Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Maradona treina Argentina

DIEGO Armando Maradona é o novo seleccionador argentino, sucedendo a Alfio Basile.

Riquelme
Segundo a agência noticiosa “Efe”, o antigo internacional, campeão do mundo em 1986, reuniu-se ontem com o presidente da federação local, Julio Grondona, confirmando o acordo no final do encontro. Para além de Maradona, da equipa técnica farão também parte Sergio Troglio e Carlos Bilardo.

“Estou mais que bem, satisfeito e muito tranquilo”, disse Maradona sobre a reunião com Grondona, na qual marcou presença o antigo seleccionador Carlos Bilardo, que será director-geral da selecção albiceleste.

O eterno “número 10” da Argentina adiantou que lhe caberá a si escolher e treinar os jogadores, embora sob supervisão de Bilardo, com a ajuda de um grupo de outros treinadores e do preparador físico Fernando Signorini.

Bilardo treinou “El Pibe” nas campanhas que levaram os argentinos ao título mundial no México-86 e à final perdida no Itália-90, em ambos os casos defrontando a Alemanha no jogo decisivo.

“A responsabilidade não pode ser de uma só pessoa e estamos a estudar se continua o sistema de um só técnico ou se o alteramos”, tinha declarado Grondona, sublinhando que os treinadores não podem durar dois ou três jogos, conforme os resultados.

Maradona admitiu que o líder da AFA manteve conversações com Bilardo antes de o contactar directamente e que terá sido o seu antigo treinador a “abrir o caminho” para a sua designação.

Alfio Basile abandonou o comando técnico da selecção a 17 de Outubro devido a “razões pessoais”, disse na altura Ernesto Cherquis Bialo, porta-voz da federação. Dieguito não demorou muitas horas a oferecer-se para o posto: “Não se esqueçam de mim”, gritava na manchete online do diário “Olé” no mesmo dia. “Chegou a hora de aqueles que em 1986 deram uma alegria a toda a Argentina terem uma oportunidade”, clamou o astro.

Basile, de 64 anos, tornou-se alvo das críticas na Argentina após a derrota na qualificação rumo ao Mundial-2010, frente ao Chile (0-1). O desaire colocou os argentinos em dificuldades para aceder ao “Mundial” da África do Sul, apesar de ainda faltar muito para jogar.

A equipa de Di María está em terceiro lugar com 16 pontos (4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas), atrás de Paraguai (23) e Brasil (17).

Maradona treina Argentina

DIEGO Armando Maradona é o novo seleccionador argentino, sucedendo a Alfio Basile.

Riquelme
Segundo a agência noticiosa “Efe”, o antigo internacional, campeão do mundo em 1986, reuniu-se ontem com o presidente da federação local, Julio Grondona, confirmando o acordo no final do encontro. Para além de Maradona, da equipa técnica farão também parte Sergio Troglio e Carlos Bilardo.

“Estou mais que bem, satisfeito e muito tranquilo”, disse Maradona sobre a reunião com Grondona, na qual marcou presença o antigo seleccionador Carlos Bilardo, que será director-geral da selecção albiceleste.

O eterno “número 10” da Argentina adiantou que lhe caberá a si escolher e treinar os jogadores, embora sob supervisão de Bilardo, com a ajuda de um grupo de outros treinadores e do preparador físico Fernando Signorini.

Bilardo treinou “El Pibe” nas campanhas que levaram os argentinos ao título mundial no México-86 e à final perdida no Itália-90, em ambos os casos defrontando a Alemanha no jogo decisivo.

“A responsabilidade não pode ser de uma só pessoa e estamos a estudar se continua o sistema de um só técnico ou se o alteramos”, tinha declarado Grondona, sublinhando que os treinadores não podem durar dois ou três jogos, conforme os resultados.

Maradona admitiu que o líder da AFA manteve conversações com Bilardo antes de o contactar directamente e que terá sido o seu antigo treinador a “abrir o caminho” para a sua designação.

Alfio Basile abandonou o comando técnico da selecção a 17 de Outubro devido a “razões pessoais”, disse na altura Ernesto Cherquis Bialo, porta-voz da federação. Dieguito não demorou muitas horas a oferecer-se para o posto: “Não se esqueçam de mim”, gritava na manchete online do diário “Olé” no mesmo dia. “Chegou a hora de aqueles que em 1986 deram uma alegria a toda a Argentina terem uma oportunidade”, clamou o astro.

Basile, de 64 anos, tornou-se alvo das críticas na Argentina após a derrota na qualificação rumo ao Mundial-2010, frente ao Chile (0-1). O desaire colocou os argentinos em dificuldades para aceder ao “Mundial” da África do Sul, apesar de ainda faltar muito para jogar.

A equipa de Di María está em terceiro lugar com 16 pontos (4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas), atrás de Paraguai (23) e Brasil (17).

Hóquei em patins:Prepara-se Torneio Fernando Adrião

Prepara-se Torneio Fernando Adrião
FERNANDO Adrião é o nome do torneio internacional que, em princípio, na próxima semana deverá fazer vibrar os corações de centenas de adeptos de hóquei em patins espalhados pela capital do país.

Perspectiva-se o reviver dos grandes momentos de hóquei, que na decáda oitenta colocaram a modalidade na ribalta com a vinda a Maputo de grandes equipas portuguesas, nomeadamente o Benfica e Sporting, e ainda as selecções de Portugal e Itália, aquando da preparação da Selecção Nacional para o “Mundial” no México em 1986.

Maputo, Quarta-Feira, 29 de Outubro de 2008:: Notícias

Para o torneio em alusão, que levará o nome do melhor jogador de todos os tempos, Fernando Adrião, cinco vezes campeão do mundo e quatro da Europa, entre outros títulos, espera-se a participação de seis selecções, nomeadamente Moçambique, Angola, Estados Unidos, Austrália, África do Sul e Colômbia, sendo que esta última é a única que confirmou a sua presença.

Os restantes países poderão confirmar ainda esta semana o convite formulado pela Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), até porque Nicolau Manjate, recentemente eleito vice-presidente para relaçòes públicas e porta-voz da FMP, viajou ontem para África do Sul, onde voltará a repisar o desejo de ver as referidas selecções tomarem parte na prestigiosa prova. Sublinhe-se que esta semana arrancou o “Mundial” do Grupo “B”, em Joanesburgo, África do Sul, onde à excepção de Moçambique e Angola (no Grupo “A”) estarão presentes as outras selecções, pelo que esta é uma boa oportunidade para a cidade de Maputo voltar a albergar uma competição internacional.

PAVILHÀO DO ESTRELA EM REABILITAÇÃO

No sentido de garantir uma prova sem sobressaltos, o Comité Organizador da Prova, que tem como chefe, Abel Guita, afiançou que ainda esta semana o pavilhão do Estrela Vermelha será alvo de obras de reabilitação do parquet, que segundo o dirigente, necessita de alguns retoques.

“Ainda esta semana os técnicos estarão a fazer algumas obras de renovação do parquet nas áreas mais critícas. Este é um pavilhão que não é necessário aprimorar muito, visto que as tabelas e o tecto, algo que nos preocupava, está em boas condições”, disse.

No que diz respeito ao alojamento, Guita referiu que os contactos com algumas unidades hoteleiras já se iniciaram, devendo esta situação ficar resolvida no decorrer desta semana.

Com todos os condimentos a serem trabalhados ao pormenor, Guita mostrou-se muito animado e confiante no seucesso do torneio, que de acordo com ele, servirá para testar o poder organziativo do país, que recentemente foi o escolhido para acolher o “Mundial” do Grupo “A” em 2011, bem como de preparação da Selecção Nacional para o Campeonato do Mundo, que se realizará na Espanha. Aliás, os trabalhos de preparação da selecção iniciaram-se na semana passada, e da melhor maneira, já que conquistaram o Torneio de Pretória.

LISTA DOS CONVOCADOS

DESPORTIVO - Arnaldo Queiroz, Bruno Pimentel, David Pimentel, Nuno Tavares, Bernardino Bettencourt, Wilson Sigalette e Nelson Costa

FERROVIÁRIO - Hélio Canda, Spiros Esculudes, Ivan Esculudes, Nelson Miquessene, Dário Mascarenhas, Ilidio Canda e Hélder Costa

ESTRELA - Nuno Canaveira e Hélder Mateus

DO ESTRANGEIRO (PORTUGAL): Nuno Adrião, Paulo Pereira, Júlio Soares e Bruno Adrião

Hóquei em patins:Prepara-se Torneio Fernando Adrião

Prepara-se Torneio Fernando Adrião
FERNANDO Adrião é o nome do torneio internacional que, em princípio, na próxima semana deverá fazer vibrar os corações de centenas de adeptos de hóquei em patins espalhados pela capital do país.

Perspectiva-se o reviver dos grandes momentos de hóquei, que na decáda oitenta colocaram a modalidade na ribalta com a vinda a Maputo de grandes equipas portuguesas, nomeadamente o Benfica e Sporting, e ainda as selecções de Portugal e Itália, aquando da preparação da Selecção Nacional para o “Mundial” no México em 1986.

Maputo, Quarta-Feira, 29 de Outubro de 2008:: Notícias

Para o torneio em alusão, que levará o nome do melhor jogador de todos os tempos, Fernando Adrião, cinco vezes campeão do mundo e quatro da Europa, entre outros títulos, espera-se a participação de seis selecções, nomeadamente Moçambique, Angola, Estados Unidos, Austrália, África do Sul e Colômbia, sendo que esta última é a única que confirmou a sua presença.

Os restantes países poderão confirmar ainda esta semana o convite formulado pela Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), até porque Nicolau Manjate, recentemente eleito vice-presidente para relaçòes públicas e porta-voz da FMP, viajou ontem para África do Sul, onde voltará a repisar o desejo de ver as referidas selecções tomarem parte na prestigiosa prova. Sublinhe-se que esta semana arrancou o “Mundial” do Grupo “B”, em Joanesburgo, África do Sul, onde à excepção de Moçambique e Angola (no Grupo “A”) estarão presentes as outras selecções, pelo que esta é uma boa oportunidade para a cidade de Maputo voltar a albergar uma competição internacional.

PAVILHÀO DO ESTRELA EM REABILITAÇÃO

No sentido de garantir uma prova sem sobressaltos, o Comité Organizador da Prova, que tem como chefe, Abel Guita, afiançou que ainda esta semana o pavilhão do Estrela Vermelha será alvo de obras de reabilitação do parquet, que segundo o dirigente, necessita de alguns retoques.

“Ainda esta semana os técnicos estarão a fazer algumas obras de renovação do parquet nas áreas mais critícas. Este é um pavilhão que não é necessário aprimorar muito, visto que as tabelas e o tecto, algo que nos preocupava, está em boas condições”, disse.

No que diz respeito ao alojamento, Guita referiu que os contactos com algumas unidades hoteleiras já se iniciaram, devendo esta situação ficar resolvida no decorrer desta semana.

Com todos os condimentos a serem trabalhados ao pormenor, Guita mostrou-se muito animado e confiante no seucesso do torneio, que de acordo com ele, servirá para testar o poder organziativo do país, que recentemente foi o escolhido para acolher o “Mundial” do Grupo “A” em 2011, bem como de preparação da Selecção Nacional para o Campeonato do Mundo, que se realizará na Espanha. Aliás, os trabalhos de preparação da selecção iniciaram-se na semana passada, e da melhor maneira, já que conquistaram o Torneio de Pretória.

LISTA DOS CONVOCADOS

DESPORTIVO - Arnaldo Queiroz, Bruno Pimentel, David Pimentel, Nuno Tavares, Bernardino Bettencourt, Wilson Sigalette e Nelson Costa

FERROVIÁRIO - Hélio Canda, Spiros Esculudes, Ivan Esculudes, Nelson Miquessene, Dário Mascarenhas, Ilidio Canda e Hélder Costa

ESTRELA - Nuno Canaveira e Hélder Mateus

DO ESTRANGEIRO (PORTUGAL): Nuno Adrião, Paulo Pereira, Júlio Soares e Bruno Adrião

“Nacional” de ténis de seniores: Apurados primeiros semifinalistas

OS tenistas Isac Jorge, de Maputo/província e vice-campeão de singulares homens, Feliciano dos Santos e Jonas Alberto, ambos de Maputo/cidade, asseguraram, segunda-feira, a presença nas meias-finais do Campeonato Nacional de Ténis de Seniores, isto em masculinos, que é disputado desde sábado último nos “courts” do Jardim Tunduru, na capital do país

Jonas Alberto e Eldorado Dabula num frente-a-frente
Em femininos, destaque vai para a regressada veterana Laura Nhavene, que é a melhor tenista que Moçambique já teve e que se exprimiu fora de portas. Pelos préstimos conseguidos nas últimas edições do Torneio mCel do Clube de Ténis de Maputo, Laura Nhavene apresenta-se como forte candidata ao título. Aliás, já venceu nesta prova algumas das melhores tenistas e com margens esmagadoras.

As meias-finais de masculinos realizam-se esta sexta-feira nos “courts” do Centro Cultural do Banco de Moçambique, na cidade da Matola. O grande ausente em singulares homens é o campeão em título, Ataíde Sucá, que se encontra nos Estados Unidos de América.

Em singulares senhoras, destaca-se a transição automática de Kiara Maher para a final, face à ausência de algumas tenistas inicialmente inscritas, casos de Narcisa Nhamitambo, que se encontra doente.

Kiara Maher foi assim bafejada pela sorte e, em consequência disso, disputará pela primeira vez a final da mais importante prova do ténis nacional, e é provável que se cruze com a veterana Laura Nhavene.

Nhavene defrontará, nas meias-finais de amanhã, a vencedora da partida de ontem entre Geórgia Marshal e Ercília Edmundo.

Grandes ausentes em singulares senhoras desta edição são a campeã e vice-campeã, nomeadamente Palmira Intipa, de Nampula, e Teresa Viana, da cidade de Maputo, o que pressupõe o surgimento de uma nova campeã nacional. Palmira Intipa não viajou para Maputo, por razões desconhecidas, enquanto Teresa Viana foi eliminada nos quartos-de-final por Kiara Maher. Narcisa Nhamitambo, finalista de há dois anos, é também uma das ausências mais notáveis.

“NACIONAL” SEM DETENTORES DE TÍTULOS E COM UM FINALISTA

A ausência dos campeões em títulos em ambos sexos já é motivo para atiçar a vontade que paira entre os tenistas que já deram passos no campeonato e se vêem na possibilidade de ganhar as provas nas quais participam, casos de Isac Jorge, que tem sido um finalista assíduo.

Mas pode ver a sua sorte gorada, pois na disputa do título estão tenistas como Jonas Alberto, o tenista que se destacou em princípios de 2000, que também já se encontra nas meias-finais. Jonas Alberto esteve muito tempo na vizinha África do Sul a estudar.

António Sábado, outro mais destacado tenista dos últimos tempos, está igualmente à espreita e disputa esta tarde (14.00 horas) a transição para as “meias” com Eldorado Dabula. Feliciano dos Santos é outro tenista a contar com ele na luta pelo título de homens.

“Nacional” de ténis de seniores: Apurados primeiros semifinalistas

OS tenistas Isac Jorge, de Maputo/província e vice-campeão de singulares homens, Feliciano dos Santos e Jonas Alberto, ambos de Maputo/cidade, asseguraram, segunda-feira, a presença nas meias-finais do Campeonato Nacional de Ténis de Seniores, isto em masculinos, que é disputado desde sábado último nos “courts” do Jardim Tunduru, na capital do país

Jonas Alberto e Eldorado Dabula num frente-a-frente
Em femininos, destaque vai para a regressada veterana Laura Nhavene, que é a melhor tenista que Moçambique já teve e que se exprimiu fora de portas. Pelos préstimos conseguidos nas últimas edições do Torneio mCel do Clube de Ténis de Maputo, Laura Nhavene apresenta-se como forte candidata ao título. Aliás, já venceu nesta prova algumas das melhores tenistas e com margens esmagadoras.

As meias-finais de masculinos realizam-se esta sexta-feira nos “courts” do Centro Cultural do Banco de Moçambique, na cidade da Matola. O grande ausente em singulares homens é o campeão em título, Ataíde Sucá, que se encontra nos Estados Unidos de América.

Em singulares senhoras, destaca-se a transição automática de Kiara Maher para a final, face à ausência de algumas tenistas inicialmente inscritas, casos de Narcisa Nhamitambo, que se encontra doente.

Kiara Maher foi assim bafejada pela sorte e, em consequência disso, disputará pela primeira vez a final da mais importante prova do ténis nacional, e é provável que se cruze com a veterana Laura Nhavene.

Nhavene defrontará, nas meias-finais de amanhã, a vencedora da partida de ontem entre Geórgia Marshal e Ercília Edmundo.

Grandes ausentes em singulares senhoras desta edição são a campeã e vice-campeã, nomeadamente Palmira Intipa, de Nampula, e Teresa Viana, da cidade de Maputo, o que pressupõe o surgimento de uma nova campeã nacional. Palmira Intipa não viajou para Maputo, por razões desconhecidas, enquanto Teresa Viana foi eliminada nos quartos-de-final por Kiara Maher. Narcisa Nhamitambo, finalista de há dois anos, é também uma das ausências mais notáveis.

“NACIONAL” SEM DETENTORES DE TÍTULOS E COM UM FINALISTA

A ausência dos campeões em títulos em ambos sexos já é motivo para atiçar a vontade que paira entre os tenistas que já deram passos no campeonato e se vêem na possibilidade de ganhar as provas nas quais participam, casos de Isac Jorge, que tem sido um finalista assíduo.

Mas pode ver a sua sorte gorada, pois na disputa do título estão tenistas como Jonas Alberto, o tenista que se destacou em princípios de 2000, que também já se encontra nas meias-finais. Jonas Alberto esteve muito tempo na vizinha África do Sul a estudar.

António Sábado, outro mais destacado tenista dos últimos tempos, está igualmente à espreita e disputa esta tarde (14.00 horas) a transição para as “meias” com Eldorado Dabula. Feliciano dos Santos é outro tenista a contar com ele na luta pelo título de homens.

Campeonato de Karts da Cidade de Maputo: Norberto Varinde virtual campeão

Pilotos partem para a posição de arranque
O PILOTO Norberto Varinde Júnior, dos Max Júnior, confirmou sábado a supremacia na categoria, destacando-se pela sexta vez consecutiva no Campeonato de Karts mcel da cidade de Maputo, numa prova em que foi igualmente detentor da “pole position”, com o melhor tempo cronometrado nos treinos, deixando novamente atrás o campeão em título, Cristian Bouché.

Norberto Varinde tornava-se assim virtual campeão, relegando definitivamente os seus opositores ao segundo plano, casos de Manuel Brazuna, seu mais directo perseguidor, e que nesta última prova teve um mau arranque que lhe comprometeu ao longo do restante percurso da prova.

Tudo indicava que Varinde podia fazer a festa de campeão do escalão na última prova, face à vantagem que detinha sobre Brazuna, e foi apenas uma questão de confirmação, pois o seu sério opositor vacilou de início, facilitando que o talentoso piloto chegasse outra vez ao pódio.

A hegemonia de Norberto Varinde foi se notabilizando com o andar do tempo, o que é justificado pelo facto de ter estado sempre melhor nos treinos cronometrados ocupando sucessivamente a “pole position”.

A grandeza de Norberto Varinde torna-se mais evidente quando se tiver em conta que o célebre piloto não deixou espaço para que os seus rivais apresentassem argumentos, com mais incidência para o então campeão em título, Cristian Bouché, que tentou redimir-se na última prova, mas em vão. Cristian Bouché obteve o segundo melhor tempo cronometrado nos treinos, mas não conseguiu impor-se na competição.

Enquanto isso, continua em aberto a disputa do título nos Max Challenge e GP Júnior, onde a luta pelo título foi submetida à última prova, que se realizará a 9 de Novembro. Nesta prova, o título poderá ficar nas mãos de Conor Hughes, que vem evidenciando maior poderio nesta classe, em que tem sofrido grande rivalidade de Luís Moreira, apesar da considerável vantagem que detém. Redimiu-se da queda na anterior prova, vincando a sua supremacia.

Acontece o mesmo nos GP Júnior, onde Aidan Hughes e Fredie Nunes são candidatos, apesar da significativa margem de vantagem com que o actual líder conta.

Campeonato de Karts da Cidade de Maputo: Norberto Varinde virtual campeão

Pilotos partem para a posição de arranque
O PILOTO Norberto Varinde Júnior, dos Max Júnior, confirmou sábado a supremacia na categoria, destacando-se pela sexta vez consecutiva no Campeonato de Karts mcel da cidade de Maputo, numa prova em que foi igualmente detentor da “pole position”, com o melhor tempo cronometrado nos treinos, deixando novamente atrás o campeão em título, Cristian Bouché.

Norberto Varinde tornava-se assim virtual campeão, relegando definitivamente os seus opositores ao segundo plano, casos de Manuel Brazuna, seu mais directo perseguidor, e que nesta última prova teve um mau arranque que lhe comprometeu ao longo do restante percurso da prova.

Tudo indicava que Varinde podia fazer a festa de campeão do escalão na última prova, face à vantagem que detinha sobre Brazuna, e foi apenas uma questão de confirmação, pois o seu sério opositor vacilou de início, facilitando que o talentoso piloto chegasse outra vez ao pódio.

A hegemonia de Norberto Varinde foi se notabilizando com o andar do tempo, o que é justificado pelo facto de ter estado sempre melhor nos treinos cronometrados ocupando sucessivamente a “pole position”.

A grandeza de Norberto Varinde torna-se mais evidente quando se tiver em conta que o célebre piloto não deixou espaço para que os seus rivais apresentassem argumentos, com mais incidência para o então campeão em título, Cristian Bouché, que tentou redimir-se na última prova, mas em vão. Cristian Bouché obteve o segundo melhor tempo cronometrado nos treinos, mas não conseguiu impor-se na competição.

Enquanto isso, continua em aberto a disputa do título nos Max Challenge e GP Júnior, onde a luta pelo título foi submetida à última prova, que se realizará a 9 de Novembro. Nesta prova, o título poderá ficar nas mãos de Conor Hughes, que vem evidenciando maior poderio nesta classe, em que tem sofrido grande rivalidade de Luís Moreira, apesar da considerável vantagem que detém. Redimiu-se da queda na anterior prova, vincando a sua supremacia.

Acontece o mesmo nos GP Júnior, onde Aidan Hughes e Fredie Nunes são candidatos, apesar da significativa margem de vantagem com que o actual líder conta.

Torneio Internacional Eduardo dos Santos: Vinte e quatro na pré-selecção de Sub-20

VINTE e quatro jogadores fazem parte da pré-selecção de futebol de Sub-20 que, na próxima segunda-feira, 3 de Novembro, iniciará a preparação com vista a sua participação no Torneio Internacional Eduardo dos Santos, promovido pela fundação que ostenta o nome do presidente angolano (FESA) e que se realizará de 14 a 17 do mesmo mês.

Torneio da COSAFA : Sub-20 a caminho da RAS(C.Bila)
Deste número de pré-convocados, o Clube Estrela Vermelha de Maputo é que conta com mais jogadores (4), seguido do Desportivo e do Maxaquene, ambos com três.

O técnico dos “Mambinhas”, Amade Chababe Amade, disse que o evento calha num momento oportuno, sendo que os Sub-20 disputarão, em Dezembro, o Torneio da Confederação de Futebol da Zona Austral (Cosafa), na vizinha África do Sul.

O TÉCNICO da Selecção Nacional de Futebol de Sub-20, Chababe Amade Chababe
Os “Mambinhas” estão a preparar-se para as futuras competições internacionais de carácter oficial, como é o caso do Campeonato Africano da categoria, para o qual tem concorrido sem sucesso.

De referir que os “Mambinhas” participaram recentemente num torneio internacional na Malásia, para o qual foram convidadas seis selecções, maior parte das quais asiáticas. As selecções de Moçambique e Serra Leoa foram as únicas africanas convidadas para o evento, no qual o combinado nacional foi eliminado nos quartos-de-final.

EIS A PRÉ-CONVOCATÓRIA

Estrela Vermelha de Maputo – Sozinho, Dércio, António Celina e António Júnior

Desportivo de Maputo – Inocêncio, Ibraimo e Isac

Maxaquene – Armando, Vicente e Rodrigues

Costa do Sol – Ilísio e Jerry

Ferroviário de Maputo – Inácio e Fábio

Atlético Muçulmano – Manuelito e Gildo

Académica – Francisco e Xavier

Chingale – João Mazive e Lindo

Liga Muçulmana – Maninho

Excelence School Academy da África do Sul – Énio e Hilário

Baladyet El Mahala Club do Egipto – Luís Pereira

Torneio Internacional Eduardo dos Santos: Vinte e quatro na pré-selecção de Sub-20

VINTE e quatro jogadores fazem parte da pré-selecção de futebol de Sub-20 que, na próxima segunda-feira, 3 de Novembro, iniciará a preparação com vista a sua participação no Torneio Internacional Eduardo dos Santos, promovido pela fundação que ostenta o nome do presidente angolano (FESA) e que se realizará de 14 a 17 do mesmo mês.

Torneio da COSAFA : Sub-20 a caminho da RAS(C.Bila)
Deste número de pré-convocados, o Clube Estrela Vermelha de Maputo é que conta com mais jogadores (4), seguido do Desportivo e do Maxaquene, ambos com três.

O técnico dos “Mambinhas”, Amade Chababe Amade, disse que o evento calha num momento oportuno, sendo que os Sub-20 disputarão, em Dezembro, o Torneio da Confederação de Futebol da Zona Austral (Cosafa), na vizinha África do Sul.

O TÉCNICO da Selecção Nacional de Futebol de Sub-20, Chababe Amade Chababe
Os “Mambinhas” estão a preparar-se para as futuras competições internacionais de carácter oficial, como é o caso do Campeonato Africano da categoria, para o qual tem concorrido sem sucesso.

De referir que os “Mambinhas” participaram recentemente num torneio internacional na Malásia, para o qual foram convidadas seis selecções, maior parte das quais asiáticas. As selecções de Moçambique e Serra Leoa foram as únicas africanas convidadas para o evento, no qual o combinado nacional foi eliminado nos quartos-de-final.

EIS A PRÉ-CONVOCATÓRIA

Estrela Vermelha de Maputo – Sozinho, Dércio, António Celina e António Júnior

Desportivo de Maputo – Inocêncio, Ibraimo e Isac

Maxaquene – Armando, Vicente e Rodrigues

Costa do Sol – Ilísio e Jerry

Ferroviário de Maputo – Inácio e Fábio

Atlético Muçulmano – Manuelito e Gildo

Académica – Francisco e Xavier

Chingale – João Mazive e Lindo

Liga Muçulmana – Maninho

Excelence School Academy da África do Sul – Énio e Hilário

Baladyet El Mahala Club do Egipto – Luís Pereira