Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Fer. Nampula, 0-Vilanculo FC, 0: Jamal “salva” forasteiros

NUM jogo de futebol, importante ou não, mesmo que os jogadores das equipas envolvidas tenham grande determinação e faça uma boa exibição, perante o público, não bastará, enquanto não tiverem a consciência profunda de que numa partida do género o mais importante é ter ambição de vencer. Não é o que tem acontecido, muitas vezes, com os jogadores do Ferroviário de Nampula.

 

A aparente falta de ambição chega a ser demais, como aconteceu com Jamal, que na sequência de um pontapé de canto apareceu repentinamente, mas incompreensivelmente tirou da baliza contrária a bola que caminhava para o fundo das redes, passavam 56 minutos.

 

 

Os “locomotivas” demonstravam assim falta de ambição em vencer a partida. Houve muitas jogadas boas e de mestria até à boca da baliza que, no entanto, não foram traduzidas em golos.Aos 21 minutos surge outra grande oportunidade de os visitados abrirem o marcador, através de Sankani, que rematou forte, obrigando Simplex a uma defesa de recurso.

 

 

Durante todo o primeiro tempo, os comandados por Alex Alves estiveram na mó de cima, mas mesmo assim a primeira etapa terminaria com o Vilankulo a tentar sacudir a pressão do adversário.No segundo tempo, Chiquinho Conde fez entrar Tendai e Mário, nos lugares de Sissoco e Eurico, respectivamente, substituições que trouxeram outra dinâmica ao jogo do Vilankulo. Aliás, a partir daí o jogo passou a ser disputado sob signo de equilíbrio, embora os forasteiros tivessem poucas oportunidades de marcar.

 

 

Isso foi muito notório depois de a equipa da casa ter ficado reduzida a 10 jogadores, depois de Tchitcho “apanhar” um vermelho directo. Apesar de o jogo ter sido disputado sob esse signo, a equipa local beneficiava de mais oportunidades para facturar.

 

Mesmo sem ter feito um grande jogo, o Vilankulo conseguiu sair de Nampula com um ponto, agradecendo sobremaneira a gentileza de Jamal que evitou o golo da sua própria equipa na primeira parte.O árbitro Ainade Ussene fez um trabalho razoável, apesar de alguns erros que poderiam manchar o jogo.

 

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Ainade Ussene, auxiliado por Gimo Patrício e Daniel Filipe.

 

FERROVIÁRIO DE NAMPULA: David, Osvaldo, Magido, Dondo, Rodjas, Hipo, Emanuel, Jamal (César Bento), Tchitcho, Sankani e Belito.

 

VILANKULO FC: Simplex, Félio, Kadri, Charles, Luís, Abílio, Sissoco (Tendai), Novidade, Eurico (Mário), Diló e Edson.

 

 

ACÇÃO DISCIPLINAR: Vermelho para Tchitcho e amarelos para Charles e Félio.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.