botswana, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, Seychelles, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

04.Dez.14

ESTOU CONFIANTE - JALIK TAVARES, NATAÇÃO

 

 

ESTOU confiante na vitória e na conquista de mais medalhas. Na natação queremos melhorar as marcas e estamos virados para o pódio.

 

 

Estamos suficientemente preparados para os triunfos, dada a dureza e intensidade dos treinos que tivemos nos últimos meses. Vamos ao Zimbabwe com o objectivo bem claro e temos todas as baterias viradas para estes jogos”, vincou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

04.Dez.14

TRABALHÁMOS PARA O SUCESSO- PAULO JORGE, BOXE

 

 

ESTAMOS a trabalhar para voltarmos com medalhas de Bulawayo. No boxe somos seis que vamos ao Zimbabwe e todos estamos apostados em voltar com uma medalha cada.

 

É a primeira vez que vou a estes Jogos, não sei o que pode acontecer, mas trabalhei bastante para evitar KO’s. Apesar de não ter experiência no SCSA participei em muitas competições, quer nacionais, quer internacionais, por isso penso que com um pouco de entrega em Bulawayo terei sucesso”, vaticina.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

04.Dez.14

ESPERO MELHORAR O DESEMPENHO - DEANA DA COSTA, TÉNIS

 

 

O MEU objectivo é melhorar os resultados dos jogos de 2012, e espero ficar entre os três primeiros classificados. Treinámos muito bem e estes (treinos) foram muito bons para nós.

 

Eu e a Cláudia estamos suficientemente entrosadas. Ficámos muito tempo juntas, quer nos treinos, quer nas concertações e isso nos confere mais confiança. Acredito que iremos trazer medalhas, mesmo com dificuldades”, realçou

 

 

Fonte:Jornal Noticias

04.Dez.14

Petizes exibem-se na Matola

CENTENAS de crianças participam no próximo sábado num Torneio Infantil a realizar-se na Matola, mais concretamente no bairro Hanhane (Parque dos Irmãos Maristas).

O evento é organizado pela Associação Comunitária de Futebol da Matola (ACFM) e contará com a participação de equipas oriundas de Boane e Mozal. Com início a partir das 10.00 horas, os jogos serão disputados em seis campos.

 

 

De acordo com a organização da prova, este torneio tem por objectivo ocupar as crianças nos tempos livres, evitando que estas se envolvam em maus vícios que infelizmente grassam a sociedade moçambicana, como por exemplo o uso de drogas, bebidas alcoólicas, entre outros males, além de servir para a descoberta de talentos. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

 

 

04.Dez.14

Zainadine confiante no “derby” madeirense

 

 

O “DERBY” da Madeira está à porta, a coincidir com o aniversário do Nacional, no dia 8, situação que acontece pelo segundo ano consecutivo. Na temporada passada o jogo foi nos Barreiros e saldou-se por um empate (2-2).

 

 

Esse encontro ainda está na memória de Zainadine. O moçambicano marcou aos 87 minutos e garantiu o empate para as cores preto e brancas, no seu primeiro e até agora único golo no futebol português. E se no “derby” de 2013/14 a equipa teve de contentar-se com a igualdade, desta vez o grupo quer dedicar ao clube um resultado vitorioso, para colorir os festejos dos 104 anos. “Ganhar o jogo é a melhor prenda que podemos dar”, aponta o defesa.

 

 

Na segunda época na Ilha da Madeira, Zainadine já entrou no espírito de rivalidade entre os dois clubes e sente que este é um jogo diferente de todos os outros no campeonato. “É sempre bom jogar contra o Marítimo, o nosso rival. Para este encontro há sempre motivação. É o que vai acontecer na segunda-feira. Vamos entrar motivados para sair com um bom resultado. Queremos dar essa alegria aos nossos adeptos”, revela.

 

 

FAVORITOS

 

 

O Nacional parte desta vez em desvantagem na classificação para o “derby” madeirense. Soma menos seis pontos do que o Marítimo e está cinco lugares abaixo na tabela. Nada que impeça o defesa de atribuir à sua equipa maior possibilidade de êxito. “Somos favoritos porque temos obrigatoriamente de ganhar. Vimos de um empate em Barcelos, que já foi um bom resultado. Agora jogamos em casa e vamos fazer tudo para a vitória não fugir”.

 

 

Zainadine reencontra a única equipa a quem já marcou em Portugal e admite que gostava de repetir o feito. “Se não for eu a marcar que seja outro colega. Ficarei satisfeito na mesma. O mais importante é a equipa ganhar”, refere.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

04.Dez.14

Antigos corredores competem no Zimpeto

 

 

ATLETAS que outrora fizeram furor nas pistas de atletismo juntam-se sábado no tartam do Estádio Nacional do Zimpeto para competirem, naquela que é apelidada como a grande festa dos veteranos.

 

 

Será a primeira vez que uma prova apenas de veteranos se realiza no país nos mais variados estilos: 100, 400, 800, 1500, 3000 e 5000 metros, e ainda nas provas técnicas de lançamentos de peso, disco e dardo.

 

 

Com efeito, as inscrições estão abertas e podem ser feitas no Parque dos Continuadores.Entretanto, os veteranos de atletismo entendem que só competindo e criando uma associação – grupo coeso –, tendo como cabeça de cartaz Lurdes Mutola, é possível apoiar a modalidade.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias