Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

03.Jun.11

TAÇA DE MOÇAMBIQUE - A hora e a vez dos “colossos”

maxaquene
ÀS portas da fase nacional, os “colossos” entram em cena. Depois de as jornadas anteriores terem sido dirimidas por formações de menor escalão, a hora e a vez cabe aos principais emblemas da capital, nomeadamente os do Moçambola, num fim-de-semana em que serão apuradas os que seguem em frente na Taça de Moçambique.
 
É verdade que o desafio que mais catalisa as atenções dos adeptos do jogo da bola somente acontecerá na quarta-feira, envolvendo Liga Muçulmana e Maxaquene, dois dos sérios candidatos à conquista da segunda maior competição do calendário futebolístico nacional, porém, entre amanhã e domingo estão aprazados jogos susceptíveis de chamar a atenção de “todo o mundo”, até porque, tratando-se de uma prova a eliminar, o interesse e a expectativa são outros.

Para além da Liga Muçulmana e do Maxaquene, a derradeira eliminatória da Fase da Cidade de Maputo da Taça de Moçambique contempla as outras quatro formações do Moçambola, designadamente Desportivo, Costa do Sol, Ferroviário e Matchedje. Do escalão inferior, e após terem disputado as jornadas antecedentes, sobreviveram Nova Aliança, 1º de Maio e Académica, que também estão com os olhos virados para a etapa nacional.

 

 

 

 

 

Num frente-a-frente entre dois conjuntos do Moçambola, marcado para domingo, no relvado dos “tricolores”, na Machava, a partir das 14.00 horas, Matchedje e Ferroviário irão protagonizar uma partida que se perspectiva bastante renhida, daí a imprevisibilidade em relação ao seu desfecho. No Campeonato Nacional, encontraram-se na quarta jornada, no Estádio da Machava, num jogo que foi impróprio para cardíacos, dada a forma como os golos foram acontecendo e, sobretudo, pela reviravolta levada a cabo pelos “locomotivas”, que acabaram ganhando por 3-2.

 

 

Amanhã, o Desportivo, a equipa que melhores e riquíssimos dividendos colheu nas últimas jornadas do campeonato, ao ponto de ficar a dois pontos do líder Maxaquene e concorrer ao título de campeão de Inverno, de certo modo poderá estar folgado face ao modesto Nova Aliança, com quem jogará no campo do 1º de Maio. Noutros tempos, nos bons velhos tempos do Nova Aliança, talvez não falássemos com propriedade em relação ao favoritismo “alvi-negro”, mas hoje a diferença competitiva é bastante acentuada, a menos que aconteça uma surpresa, que, aliás, é própria da Taça.

 

Não muito desafogado estará o Costa do Sol, que igualmente joga amanhã, em casa, tendo como adversário o Estrela Vermelha. Será um reencontro entre dois conjuntos que se conhecem muito bem, mas o destino quis que nesta altura estivessem em provas de escalões diferentes, levando a que, por via disso, se depositasse o favoritismo na conta dos “canarinhos”. Só que estes não gozam de boa saúde competitiva e os “alaranjados”, líderes do Campeonato da Cidade do Maputo, poderão se aproveitar desse facto para tentar a qualificação.

 

 

Envolvendo formações da mesma prova, teremos também o desafio entre Académica e 1º de Maio, amanhã, no campo dos “alvi-rubros”. Decorridas quatro jornadas do campeonato, estão separados por dois pontos (7-5), à melhor para o 1º de Maio, que este ano aposta numa temporada de sucesso.
Fonte:Jornal Noticias

1 comentário

Comentar post