Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

13.Dez.12

Cinco ouros num só dia

MOÇAMBIQUE já soma 16 medalhas no total na sua participação na V edição dos Jogos do Conselho Superior do Desporto em África (SCSA). Só no dia de ontem conquistou cinco medalhas de ouro e quatro de prata.

 

Pita Rondão, nos 200 e 800 metros, na categoria de T-11, conseguiu a dobradinha, o mesmo acontecendo com Edmilza Governo nas mesmas especialidades, mas desta feita na classe T-13. Enquanto isso, Hilário Xavier amealhou o “ouro” nos 800 metros/T-12. O mesmo atleta conseguiu a “prata” nos 200 metros.

 

 

Anísio Cardoso nos 200 metros/T-13, Denise das Dividas, também nos 200/T-13, e Laurentina Matimbe nos 800/T-12, foram os outros atletas que conquistaram medalhas de prata.

 

 

Hoje, Moçambique ainda poderá conquistar mais medalhas, uma vez que Edmilza Governo e Hilário Xavier voltam a entrar em prova nas especialidades das quais são favoritos, os 400 metros, o mesmo acontecendo com Pita Rondão.

 

 

Entra igualmente em competição, já para o atletismo convencional a olímpica Sílvia Panguane na final dos 100 metros barreiras, depois de Crevo Machava ter ficado em quarto lugar na sua série das meias-finais e ter garantido o apuramento para a final dos 400 metros a realizar-se hoje.

Entretanto, hoje teremos ainda o basquetebol com a selecção masculina a cruzar-se com África do Sul nas meias-finais.

 

 

Os moçambicanos têm largas possibilidades de chegarem a final uma vez que vão defrontar um adversário aparentemente acessível.

 

 

Noutra meia-final, Angola vai bater-se com a Zâmbia. Caso Moçambique perca vai disputar, amanhã, o terceiro lugar, ou seja a medalha de bronze, contra o derrotado do Angola/Zâmbia. Caso ganhe já terá garantido a medalha de prata, mas a avaliar pelo decorrer do Torneio, tudo indica que a Selecção Nacional disputará a final com Angola no sábado.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

13.Dez.12

Desportivo-Maxaquene clássico de fortes emoções

REGRESSAM esta noite as emoções do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos com o desafio de luxo: Desportivo-Maxaquene a centrar às atenções da sexta jornada. O encontro realiza-se no pavilhão dos “alvi-negros” e tem início previsto para as 20:00 horas.

 

O encontro é de extrema importância para as aspirações das duas equipas, que à semelhança do Ferroviário de Maputo, lutam pelo título.

 

 

O embate será antecedido pelo não menos importante desafio entre o Costa do Sol e o Ferroviário da Beira agendado para as 18:00 horas.

 

 

A abrir a ronda, o Ferroviário de Maputo, líder da prova, mede forças, a partir das 14:00 horas, com a Soprotecção de Quelimane, numa partida que se augura fácil para os campeões nacionais. A seguir será a vez de Matolinhas e Universidade Pedagógica (UP) ombrearem.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

13.Dez.12

Semedo e Desportivo ainda em negociações

ARTUR Semedo ainda não renovou com o Desportivo, segundo deu a conhecer o presidente do clube “alvi-negro”, Michel Grispos.

 

De acordo com Grispos, decorrem negociações, havendo alguns pontos por aclarar no processo. Mas, de acordo com o dirigente, tudo leva a crer que Artur Semedo irá mesmo continuar a liderar as “águias”. 

 

 

Ainda estamos a finalizar o processo, mas espero que até sexta-feira (amanhã) fique concluído”, afirmou.

 

 

Questionado sobre o que estaria a provocar impasse para que Semedo renovasse, o presidente preferiu não entrar em pormenores, tendo adiantado apenas a concluir-se o contrato será de um ou dois anos.

 

 

O Desportivo disputa na próxima época o Campeonato da Cidade de Maputo, na sequência da sua despromoção.
Fonte:Jornal Noticias
13.Dez.12

Nacionais só em Janeiro

OS Campeonatos Nacionais de Natação só terão lugar na segunda semana de Janeiro, segundo o presidente da Federação Moçambicana da modalidade (FMN), Gilberto Mendes.

 

As provas que contarão com a participação de seis equipas, nomeadamente Golfinhos, Ferroviário de Maputo, Desportivo, Ferroviário da Beira, Tubarões e Centro Cultural do Banco de Moçambique, estavam inicialmente previstas para o corrente mês de Dezembro.

 

 

Os Golfinhos de Maputo são os actuais campeões nacionais em título.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

 

13.Dez.12

Liga cilindra “militares”

A LIGA Muçulmana de Maputo soma e segue no Campeonato Nacional de futsal que decorre em Chimoio, província de Manica. Depois da goleada, por 8-1, diante da Universidade Católica na segunda ronda, os “muçulmanos” voltaram a conseguir mais uma “chapa 8”, vencendo, desta feita, a Academia Militar de Nampula, por 8-0.

 

É sem dúvidas uma campanha arrasadora da equipa “muçulmana” que está a fazer jús a sua condição de candidato ao título.Noutras partidas, Abílio Antunes e Autoridade Tributária empataram a seis bolas, enquanto que a Computer Solutions goleou a Universidade Católica, por 7-1.

 

 

A prova prossegue hoje com a efectivação da quinta jornada, a última da primeira fase. A Liga Muçulmana mede forças com a Autoridade Tributária; Abílio Antunes defronta a Universidade Católica e a Computer Solutions terá pela frente a Academia Militar.Amanhã é dia reservado ao descanso. A prova retoma sábado com a realização das meias-finais. A final está prevista para domingo.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

13.Dez.12

Abudo Ussene anuncia candidatura à FMAND

O ACTUAL presidente da Associação Provincial de Andebol de Maputo, Abudo Ussene, anunciou recentemente em Maputo a sua candidatura à presidência da Federação Moçambicana da modalidade (FMAND).

 

Abudo avançou que o estágio latente em que se encontra a modalidade é o principal móbil da sua candidatura.

 

Pretendo melhorar um e outro aspecto que o actual elenco não está a conseguir levar a bom porto. Como todos vêem a modalidade está estagnada, não se faz sentir e eu quero tentar resgatá-la”, explicou.

 

 

O dirigente afirma que o actual elenco da FMAND já está fora do seu mandato. “Mas o que é certo é que o elenco actual já está fora do mandato desde o passado dia seis de Novembro passado”, avançou, realçando que o andebol precisa de ser encarado com uma nova mentalidade no país.

 

 

Refira-se que as eleições estavam inicialmente previstas para este mês, algo que não poderá acontecer por motivos organizacionais, mas, segundo fontes seguras ligadas à FMAND, o escrutínio deve realizar-se entre Janeiro e Fevereiro.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

12.Dez.12

Já temos cinco medalhas

AS modalidades individuais de judo e boxe estão a ser, até ao momento, a salvação de Moçambique nesta V edição dos Jogos do Conselho Superior do Desporto em África – Zona VI – ao conquistarem cinco medalhas, sendo uma de prata e quatro de bronze.

 

O judoca Narciso Matos bisou, conseguido mais uma medalha de bronze, na especialidade de livres, depois de o ter feito no domingo nos 60 quilos.

 

 

Porém, continua a ser Ana Madivate a mais credenciada dos Jogos, pois foi ela que conseguiu a medalha com maior quilate, depois de ter derrotado uma zambiana na primeira eliminatória e caído na final frente a uma sul-africana.

 

 

O boxe também entrou para o quadro de medalhados ao amealhar duas de bronze, por Alberto Matule, nos 64 quilos, e Lourenço Cossa, nos 69.

Os dois pugilistas foram afastados ontem da final, mas mesmo assim ficaram com bronze, uma vez que os derrotados na meia-final são galardoados com bronze.

 

 

Alberto Matule, que era a esperança dos moçambicanos, caiu diante dum zambiano, por 20-12, enquanto Lourenço Cossa, foi eliminado por um malawiano, por decisão do jurado, depois dum empate 11-11 no final do combate, decisão bastante contestada pelos presentes, uma vez que o adversário do moçambicano cometeu muitas faltas e ainda teve a protecção do árbitro já nos últimos instantes da peleja. Aliás, Lourenço esteve sempre em vantagem, mas no fim viu-se derrotado pelo júri.

 

 

Portanto, Moçambique continua em competição apenas em duas modalidades, nomeadamente basquetebol e atletismo.

Denice e Anisio medalhados

Denice pomba, na categoria de T13 e Anisio Cardoso na categoria de T11, ambos nos 100 metros para o atletismo adaptado, conquistaram na noite de ontem medalhas de prata e de bronze, respectivamente

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

12.Dez.12

Tswanas no caminho do Maxaquene e Liga

O MAXAQUENE e a Liga Muçulmana defrontarão equipas do Botswana na pré-eliminatória da Liga dos Campeões e na Taça CAF, respectivamente, determinou o sorteio realizado segunda-feira.

 

O campeão nacional, o Maxaquene, jogará, em casa, na primeira “mão”, com o Mochudi Chiefs do Botswana, enquanto que a Liga, vencedor da Taça de Moçambique, defronta o Gaberone FC, sendo que o primeiro encontro é fora de portas. Ambos os jogos ainda não têm data definida, mas sabe-se que devem realizar-se num destes dias 15,16 ou 17 de Fevereiro.

 

 

A história dos confrontos com os tswanas tem sido inteiramente favorável às equipas moçambicanas, pelo que o favoritismo recai sobre o Maxaquene e a Liga Muçulmana.

 

 

A última equipa moçambicana a medir forças com um oponente do Botswana foi o Costa do Sol, em 2010, na pré-eliminatória da Taça CAF. Os “canarinhos” eliminaram sem grandes dificuldades o Flamingo Santos, com um agregado de 5-1; 2-0, em casa, e 3-1, fora.

 

 

Contudo, importa salientar que o Maxaquene e a Liga representaram o país nas competições africanas no ano passado e tiveram uma prestação desastrosa, tendo sido eliminados logo na pré-eliminatória pelo Adema do Madagáscar e Zesco United da Zâmbia, respectivamente.

 

 

Caso transitem para a próxima eliminatória, o Maxaquene terá pela frente o TP Mazembe da República Democrática do Congo, o bicampeão africano. Já a Liga bater-se-á com o Lobi Stars da Nigéria, um adversário desconhecido, mas que merece todo o respeito pela força do país de que é proveniente.
Fonte:Jornal Noticias
12.Dez.12

Temos que nos preparar e depois pensar no adversário - Arnaldo Salvado, treinador do Maxaquene

ABORDADO pela nossa Reportagem à volta do adversário na pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, Arnaldo Salvado, treinador do Maxaquene,  mostrou-se preocupado com o facto de não ter um plantel definido para a próxima época, muito menos para as Afrotaças que arrancam em Fevereiro.

 

 

Segundo o técnico, Maxaquene tem pelo menos 12 jogadores em fim de contrato e até aqui a direcção ainda não se manifestou no sentido de renovar o compromisso com referidos atletas, que segundo Salvado constituem a espinha dorsal da equipa.

 

 

A minha maior preocupação neste momento não é com o adversário, é com o próprio Maxaquene que está à beira de perder muitos atletas em simultâneo. Internamente o clube não está bem, os dirigentes não se entendem, assim como os próprios adeptos andam divididos.

 

 

Estou deveras preocupado, apresentei um plano de trabalho à direcção, bem como a lista dos jogadores que quero que continuem, bem como de reforços, mas até aqui não tive qualquer resposta. Por outro lado, temos um presidente demissionário, por isso falar de Afrotaças a estas alturas é prematuro, estou como muito receio.

 

 

Salvado disse, entretanto, que não espera vida fácil perante o adversário, até porque é uma equipa bem estruturada e que já ganhou várias vezes o campeonato do Botsuana.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

12.Dez.12

Queremos fazer mais uma história pela liga - Litos, técnico da Liga Muçulmana

Se nas hostes “tricolores” o ambiente é de crispação, o mesmo não se pode dizer em relação aos “muçulmanos” que segundo o respectivo técnico, o português Litos, a expectativa é passar esta eliminatória para ver se consegue chegar à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol (CAF).

 

 

Vamos nos preparar da melhor maneira possível para não sermos surpreendidos por este adversário que mal conhecemos. Iremos tentar chegar à fase de grupos, para fazer mais uma história pela Liga, depois de vencermos a Taça de Moçambique. Estou ciente de que não será fácil, até porque em caso de passarmos vamos defrontar a seguir uma equipa nigeriana, mas enfim, não temos escolha, ditou o sorteio”, avançou.

 

 

Litos diz estar confiante na manutenção da espinha dorsal da equipa que conquistou a Taça, bem como na aquisição de alguns reforços.

 

 

Em relação a este adversário, tenho que dizer que nunca se deve subestimar oponentes, pois apesar de ser desconhecido, para estar nas Afrotaças óbvio que venceu alguma coisa, por isso iremos tentar estudá-lo até ao pormenor”, prometeu, para depois reiterar que chegar à fase de grupos é seu objectivo.
Fonte:Jornal Noticias

Pág. 1/4