Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

17.Jan.13

Fer. da Beira apetrechado

A EQUIPA principal de futebol do Ferroviário da Beira vai se apresentar na temporada que se avizinha com muitas novas caras. Segundo dados avançados ontem pelo responsável do departamento de futebol, Onísio Páscoa, os “locomotivas” beirenses já celebraram contratos com oito novos jogadores, esperando que o número aumente nos próximos dias que antecedem a apresentação do plantel definitivo, que se presume venha a ter 24 jogadores.

 

Dentre os reforços, destaca-se o ponta-de-lança Tó, que ano passado representou o Ferroviário de Maputo e muito pouco utilizado por Nacir Armando, na altura treinador principal dos “locomotivas” da capital. Os restantes são os guarda-redes Sozinho e “central” Emídio, que na época passada jogaram no Ferroviário de Pemba; Tony, lateral direito vindo do Têxtil; o lateral esquerdo Edson e ponta-de-lança Nelito, que ano passado vestiram as camisolas do Ferroviário de Quelimane; Tinho, médio-centro, que regressa do Estrela Vermelha da Beira, mais o jovem meio-campista Ênio, que esteve durante bons anos numa Academia sul-africana, em Pretória. A outra aposta na mira dos “locomotivas” beirenses é o jovem defesa Hilário, que curiosamente esteve com Ênio na vizinha África do Sul, mas que infelizmente não se apresentou no clube beirense. Dados avançados pela imprensa dão conta de que Hilário está no Vilankulo FC de Inhambane.

 

 

Faltam praticamente três a quatro jogadores para fecharmos o plantel. Temos que celebrar alguns contratos cirúrgicos para fechar algumas lacunas. As portas continuam abertas”, comentou Onísio Páscoa.

 

 

O Ferroviário da Beira abriu as “oficinas” na passada sexta-feira, tendo iniciado a preparação para o Moçambola-2013 esta semana.

Os oito reforços juntam-se a toda a estrutura do ano passado, com excepção de Carlos, (dispensado), Barrigana, cujo contrato chegou ao fim, e Paíto, que regressou ao Ferroviário de Maputo.

 

 

A equipa técnica continua a mesma. Lucas Barrarijo é o treinador principal e tem como adjuntos Valy Ramadane e Victor Matine. O Ferroviário da Beira vai reforçar ainda a equipa técnica com a contratação de um treinador de guarda-redes.

 

 

 

LUTAR PELOS LUGARES CIMEIROS



 

O objectivo perseguido pelos “locomotivas” da capital mantém-se: chegar aos lugares cimeiros, sem colocar de fora a hipótese de lutar pelo título se as condições o permitirem.

 

 

O nosso objectivo é, modéstia parte, estar nos lugares cimeiros. Se conseguirmos o primeiro lugar será óptimo. Porquanto, é nossa missão melhorar a nossa classificação de sempre”, elucidou. 

 

 

O Ferroviário da Beira ter um estágio de 10 a 15 dias em Maputo a anteceder a apresentação do plantel, acto que acontecerá com a realização de um jogo para o efeito.
Fonte:Jornal Noticias