Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

As linhas do manifesto eleitoral de Feizal Sidat

Feizal Sidat

 

Sob o lema “Todos por um futebol vitorioso”, Feizal Sidat vai recandidatar-se à presidência da Federação Moçambicana de Futebol (FMF). Sidat definiu, no seu manifesto eleitoral, quatro áreas de formação. Ao nível da competição, o actual presidente da FMF diz que os problemas com que se depara o futebol moçambicano estão relacionados com o insuficiente nível de competição.

 

 Daí que, caso vença as eleições, propõe que se crie condições aos atletas, de modo a que possam atingir o número mínimo de competições nacionais e internacionais. Só assim, defende, é que estes podem estar à altura dos desafios que se lhes esperam para os objectivos traçados. Aqui, o candidato apresenta como solução o aumento de número de jogos, dos actuais 16 para 36 por temporada. outra área considerada fundamental para o desenvolvimento do futebol moçambicano é a da formação.

 

 

Neste capítulo, Sidat quer padronizar os métodos de formação no seio dos clubes, assim como organizar cursos regulares de formação para os treinadores, árbitros, dirigentes (secretários gerais) e pessoal de gabinetes técnicos, dentro e fora do país. Mas há mais projectos: consolidar parcerias na área de formação  com federações e associações internacionais e efectuar anualmente cursos de formação de treinadores a vários níveis. 

 

 

Marketing

 

 

O marketing também merece atenção de Feizal Sidat, até porque  a  “captação de receitas para a FMF está estritamente ligada às actividades de marketing”. Sidat considera que o marketing está na linha da frente do processo da criação da imagem da selecção nacional, o qual permitirá que a mesma seja valorizada e desejada pelas empresas para se associarem a ela, o que resultará na captação de receitas financeiras para custear as actividades da FMF. Para tal, promete, o seu elenco irá contratar um profissional de marketing a tempo inteiro com formação específica na área desportiva e experiência comprovada. Por outro lado, diz que vai implementar um  sistema de metas de alcance de receitas com base no rácio entre receitas e despesas; produzir os “brand guidelines” da marca Mambas; bem como registar internacionalmente a marca Mambas.

 

O candidato refere ainda que vai criar uma entidade comercial que trabalhará com a marca Mambas. Promete ainda uma série de prelecções a serem proferidas por individualidades nacionais e internacionais para dissertarem sobre temas relacionados com o futebol. Como forma de promover a imagem desta instituição, há um projecto de lançamento da revista digital; fidelização dos patrocinadores dos Mambas; criação de novos pacotes de marketing, bem como criação e lançamento do “Clube dos Fans Mambas”.

 

No campo das infra-estruturas, Feizal Sidat promete a construção de mais dois pisos de relva sintética, um em cada uma das regiões do país, bem como a construção das sedes das associações provinciais de futebol nos locais onde não existem.

 

 

Recursos humanos

 

Feizal Sidat entende que os recursos humanos são o ponto de partida para o sucesso de qualquer actividade, daí que irá  motivar a equipa de trabalho no sentido de a tornar mais efectiva e profissional, de modo a que seja capaz de responder aos novos desafios que serão impostos pela nova dinâmica. O candidato aposta na formação dos colaboradores do actual quadro, assim como o recrutamento de   profissionais com competências ajustadas aos desafios que a FMF assume com esta candidatura.

 

 

Vou colocar especial ênfase na reengenharia da estrutura organizacional da FMF, tendo em conta as “best practise” de outras instituições congéneres, para imprimir maior dinâmica funcional do ponto de vista administrativo. Uma estrutura administrativa dinâmica dará o suporte necessário para que a Direcção Executiva implemente o manifesto eleitoral que proponho”, promete Feizal Sidat. 

 

Para se assegurar a execução das actividades, Sidat diz que a  FMF deverá ser equipada de novos sistemas de comunicação e informação como  equipamentos informáticos, de comunicação e de impressão. Isto, segundo ele,   passará por dotar a FMF de um servidor principal, de modo a assegurar uma armazenagem segura das informações, garantido  assim a conservação da memória institucional em formato digital.

 

 “Ainda a nível de sistemas de informação, desenvolveremos e potenciaremos a utilização do website como principal veículo de interacção com os amantes do futebol e entidades em geral, criando, assim, espaço para uma maior divulgação da nossa imagem institucional”, aponta.

 

 

Fonte:O Pais