Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Liga Muçulmana segue hoje para Lubumbashi

A LIGA Muçulmana parte hoje para Lubumbashi, República Democrática do Congo, onde no próximo domingo, defronta o TP Mazembe em partida da primeira “mão” da terceira e última eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça CAF.

 

Ainda hoje a Liga deve desembarcar na RD Congo para amanhã realizar a primeira sessão de treino além-fronteiras. Dada a proximidade das eliminatórias da Taça CAF, a equipa moçambicana teve pouco tempo para preparar este jogo. Aliás, só ontem é que Litos deu início à preparação, visto que a Liga jogou domingo na Beira com o Estrela Vermelha para o Moçambola.

 

 

Assim sendo, é na capital congolesa onde a equipa “muçulmana” vai ter mais tempo para preparar o primeiro desafio com o TP Mazembe, mas sem dois dos habituais titulares. O guarda-redes Caio e o médio ofensivo Josimar, a cumprirem castigo, não vão jogar. Ambos viram o segundo cartão amarelo na eliminatória anterior frente ao Wydad Casablanca de Marrocos. Vão assim cumprir um jogo de castigo pelo que estarão disponíveis na segunda “mão”, em Maputo. O avançado Zicco ainda a recuperar de lesão vai também falhar o embate de domingo.

 

 

De resto, todo o plantel estará disponível, sendo de salientar o regresso de Miro, após ter cumprido um jogo de suspensão, na partida frente ao Wydad Casablanca.

 

 

A adaptação ao relvado do Estádio de la Kenya com capacidade para 35 mil espectadores, também conhecido como o “tout puissant” (todo-poderoso), será na sexta-feira.

 

 

Para chegar a esta fase, a Liga deixou pelo caminho o Wydad Casablanca, enquanto o TP Mazembe foi relegado da Liga dos Campeões para a Taça CAF ao ser eliminado pelo Orlando Pirates, da África do Sul.A equipa de arbitragem provém do Ruanda. O árbitro será Hudu Manyemana e será coadjuvado por Ndagimana Theoge e Simba Onore. O quarto árbitro é Hakizamana Louis.

 

 

O comissário da CAF é da vizinha África do Sul e dá pelo nome de Ian Mcleod.Nesta última eliminatória, a CAF reforçou o controlo do jogo dentro das quatro linhas e para tal nomeou um inspector gabonês, Pierre Alain, que trabalhará em estreita coordenação com o comissário da CAF.

Fonte:Jornal Noticias