Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

centro de documentação e informação desportiva de moçambique

Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo

COPA COCA COLA - Campeão à beira da renovação

ccc

A ESCOLA Secundária Heróis Moçambicanos de Moatize, em Tete, detentora do título de campeão da Copa Coca-Cola, caminha determinada rumo à renovação, após a qualificação para a final da prova, a ser disputada esta tarde, às 14.00 horas, no campo do Maxaquene, na Machava, tendo como adversária a Escola Secundária Samora Machel, de Manica.

 

O apuramento da rapaziada da “Heróis Moçambicanos” aconteceu na segunda-feira, depois de, nas meias-finais, ter levado de vencida a Escola Secundária de Namicopo, de Nampula, por uma bola sem resposta.

 

Inserida no Grupo A da fase nacional, a turma de Tete começou a competição goleando “Mateus Sansão Muthemba”, de Sofala, por 7-2, para a seguir empatar 2-2 com a “15 de Outubro”, de Cabo Delgado. Por seu turno, os nampulenses de Namicopo, no Grupo D, haviam derrotado folgadamente “Quisse Mavota”, da cidade do Maputo, por 5-0, e Massinga, de Inhambane, pela marca de 5-1.

 

O segundo finalista, Samora Machel, somente foi encontrado ontem, quando, na conclusão dos dois minutos que tinham restado no dia anterior, derrotou Escola Secundária Aeroporto-Expansão, da Zambézia, por 4-3, no desempate através de pontapés da marca de grande penalidade. Na segunda-feira o jogo terminara empatado a uma bola, tanto no tempo regulamentar como no prolongamento. Só que, devido à falta de luz artificial no campo do Ferroviário da Baixa a partida foi interrompida quando faltavam dois minutos para o final do período suplementar.

 

No seu percurso, no Grupo C, “Samora Machel” venceu, antes, “Graça Machel”, de Gaza, por 2-1, e “Eduardo Mondlane”, da capital do país, por uma bola sem resposta. Já “Aeroporto-Expansão”, no Grupo B, derrotara Eduardo Mondlane, do Niassa, por 2-1, e Machava-Sede, da província do Maputo, pela marca de 2-0.

 

Hoje, Dia Internacional da Criança, escolhido precisamente por esta ocasião para o epílogo da nona edição da Copa Coca-Cola em futebol, para além da final entre as escolas secundárias Heróis Moçambicanos e Samora Machel, das vizinhas províncias de Tete e Manica, respectivamente, o campo do Maxaquene, na Machava, irá também vibrar com muita música, envolvendo alguns dos nomes mais sonantes da praça, casos de MC Roger, Marlene, Duas Caras e Dama do Bling.
Fonte:Jornal Noticias