Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

FC Porto assinou protocolo com Ferroviário de Maputo


O FC Porto assinou esta sexta-feira um protocolo de cooperação com o Clube Ferroviário de Maputo. O acordo, que prevê a abertura de uma escola de futebol Dragon Force no Campo da Baixa, onde treinam os atletas do emblema moçambicano, foi firmado na Tribuna VIP do Estádio do Dragão.

O protocolo visa promover o desenvolvimento de um trabalho sustentado, não só em termos desportivos, mas sobretudo no plano social. A ideia é transportar os valores azuis e brancos para a nova escola e para os escalões de Formação do Ferroviário, havendo desde já a intenção de alargar o âmbito desta cooperação a outras províncias de Moçambique, estreitando cada vez mais as relações entre o FC Porto e aquele país.

Antero Henrique, CEO da FC Porto Desporto, foi o porta-voz dos Dragões no momento da assinatura. “Esta parceria terá uma primeira fase na cidade de Maputo, onde será desenvolvido o projecto Dragon Force, mas depois irá estender-se a outras áreas do país e compreenderá uma colaboração a nível técnico e na formação de jogadores. Este é um projecto no qual acreditamos muito. Temos a certeza de que será enriquecedor para o FC Porto e para o Ferroviário, bem como para Portugal e Moçambique”, disse.

Também Aníbal Aleluia se regozijou com o entendimento alcançado. "Temos a certeza de que este protocolo terá um enorme impacto nas nossas crianças. Esperamos também que ajude à projecção de jogadores, a nível internacional, com benefícios para os dois clubes e para a selecção nacional moçambicana", desejou o representante do Ferroviário.

O projecto que agora se inicia contribuirá também para vincar, de forma ainda mais expressiva, a marca do Dragão no continente africano e prevê ainda a revitalização das infra-estruturas do Clube Ferroviário. A este propósito, a comitiva moçambicana aproveitou a manhã de quinta-feira para conhecer o Vitalis Park, casa-mãe da escola de futebol Dragon Force.

A formalização da parceria contou com as presenças do presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, de Maria da Luz Guebuza, primeira dama de Moçambique, e do arquitecto Aníbal Aleluia, primeiro vice-presidente do Clube Ferroviário de Maputo.





Fonte:fcporto



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.