Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

Concerto de “estrelas” na homenagem a Nelinho

Nelinho

EX-“ESTRELAS” do futebol nacional, casos de Chiquinho Conde, Tico-Tico, Riquito, Chababe, Calton, Ali Hassan, Tomás Inguana, Rui Évora, Faife, João Chissano, Nana, Artur Semedo, Miguel dos Santos, Arão, Luisinho, Gentil e Uzaras, assim como Dário Monteiro e Fala-Fala, ainda no activo, prestam homenagem a Nelinho, num jogo agendado para sábado, a partir das 15:00 horas, no campo da Liga Muçulmana, na Matola.

 

À festa juntam-se Feizal Sidat, presidente da FMF, e Arnaldo Salvado, treinador do Maxaquene, sendo também provável a presença do ex-futebolista dos “Bafana Bafana”, Doctor Khumalo. Com um leque de nomes sonantes como este, é de esperar casa cheia, até porque a entrada é gratuita.

 

Nelinho pôs, aos 40 anos, ponto final à sua brilhante carreira de futebolista, após passagens pelo Costa do Sol, Desportivo e Ferroviário de Nampula. No sábado, Nelinho, que também vestiu vezes sem conta a camisola da selecção nacional, voltará a pisar os relvados, numa despedida que se espera memorável.

 

Dário Hamid, promotor da homenagem, disse que sendo um apaixonado pelo desporto-rei, não podia ficar indiferente ao profissionalismo, rigor e acima de tudo a força de vontade demonstrada por Nelinho, que durante 20 anos de carreira foi fazendo as delicias do público com os seus passes milimétricos.

 

Diria que é um acontecimento raríssimo ver alguém jogar até aos 40 anos e ao mais alto nível no futebol moçambicano, que, como se sabe, a maior parte dos campos não reúne as melhores condições para a prática de futebol. Nelinho soube superar estas dificuldades, referiu Dário Hamid”.

 

O promotor da iniciativa afirmou que esta homenagem deve abranger, futuramente, outros jogadores que também honraram o país pela sua dedicação, como são os de Chiquinho Conde e de Tico-Tico.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias