Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

16.Jan.13

PEMBA:Água do mar invade campo de futebol

AS águas do mar, que ano a ano vão consumindo o bairro mais antigo da cidade de Pemba, Paquitequete, sendo que nos últimos tempos tem vindo até ao campo de jogos daquele bairro, interromperam, domingo passado, o jogo da final do torneio de férias da autarquia.

 

Face a este cenário, a decisão do título foi adiada para o próximo fim-de-semana. Estavam jogados 68 minutos, numa partida que colocava frente-a-frente os Gregos de Paquitequete e o Botafogo de Ingonane. A enchente era memorável, entre os espectadores estava o presidente do município, Tagir Ássimo Carimo.

 

 

A água começou a alagar o campo, primeiro de forma quase inofensiva, para logo a seguir invadir com propriedade a metade do campo, numa altura em que o resultado favorecia o Botafogo (1-0).

 

 

Perante o insólito, o árbitro da partida interrompeu o jogo, por razões óbvias, mas, curiosamente, os adeptos da equipa da casa exaltaram-se sugerindo o seu prosseguimento, alegadamente porque a água ainda não tinha atingido a totalidade do pelado.

 

 

 No meio da confusão, a decisão mais racional vincou, nomeadamente interromper o jogo, fazer valer o resultado, de 1-0, a favor do Botafogo, ficando, porém, por concluir os restantes 22 minutos no fim-de-semana que vem.

 

 

O presidente da comissão organizadora do torneio, Salimo Vaz, confirmou que, entretanto, no dia anterior, sábado, o mesmo campo tinha acolhido um jogo, inserido na mesma competição, para o apuramento do terceiro e quarto classificados, Real Quente e Mahafil Islam, respectivamente.

 

 

O torneio, tal como foi dito, estava enquadrado no período de férias, que o bairro de Paquitequete tem sido o habitual e mais competente organizador, uma área residencial onde o futebol é vivido por quase todos os seus residentes, independentemente da idade e sexo.A incursão das águas do mar ao bairro de Paquitequete é quase secular, mas nos últimos anos tem atingido locais antes inexpugnáveis, o que leva a muitas cautelas lançadas tanto pelo Governo como por outras correntes, que pensam que a pouco e pouco o mar está engolindo o continente.

 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias