Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Ainda sobre o Barcelona-Real: Diarra recusa ordem de Mourinho

NA “ressaca” da goleada sofrida no clássico, surgem imagens que podem comprovar um problema interno para José Mourinho resolver. O “Canal +” captou uma conversa entre o técnico português eDiarra Diarra, adiantando a possibilidade de o jogador se ter recusado a entrar.

 
 

Faltavam então apenas três minutos para a final da partida, e o Barcelona já vencia por 4-0. A verdade é que Mourinho acabou por não esgotar as substituições, mas uma fonte do Real Madrid, citada pelo “As”, garante que o técnico português e o médio maliano estavam apenas a discutir uma jogada do encontro de Camp Nou.

 

Fonte:Jornal Noticias

Chiquinho renova pelo Ferroviário

Chiquinho Conde.

 

Está, segundo apurou “O País”, previsto um substancial aumento salarial do técnico, bem como o prolongamento no tempo do vínculo que termina a 31 de Dezembro. Nesta negociação, o Ferroviário de Maputo tentará introduzir novas cláusulas nos contratos dos jogadores, de modo a precaver-se de algumas situações que o técnico julga imprescindíveis para a criação de um bom balneário.

 

O técnico confirmou, no programa “Ao Ataque” da Stv, que já se sentou à mesma mesa com a direcção do clube. Por outro lado, o técnico referiu não ter conhecimento de que alguns jogadores preponderantes irão abandonar o clube. “Mas tudo indica que, a não vão continuarem no clube, na devida altura, se tiverem coragem, esses jogadores vão falar. Todavia, se esses jogadores procuram melhores condições e  pretendem criar a sua própria independência, somente posso lhes desejar felicidades”.

 

Questionámos a Chiquinho Conde se, no caso de perder alguns jogadores preponderantes, não abordaria a época 2011 mais fragilizado. Peremptório, referiu que “ao longo  da minha carreira, como jogador e como treinador, aprendi uma coisa que os meus treinadores diziam: no futebol, só faz falta quem lá está. O Ferroviário de Maputo é uma grande instituição que  já ganhou muita coisa  sem eles  e, felizmente, com eles também. Se estes jogadores de que se fala saírem, certamente virão outros. Há sempre uma ligação umbilical. A vida é assim e nós vamos tentar colmatar com a entrada de outros jogadores”.

 

 

A alegada corrupção no futebol denunciada por Arnaldo Salvado foi outro tema abordado pelo treinador do Ferroviário de Maputo. “Reina muita suspeição no quadro competitivo e falo fundamentalmente do que vivo. Eu defendo que o Moçambola deve ser uma marca protegida. Temos que fazer uma melhor propaganda do futebol. Ao longo do campeonato, nunca falei das arbitragens. Eles são humanos, mas houve, de facto, árbitros que não poderiam apitar em determinada altura e, depois, apareceram sem ninguém explicar nada. Alguns árbitros auxiliares determinam grande parte dos jogos. Mas quem sou eu para os crucificar”, considerou.

 

Fonte:O Pais

“Estou a avaliar as propostas que me fizeram”

Dário Monteiro, que ficou cerca de oito meses sem jogar, devido a lesões que o assolaram na última temporada e pelo facto de não ter renovado com o Supersport United, é pretendido pelo 1º de Agosto de Angola e Desportivo de Maputo.
Dário Monteiro, avançado que se encontra sem clube

 

Apesar de não avançar nomes, o internacional moçambicano Dário de Jesus Monteiro, que se encontra sem clube por não haver renovado o seu contrato com o Supersport United, clube com o qual se sagrou campeão época passada, diz ter recebido propostas tanto de clubes estrangeiros como nacionais para representá-los próxima temporada. O “País” apurou, no entanto, que o Desportivo, clube que o projectou para o futebol profissional, está interessado nos préstimos do homem que marcou o golo que assegurou a qualificação dos Mambas para o CAN-2010 tendo, inclusive, feito chegar uma proposta ao mesmo.

 

O internacional moçambicano, porém, não abre o livro mas garante que, neste momento, “estou a fazer a apreciação das propostas e só em Janeiro de 2011 é que saberei qual será o clube que irei representar”, frisou, para depois acrescentar: “Olha, eu não posso, neste momento, adiantar com nomes, mas já tenho propostas de alguns clubes nacionais e estrangeiros que manifestaram interesse pelos meus préstimos”, concluiu. O Desportivo de Maputo, onde esteve a correr para ganhar forma, pretende juntar Dário Monteiro e Tico-Tico, dois jogadores formados nos “alvi-negros” que fizeram parelha no ataque dos Mambas nos últimos anos.

 

 

Perfil

 

 

Produto das escolas do Desportivo, Dário Monteiro transferiu-se em 1996 para o futebol profissional português, concretamente para a Académica de Coimbra. O internacional moçambicano tornou-se um dos jogadores mais importantes das equipas da primeira divisão de Portugal durante as cinco últimas épocas. Em 2003, Dário Monteiro conquistou um dos contratos mais lucrativos da sua carreira ao assinar um contrato com o Al-Jazira Clube dos Emiratos Árabes Unidos.

 

 

Fonte:O Pais

Mamelodi Sundowns de Dominguez não desarma

Platinum Stars, onde joga Miro, empatou domingo com o Golden Arrows, sem abertura de contagem O Mamelodi Sundowns, formação onde evolui o internacional moçambicano Dominguez, soma e segue na “Premier Soccer League”, Dominguez. Sábado, em desafio a contar para a nona jornada da prova, os “brasileiros”, como também são designados, receberam e venceram o Black Aces por 3-0.

 

Nesta partida, realizada no “Lucas Moripe Stadium”, Papi Zothwane esteve em destaque ao anotar dois golos (aos 69 e 73 minutos).

 

 Dominguez, segundo escreve o sítio da “Premier Soccer League”, fez um passe subtil para o perigosíssimo avançado Katlego Mphela inaugurar o marcador, aos cinco minutos da partida. Com esta vitória, o Mamelodi Sundows cimentou a liderança da prova agora com 21 pontos, mais quatro que o Kaizer Chiefs, segundo classificado.

 

Fonte:O Pais

Desportivo regressou ontem à tarde ao país

O Desportivo de Maputo, que no passado sábado  se sagrou vice-campeão  africano de clubes a nível de seniores femininos, desembarcou à tarde de ontem no Aeroporto Internacional de Maputo. Lembre-se que esta equipa moçambicana esteve na Tunísia onde, de 19 a 27 de Novembro, tomou parte na XVI Edição do Campeonato Africano de Basquetebol de Clubes em seniores femininos.
 

Ainda que não tenha conquistado o tão almejado título de campeão africano de basquetebol a nível de seniores femininos, algo que se acontecesse seria pela terceira vez na sua história, o Desportivo de Maputo teve uma recepção calorosa por parte dos seus adeptos, no Aeroporto Internacional de Maputo, onde desembarcou esta segunda-feira por volta das 16h00. 

 

 

Afinal, as “alvi-negras”, que perderam na final com a Interclube de Angola por 77-63, dignificaram o país ao conquistarem a medalha de prata, numa situação em que apresentaram a equipa mais jovem da prova.        Nazir Salé disse que, mesmo sem ganhar o título, se sentia satisfeito pelo facto de ter ocupado a segunda posição e pela qualidade competitiva que a equipa evidenciou.

 

 

.

 

 

Recorde-se que o Desportivo de Maputo conquistou esta prova em 2007, em Maputo, e 2008, em Nairobi, Quénia.

 

Crescêncio José

 

 

 

Fonte: Opais

Pág. 2/2